Outros torneios

Lega Pro: O inferno é Verona

Hellas Verona perdeu os dois primeiros jogos da temporada. Ferida aberta? (L’Arena)

Após incertezas e decepções, os campeonatos da Lega Pro (terceira e quarta divisão italiana) recomeçaram no último dia 22. A Prima Divisione, equivalente à terceira divisão, retornou antes da Seconda Divisione, equivalente à quarta. Primeira consequência do menor número de clubes na última categoria profissional da Itália.

Prima Divisione (após duas rodadas)


Grupo A: Nenhum clube venceu duas duas partidas. Por enquanto, Ravenna, Spal e Cremonese se mostraram as melhores equipes do campeonato. A lanterna está nas mãos do Hellas Verona: o clube, badalado após a contratação do técnico Giuseppe Giannini (que promoveu o Gallipoli à Serie B), remontou completamente a equipe que desperdiçou o acesso, na temporada passada. O elenco, notoriamente de qualidade mais baixa,  já está sendo posto em dúvida pela torcida.

Promoção direta: Ravenna (4 pontos)

Play-offs: Spal (4), Lumezzane (4), Pavia (4) e Alessandria (4)

Play-outs: Monza (2), Bassano Virtus (1), Salernitana (1) e Südtirol (1)

Rebaixamento: Hellas Verona (0)

Grupo B: Grande expectativa cercava o jovem Foggia, de Zdenek Zeman.  Para confirmar  o gosto do técnico boêmio em testar os limites de seus times, os satanelli esrearam com vitória, em Cavese – mas perderam em casa, logo depois. Lucchese e um surpreendente Atletico Roma, ex-Cisco, comandam a classificação. A Juve Stabia, recém-promovida, e de quem se espera muito, foi derrotada nos dois jogos.

Promoção direta: Lucchese (6 pontos)

Play-offs: Atletico Roma (6), Foligno (4), Virtus Lanciano (4) e Cosenza (4)

Play-outs: Ternana (1), Barletta (1), Cavese (1) e Siracusa (0)

Rebaixamento: Juve Stabia (0)

Seconda Divisione (após uma rodada)

Grupo A: excelente largada da Pro Patria, rebaixada no ano anterior, que goleou o Casale. A “nova velha” Pro Vercelli também mostrou força, e somando a Coppa Italia Lega Pro, continua invicta. Em um dos confrontos mais tradicionais do grupo, Sanremese e Lecco empataram sem gols.

Promoção direta: Pro Patria (3)

Play-offs: Pro Vercelli (3), Valenzana (3), Rodengo Saiano (3) e Feralpi Salò (3)

Play-out: Mezzocorona (0) e Virtus Entella (0)

Rebaixamento: Casale (0)

Grupo B: o San Marino, que falhou nos play-offs de acesso da temporada anterior, começou goleando, assim como Giacomense e Prato. O resultado mais surpreendente de grupo aconteceu em Giulianova. O time da casa, um dos favoritos do campeonato, foi derrotado pela Sangiovannese. Nos grupos B e C, só ocorrerá rebaixamento direto se a diferença entre o penúltimo e o último colocado for de cinco pontos ou mais.

Promoção direta: San Marino (3)

Play-offs: Giacomense (3), Prato (3), Sangiovannese (3) e Carpi (3)

Play-out: Crociati Noceto (0) e Celano (0)

Grupo C: o retorno ao futebol profissional não poderia ser melhor par o Vigor Lamezia, que venceu o dérbi em Vibo Valentia e ficou com a liderança. Brindisi e Aversa Normana demonstraram qualidade de jogo e serão pretendentes ao acesso. Mal começo para Avellino e Catanzaro: o primeiro empatou em casa; o segundo perdeu na estreia de Zé Maria, ex-lateral-direito da Inter, como técnico da equipe.

Promoção direta: Vigor Lamezia (3)

Play-offs: Brindisi (3), Melfi (3), Neapolis (3) e Aversa Normanna (3)

Play-outs: Campobasso (0) e Vibonese (0)

Coppa Italia Lega Pro

A competição está na fase de grupos preliminares, com término previsto para o próximo dia 8. Com o fracasso de todos os clubes da Lega Pro na Coppa Italia principal, a partir da segunda fase todos os “grandes” da categoria se enfrentrão.

Deixe um comentário