Serie A

Ah, o mercado.

Com 100 milhões de libras esterlinas (R$ 336 milhões) você pode comprar uma cidade ou um estado, ou ainda um país. Pode comprar a dignidade de muita gente, ou ainda 33 600 000 000 (33.6 bilhões) de balas de um centavo. Mas dificilmente pode comprar Kaká. Porque – sendo chato e sem graça ou não – ele tem alguma coisa na cabeça. Trocar o Milan por um clube semelhante a uma recém vencedora de loteria na 25 de março seria besteira.

Ricardo Izecson dos Santos Leite – ou Kaká para os menos íntimos – ainda almeja ser capitão do clube rossonero. Ele sabe, porém, que está atrás de Maldini, Ambrosini e talvez até de Gattuso. Para tanto, deverá permanecer mais alguns anos se quer ver seu sonho realizado. Utilizando um discurso extremamente clichê, há coisas mais importantes que o dinheiro, até porque este já nem faz tanta diferença para Kaká – ou alguém duvida que ele tenha garantido o pão de toda a geração Leite?

Deixando a lamentável infâmia de lado, o City precisará encontrar outro brinquedo legal em sua 25 de março.

Saiu o boato (ou seria notícia?) de que Roma e Inter poderiam negociar uma troca entre o meio-campista Alberto Aquilani e Mario Balotelli. O romano – um tanto de promessa, um tanto de realidade, nem tanto de certeza – poderia exigir de seu clube quatro milhões de euros anuais para permanecer em Trigoria, valor fora da realidade giallorossa e totalmente aceitável para o clube de Moratti. SuperMario, uma das maiores promessas dos últimos anos e que vem passando por problemas disciplinares com o treinador Mourinho, ganha pouco menos de um milhão por ano, quantia tranquila para a Roma.

O primeiro nunca deixou a desejar, porém não chegou a se firmar completamente em momento algum da carreira, por mais que futebol não tenha faltado. O segundo, que até então demonstrava ser um fenômeno, tem esbarrado nos exigentes treinamentos do técnico português (ou então na própria falta de profissionalismo). Perdendo espaço no elenco, Balotelli – de apenas 18 anos – é tratado como inegociável pela Inter. Entretanto, será inviável, nas condições atuais, manter tanto o promissor atacante quanto José Mourinho por muito tempo.

Dificilmente algo vá se concretizar, mas – caso a negociação aconteça – será uma das mais interessantes e arriscadas (para ambos os lados) da Serie A nos últimos tempos.

8 comentários

  • Vou opinar deixando de lado o fator emocional, Aquilani é um jogador-torcedor que, pessoalmente, não iria vender nunca.
    Tecnicamente são dois enormes talentos e cada um tem o seu ponto fraco: os problemas musculares atrapalham demais Alberto que convive com a espada de Dámocles das lesões.
    Balotelli parece querer emular Cassano… Mourinho criticou o ítalo-ganes de não se empenhar suficientemente nos treinos, coisa grave para um rapaz tão jovem. Deixando de lado o fato que, depois dos primeiros gols, pediu logo o aumento salarial a Moratti ameaçando de não renovar com a Inter. Esse seria um grande problema para a Roma se Balotelli marcasse uns 18 gols na capital italiana…. a primeira coisa que iria fazer seria pedir o aumento.

  • Negociar Balotelli em definitivo seria um dos maiores equívocos da gestão Moratti.
    O ideal seria emprestá-lo para uma equipe menor para que jogue e amadureça.
    Trocá-lo por jogadores mais velhos como Cassano ou Aquilani (um é doido e o outro mais ou menos) também não é uma boa.
    Abs

  • Mateus,
    Concordo com você, acho que Kaká não troca o Milan pelo Manchester, a não ser que … o clube de Via Turati não demonstre muito interesse em mantê-lo na Itália.
    Digo isso porque o Milan, mesmo não querendo se desfazer do ‘Principe’, pode julgar que, enquanto negócio, sua saída é imperdível.
    De qualquer maneira, acho que essa postura do Milan não considerar mais o Kaká intocável pode atiçar o interesse de outros clubes, mais interessantes para o jogador, como o Chelsea e o Real Madrid – resta saber se eles têm essa bala toda na agulha…
    Quanto a uma eventual troca de Aquilani por Balotelli, julgo que não passa de ‘fantacalciomercato’, tão comum nessa época.
    Abraços,

  • Saiu no goal.com agora a noite um texto dizendo que o Milan Channel comunicou a torcida e que recebeu a proposta do City. Estão avaliando… Este avaliando é sinal de que a proposta balançou Berlusca. Sei nao.

  • Se for pra apostar, apostaria que o Pazzini dá certo na Sampdoria. A pressão na Fiorentina acabou sendo grande demais, maior do que o espaço que ele realmente tinha. Essa deveria ser a temporada para apostarem de vez nele, daí levaram o Gilardino.

    Na Samp ele vai ter espaço. O cara não é grande coisa, mas é bem melhor que o Bonazzoli e vai jogar com o Cassano.

  • Ainda falando sobre Aquilani e Balotelli, eu não faria essa troca porque acredito muito no potencial do Aquilani, o qual ele não se cansa de demonstrar, e Balotelli, pelo visto, se fosse pra Roma e conseguisse apresentar um bom futebol, fazendo gols e etc, se tornaria um segundo Cassano. Chega de decepção pra torcida romanista.

Deixe um comentário