Liga dos Campeões

Sorteio da LC: Itália (quase) satisfeita

O sorteio dos grupos da Liga dos Campeões, que aocnteceu hoje à tarde, trouxe, como de costume, motivos para alegria e chateações. O grande motivo de prazer geral é que a competição terá, na primeira rodada, o jogaço entre Barcelona e Milan – chance de vingança de Ibrahimovic contra o desafeto Guardiola -, que caíram no mesmo grupo, o H. Apesar de enfrentar o Barcelona, o Milan pode comemorar: está em um dos grupos mais simples da LC.

Logo quando foi sorteado por Bobby Charlton, no segundo pote, para ser adversário da equipe blaugrana, o Milan correu risco de formar um grupo da morte, juntamente a equipes como Manchester City e Borussia Dortmund. Só que Ruud Gullit, antigo ídolo rossonero, deu sorte para o clube quando selecionava as equipes do terceiro pote. Ao lado de Barça e Milan, completam o grupo adversários sem expressão, como o BATE Borisov, o mais fraco do pote 3, e o estreante Viktoria Plzen, da República Tcheca. Além de praticamente apenas treinar, contra os adversários do Leste Europeu, caso confirme o favoritismo, o Milan também não poderá enfrentar o Barcelona nas oitavas.

Entre os grandes clubes europeus, a Inter está entre as que mais pode sorrir pelos adversários que o sorteio lhe reservou. Cabeça-de-chave do grupo, o time de Milão enfrentará CSKA Moscou, Lille e Trabzonspor, que herdou a vaga do Fenerbahçe, eliminado pela federação turca por corrupção. Ainda em formação, o time de Gasperini terá a oportunidade de jogar contra adversários mais acessíveis na fase de grupos, o que deve ser benéfico para ir acertando o time com mais calma. Ironicamente, depois de perder o craque Eto’o para os russos do Anzhi, a equipe nerazzurra irá a Rússia, pela quarta vez em cinco edições da LC – em outras duas oportunidades, jogou justamente contra a equipe moscovita. Longas viagens não são desejadas na competição, mas a Inter costuma ter um bom retrospecto em solo russo. O Lille, campeão francês, é a segunda força do grupo, e deve enfrentar a concorrência do CSKA.

O Napoli, por sua vez, não teve a mesma sorte que as outras equipes italianas e caiu no grupo mais equilibrado da competição – o único formado por componentes das quatro principais ligas europeias e nenhum campeão de liga nacional na última temporada. Terá que suar muito para bater Bayern de Munique, Villarreal e Manchester City. Sorteios não são o forte do presidente De Laurentiis: no início do mês, ele não gostou de ver o seu time ter jogos difícieis nas rodadas que antecediam a Liga dos Campeões e abandonou os estúdios da Sky italiana durante a transmissão, esbrabejando contra tudo e todos. Hoje, teve ainda mais motivos para fazê-lo na cerimônia em Mônaco.

A equipe do sul se reforçou bastante, mas será queesses jogadores serão considerados pela diretoria suficientes para que os partenopei sigam adiante, pela força do grupo? É a última semana de mercado e o interesse da Inter por Lavezzi pode ser visto com novos olhos por De Laurentiis. Será melhor segurar o argentino ou vendê-lo para reforçar o time em outras posições? O presidente, que já demonstrava interesse por Giuseppe Rossi, do Submarino Amarelo, declarou que vai tentar contratá-lo.

Confira todos os grupos

Grupo A: Bayern de Munique, Villarreal, Manchester City e Napoli

Grupo B: Inter, CSKA Moscou, Lille e Trabzonspor

Grupo C: Manchester United, Benfica, Basel e Otelul Galati

Grupo D: Real Madrid, Lyon, Ajax e Dínamo Zagreb

Grupo E: Arsenal, Marseille, Olympiacos e Borussia Dortmund

Grupo F: Porto, Shakhtar Donetsk, Zenit e APOEL

Grupo G: Chelsea, Valencia, Bayer Leverkusen e Racing Genk

Grupo H: Barcelona, Milan, BATE Borisov e Viktoria Plzen

Deixe um comentário