Serie A

Pós-jogo: Inter 2×1 Chelsea

Milito deixa Terry no chão para marcar o primeiro gol do jogo (Globo.com)
Texto de André Vince, do Ortodoxo e Moderno.

Em um bom jogo na Itália, a Inter saiu na frente do Chelsea na briga pela vaga na próxima fase da Liga dos Campeões. Em um jogo onde o Chelsea teve a bola nos pés e atacou quase o tempo todo, a equipe de José Mourinho soube aproveitar as chances que teve e saiu de campo com uma boa vantagem para o jogo de volta em Stamford Bridge. Enfrentando dificuldades para escalar a equipe devido aos vários desfalques, os Blues não conseguiram converter a superioridade na posse de bola em gols e terão que jogar muito no próximo confronto se quiserem seguir na luta pelo título. Já a Inter, com sua legião de brasileiros, conseguiu anular os ataques ingleses e viu em Lúcio o grande nome do jogo.

Com fama de retranqueiro, Ancelotti surpreendeu ao levar o Chelsea a campo num 4-3-3 com Malouda jogando como lateral esquerdo. A ofensividade da equipe deixou as portas abertas para que a Inter pudesse abrir o placar logo aos dois minutos de jogo, com Milito, que aproveitou a boa jogada da equipe pela esquerda e bateu na saída de Cech. A partir do gol, o que se viu foi um jogo de ataque contra defesa. A Inter recuou e o Chelsea passou a frequentar o campo de ataque até o fim do primeiro tempo em busca do empate. Em cobrança de falta aos 14 minutos, Drogba acerta a trave e quase marca. A inoperância de Lampard no meio campo dificultou a vida da equipe que levou pouco perigo à meta de Júlio César a partir daí.

A primeira etapa ainda deixou os atacantes africanos em evidência. Drogba tentou da entrada da área e quase marcou um golaço, mas a bola foi para fora. Eto’o, muito apagado, apareceu de frente para o gol após cruzamento de Milito e furou feio, perdendo a chance de ampliar o marcador. Aos 45, um lance que o Chelsea poderá lamentar e reclamar caso seja eliminado: um pênalti de Samuel em Kalou que o árbitro não marcou.

A segunda etapa começou assim como acabou a primeira, ingleses no ataque e italianos se defendendo. A insistência dos Blues foi recompensada logo aos 6 minutos, quando Kalou recebeu de Ivanovic e bateu colocado no canto esquerdo de Júlio César para empatar a partida. O gol de empate pareceu acordar a Inter que finalmente entrou em capo. Aos 9 do segundo tempo Cambiasso acertou um bonito chute da entrada da área e marcou o gol que daria a vitória a sua equipe.

Após levar o segundo gol, o Chelsea ficou meio perdido em campo mas aos poucos foi voltando ao ataque e obrigando a Inter a recuar e confiar nos contra-ataques puxados por Balotelli, que substituiu Thiago Motta. Sem Petr Cech, que saiu machucado aos 14 minutos, e muito cansado em campo, o time inglês seguiu buscando o segundo gol até o fim mas, assim como na primeira etapa, sem levar muito perigo à meta da equipe do carrancudo Mourinho. A Inter vence por 2 a 1 e vai para o jogo da volta podendo empatar para seguir na competição.

Ficha técnica

Inter: Júlio César; Maicon, Lúcio, Samuel, Zanetti; Cambiasso, Thiago Motta (Balotelli), Stankovic (Muntari), Sneijder; Eto’o (Pandev), Milito.

Chelsea: Cech (Hilário); Ivanovic, Ricardo Carvalho, Terry, Malouda; Mikel, Lampard, Ballack; Kalou (Sturridge), Drogba, Anelka.

Árbitro: Manuel Mejuto González (ESP)

Cartões amarelos: Thiago Motta e Milito (Inter); Kalou (Chelsea)

Veja também
Bayern de Munique 2-1 Fiorentina
Milan 2-3 Manchester United

1 comentário

  • Essa foi a Inter que todos os seus torcedores queriam ver jogar na Europa. Partida muito segura, com grandes exibições de Lúcio, Cambiasso e Zanetti. Balotelli também entrou muito bem no jogo e chegou até a defender, o que agradou Mourinho.

    Sem Cech para a partida de volta, acho que a Inter é favorita.

Deixe um comentário