Mercado

A Itália verdeoro

Em sua apresentação à Fiorentina, Keirrison rechaçou comparações com Edmundo (Viola Channel)

Acostumado a exportar jogadores para o futebol italiano, nesta janela de janeiro o Brasil viu mais dois de seus se mandarem para a velha bota: o experiente zagueiro André Dias, ex-São Paulo, que teria custado cerca de 2,5 milhões à Lazio, e o promissor atacante Keirrison, que tem seus direitos ligados ao Barcelona e chegou à Fiorentina para um ano e meio de empréstimo gratuito. Com a chegada de dupla, o número de jogadores brasileiros na disputa da Serie A subiu para 37 – apenas Inácio Piá deixou o torneio, saindo emprestado do Napoli para jogar a Serie B pelo Torino.

O contingente verde-e-amarelo (ou verdeoro, como chamam os italianos) conta com 16 paulistas, sete cariocas, quatro paranaenses, dois gaúchos e representantes em diversos estados: Alagoas, Espírito Santo, Mato Grosso do Sul, Minas Gerais, Pará, Rio Grande do Norte e Santa Catarina, além do Distrito Federal. A diversidade continua quando notamos os clubes que revelaram cada um dos 37 brasileiros. O Botafogo de Ribeirão Preto é quem mais profissionalizou estes jogadores (três: os romanistas Cicinho, Doni e Julio Sergio), ao lado do Flamengo (os selecionáveis Felipe Melo, Juan e Júlio César). Dos sete que surgiram fora do país, destaque para os atacantes Barreto e Reginaldo, que começaram a carreira no modesto Treviso.

Confira a lista dos brasileiros que estão na Serie A:

Atalanta: Ferreira Pinto
Bari: Barreto
Bologna: Adaílton e Rafael Santos
Cagliari: Jeda e Nenê
Chievo: De Paula e Luciano
Fiorentina: Felipe e Keirrison
Inter: Júlio César, Lúcio, Maicon e Thiago Motta
Juventus: Amauri, Felipe Melo e Diego
Livorno: Diniz, Mozart e Rubinho
Lazio: André Dias e Matuzalém
Milan: Alexandre Pato, Dida, Mancini, Ronaldinho e Thiago Silva
Palermo: Fábio Simplício
Roma: Artur, Cicinho, Doni, Juan, Júlio Baptista, Julio Sergio e Taddei
Siena: Cribari, Filipe e Reginaldo

Deixe um comentário