Serie A

21ª rodada: O dia dos mandantes

Totti marcou seu 249°gol com a camisa gialorossa e ajudou a Roma a encostar ainda mais nos líderes (Getty Images)

Nas três primeiras partidas da 21ª rodada, partidas movimentadas e domínio dos mandantes. A Roma venceu e alcançou, momentaneamente, a segunda colocação. O Parma voltou a ganhar, após duas derrotas, com a ajuda de dois ex-juventinos. E o Palermo chegou à sexta vitória seguida no Renzo Barbera com gol de zagueiro. Confira o resumo dos jogos:

Roma 3×0 Cagliari

Na Capital, Roma e Cagliari fizeram jogo bem movimentado e agradaram os cerca de 27 mil torcedores presentes no Estádio Olímpico. Os 3 a 0 do placar, no entanto, não significam superioridade romanista. A partida foi muito disputada na maior parte do tempo e teve até momentos em que os cagliaritanos comandaram as ações. A falta de pontaria dos visitantes e o bom aproveitamento giallorosso decidiram a favor da Roma.

No primeiro tempo, sem Ménez e Vucinic, foram os ídolos De Rossi e Totti que se destacaram pelo lado romanista. O primeiro marcou forte e chegou bem ao ataque em pelo menos duas oportunidades. O segundo foi importante nas ações ofensivas e marcou, de pênalti, seu 249 gol pela Roma. Cossu foi o nome mais importante do Cagliari na partida, distribuindo bem o jogo e colocando os companheiros em chance de marcar.

Na segunda etapa, Donadoni surpreendeu e não colocou Matri. O Cagliari dominou dominou os primeiros 20 minutos, mas esbarrou na boa partida da zaga gialorossa, liderada por Méxes, em grande noite. Depois, Vucinic e Ménez entratam e ajudaram a Roma a recuperar a posse de bola e sair um pouco do sufoco. Perrotta, após cobrança de escanteio de Totti, e Ménez, em bonita jogada, fecharam o placar. Os três pontos colocaram a Roma momentaneamente na segunda colocação, a apenas três pontos do Milan, que joga no final da tarde contra o Cesena. Destaque negativo para Conti, Canina e Nainggolan, que levaram cartões amarelos e desfalcarão o Cagliari contra o Bari, na próxima rodada.

Parma 2×0 Catania

Na estreia de Simeone no comando do Catania, a equipe siciliana fez boa partida, mas não conseguiu vencer. Com um bom volume de jogo, proporcionado principalmente por Mascara e Sciacca, o Catania chegou com perigo ao ataque algumas vezes, mas não aproveitou nem com Gomez, nem com Maxi López. Assim, o destaque ficou para a dupla de ex-juventinos Candreva e Giovinco, os jogadores mais incisivos do Parma na partida e que saíram premiados com um gol cada.

Ironicamente, os donos da casa só marcaram quando as chances de mais perigo eram do Catania. No primeiro tempo, o equilibrio prevaleceu até no placar: 0 a 0. Na segunda etapa, o Catania começou mais ousado, mas depois do gol de Candreva (que já havia tentado mais duas vezes) desacelerou um pouco. Giovinco aproveitou para matar a partida em golaço de falta, fazendo a Juve, agora sem muitas opções no ataque, lamentar seu empréstimo. O gol garantiu a vitória dos emilianos, após duas derrotas seguidas. O alento para o Catania é que a equipe já melhorou sob a batuta de Simeone e logo deve reencontrar o caminho.

Palermo 1×0 Brescia

O golaço de falta de Bovo, aos 41′ do segundo tempo, garantiu a sexta vitória seguida do Palermo dentro de casa. Garantiu também os três pontos à equipe que mais mereceu. O Brescia entrou para se defender e poucas vezes procurou o jogo. Exemplo disso é que o melhor jogador bresciano na partida foi o goleiro Arcari, que apareceu muito bem pelo menos quatro vezes. A melhor oportunidade foi com Caracciolo, no segundo tempo. O atacante fez boa jogada pela esquerda e acertou o travessão de Sirigu. Fora isso, foi bem anulado por Muñoz a partida inteira.

No lado palermitano, a disposição de Nocerino, Pastore e Miccoli deu trabalho ao time do Brescia durante toda a partida. Porém, foi com o zagueiro Bovo que ficou a responsabilidade de definir o jogo, em cobrança de falta no final. Ele pediu para bater no lugar de Miccoli, o baixinho deixou e não se arrependeu. Belo gol, que não deixa os times da frente escaparem. Com 34 pontos, os rosanero continuam na briga por competição europeia, enquanto os 18 do Brescia não tiram-no da zona de rebaixamento.

Para resultados, escalações, classificação e estatísticas da 21ª rodada, clique aqui.
Para relembrar a 20ª rodada, clique aqui.

Deixe um comentário