Serie A

Rapidinhas

Apesar de tomar um gol a sete minutos do fim da partida, a Itália sub-21 garantiu o suficiente empate de 1-1 para passar à fase mata-mata da (pré) Euro 2009 de mesma categoria, a qual será disputada no meio de outubro, ainda sem confrontos definidos. As partidas serão realizadas em turnos de ida e volta, enquanto a fase final do torneio – no meio do ano que vem – contará somente com oito equipes. Quem marcou o gol dos Azzurrini foi o lateral Marco Motta, da Udinese.

Lembra da seleção dos desocupados? Agora ela tem um reforço a menos (sic). Cristiano Lupatelli, arqueiro, fechou com o Cagliari, onde provavelmente será reserva. Por quê? Porque Lupatelli faz parte do seleto grupo de jogadores cuja posição é GOLEIRO RESERVA, como o uruguaio Carini, o grego Eleftheropoulos e Roger (ex-São Paulo, Santos e Botafogo). Ah, e o tal do Recoba fechou com o Panionios, da Grécia.

Depois de vários boatos quanto ao que possa ser o novo treinador do West Ham, cujos nomes mais fortes eram aqueles dos italianos Roberto Donadoni, Gianfranco Zola e Paolo Di Canio (sim, o fascista), adivinhe… mais boatos! Só que, desta vez, mais fortes e específicos: Zola, o cara que fez todos os neo-torcedores do Chelsea apoiarem os Blues (“eu torço desde a época do Zola!”), deve fechar com o clube em breve. Ainda na Inglaterra, tanto Times quanto Daily Telegraph sustentam que o Arsenal – ou Wenger – está tentado pela jovem estrela da Juve, Sebastian Giovinco.

Francesco Totti, lembra dele? Pois é, il capitano já está treinando normalmente com o grupo e poderá entrar em campo contra o Palermo. Taddei também deverá ter condições de jogo, enquanto Perrotta permanece de molho. Mudando um pouco de assunto, mas sem sair de Trigoria, a bola da vez é Aquilani: “Nunca rejeitei nenhuma oferta da Roma”, afirmou o meio-campista. Para quem não sabe, a renovação contratual do garoto-nem-tão-garoto-assim tem sido uma encheção desgastante nos últimos meses.

“QUESTA È SPARTA!” – Foi praticamente isso que disse Marcello Lippi, o cara que fez Zaccardo, Barzagli e Barone serem campeões do mundo, na data de hoje. O c.t da Azzurra afirmou que sua seleção está pronta para sofrer, e que o objetivo – agora – é evoluir, tendo em vista as ausências e condições físicas do elenco. Aliás, já que a super equipe do QuattroTratti perdeu a chance de falar do super jogo da super Itália contra o super Chipre, vale bastante a pena ler o texto do super Bertozzi, na Trivela, sobre a partida.

1 comentário

Deixe um comentário