Seleção italiana

Os 23 de Lippi: Leonardo Bonucci

Bonucci é aposta de Lippi na defesa azzurra, que sofreu no amistoso contra o México (Getty Images)

Dentre os convocados do técnico Marcello Lippi, Leonardo Bonucci é o mais jovem, com 23 anos recém-completados em maio, e apenas quatro temporadas como profissional. O zagueiro, formado nos juvenis do pequeno Viterbese, de sua cidade natal, não demorou para chamar a atenção da Inter, que o contratou para fazer parte de sua equipe Primavera. Nas categorias de base dos nerazzurri, o zagueiro foi titular da equipe que ganhou o Campionato Primavera em 2007, com Mario Balotelli como principal destaque. Três anos depois, apesar de o atacante ser muito mais badalado, quem estará na África do Sul será Bonucci, que teve sua primeira verdadeira chance na Serie A apenas na atual temporada, com o Bari.

Após impressionar nas categorias de base da Beneamata, Bonucci passou duas temporadas jogando na Serie B por Treviso e Pisa, onde, apesar das más campanhas das equipes, fez bom papel. Assim, foi envolvido na negociação que levou Thiago Motta e Milito do Genoa para a Inter, para depois ser cedido em co-propriedade para o Bari, recém-promovido para a elite do campeonato italiano.

Num Bari que parecia fadado ao rebaixamento, mas que fez uma campanha surpreendente e concluiu o campeonato com 50 pontos (recorde histórico do clube), o canhoto Bonucci estreou como titular e fez uma sólida dupla com o igualmente jovem Andrea Ranocchia, duas grandes revelações da temporada. Graças às ótimas atuações da dupla, os biancorossi concluíram 2009 como a segunda melhor defesa da competição, com apenas 15 gols sofridos em 16 jogos. Embora na segunda parte da Serie A o nível tenha caído um pouco após a lesão de Ranocchia, Bonucci foi o principal jogador dos galletti na temporada, tendo atuado em todos os jogos da campanha. Zagueiro seguro, muito bom nas jogadas aéreas e também no combate corpo a corpo, por sua boa estrutura física, já chega a ser comparado a Chiellini por causa de suas características técnicas e físicas.

As boas atuações do zagueiro fazem crer que ele não deverá permanecer na Puglia após o Mundial: existem grandes possibilidades de que se concretize uma transferência para a Juventus ou um retorno para a Inter, seu time do coração. A grande temporada também lhe valeu as primeiras convocações para a seleção italiana, na qual estreou em março, em partida contra Camarões. Nos amistosos de preparação para a Copa do Mundo, Bonucci tem sido escalado por Lippi no lugar do titular Chiellini, que está lesionado.

Contra o México, nesta quinta, Bonucci marcou o gol de honra na vexatória derrota da Itália por 2 a 1, em atuação na qual a Squadra Azzurra não mostrou criatividade e ainda teve problemas na defesa. A defesa passou por muitos apuros, seja pela má fase do capitão Cannavaro ou pela inexperiência do próprio zagueiro de Viterbo, que completou apenas seu segundo jogo pela Nazionale. Embora tenha qualidade, a falta de cancha pode ser um problema, já que Bonucci teve poucas oportunidades de trabalhar este aspecto: antes da convocação final para a Copa, a Itália realizou apenas um amistoso neste ano.

Leonardo Bonucci
Nascimento: 1º de maio de 1987, em Viterbo
Posição: zagueiro
Clubes: Inter (2005-07), Ascoli (2006), Treviso (2007-09), Pisa (2009) e Bari (2009-hoje)
Seleção italiana: 2 jogos, 1 gol

Deixe um comentário