Serie A

10ª rodada: Travessuras, claro

“Uma Juventus de dar medo”. Essa é a frase estampada ao lado da foto acima no site dos bianconeri, após vitória contra a Inter (Juventus.com)

Em fim de semana de Halloween, Juventus e Milan bateram às portas de Inter e Roma, respectivamente, e sequer fizeram a tradicional pergunta “Doces ou travessuras?”. Venceram seus adversários dentro de suas casas e mostraram que já estão um passo à frente dos concorrentes na briga pelo scudetto. Ao lado da Udinese, que venceu o Palermo neste domingo, os dois se mostram mais entrosados que o resto e têm a segurança necessária para disputar um título. No mesmo dia, por exemplo, o Napoli (com cinco reservas, é verdade) perdeu para o Catania e deixou escapar a chance de encostar nos líderes. Vamos às análises:

Inter 1×2 Juventus
Em um Meazza lotado, a Juventus mostrou personalidade característica dos times de Antonio Conte e venceu mais uma partida difícil nesta Serie A. Milan, Fiorentina e, agora, Inter já foram vítimas da Velha Senhora que nada lembra aquela da temporada passada. Com grupo forte, o time de Turim se mostra cada vez mais forte para disputar o título. E isso passa muito pelos pés de Marchisio e Matri, melhores jogadores e artilheiros da equipe nesta temporada, com quatro gols cada. No clássico de sábado, ambos participaram ativamente dos dois gols juventinos. Marchisio, inclusive, marcou um deles, em boa aparição dentro da área.

Antes disso, Vucinic já havia aberto o placar e Maicon alcançado o empate para a Inter, aproveitando um dos poucos pontos fracos do time bianconero: a fragilidade pelo lado esquerdo. De Ceglie e Grosso não conseguem resolver por ali e é Chiellini quem vem jogando na lateral, sem muito sucesso também. Do lado da Inter, as coisas começam a se resolver também, apesar da derrota. O time fez sua melhor partida no campeonato e viu um bom Pazzini, que incomodou a defesa juventina todo o jogo. Na próxima rodada, os dois times têm desafios difíceis: a Juventus pega o Napoli, fora de casa, para tentar manter a liderança,e a Inter enfrenta o organizado Genoa, também fora.

Roma 2×3 Milan
Do outro lado de Milão, o momento é bem melhor. Com a vitória sobre a Roma, no Olímpico, o Milan chegou ao quarto triunfo consecutivo e já ocupa a quarta colocação na tabela, com 17 pontos. Após a derrota para a Juventus, na 6ª rodada, a equipe de Allegri não perdeu mais e alcançou a boa marca de 14 gols em quatro jogos, média de 3,5 por partida. Ibrahimovic continua sendo a principal peça da equipe e é responsável direto por essa boa campanha recente do clube. Em Roma, o time foi cirúrgico e aproveitou bem as chances que teve: chutou na meta de Stekelenburg quatro vezes e marcou três gols (dois de Ibrahimovic). Do outro lado, a Roma fez seu jogo, manteve a posse de bola, mas não conseguiu ser efetiva. As 23 finalizações a gol do time de Luís Enrique não foram suficientes para dar a vitória ao time da casa. Muito disso por conta do ataque muito novo e ainda inexperiente. Bojan e Borini não têm a tranquilidade necessária para os atacantes e pecam na hora de acertar o alvo. Os gialorossi perderam três dos últimos quatro jogos e na próxima rodada pegam o Novara, para tentar se recuperar.

Catania 2×1 Napoli
No Angelo Massimino, o Catania recebeu outro candidato ao título e se portou como grande. Bem organizada, a equipe de Montella dominou o Napoli e se aproveitou do fato de a equipe de Mazzari ter jogado sem cinco titulares. Em casa, o time ainda não perdeu nenhuma e já parou equipes como a Inter e a Juventus. No sábado, Cavani abriu o placar antes de o cronômetro marcar dois minutos e parecia que o Catania ia perder sua invencibilidade em casa. Contudo, não demorou muito para a equipe da casa impor seu ritmo e empatar o jogo, com Marchese, aos 25 minutos. Bergessio virou a partida logo no início da segunda etapa e deu tranquilidade para o time diminuir o ritmo e controlar o jogo, sem correr muitos perigos. Os três pontos conquistados já colocam o Catania em uma surpreendente quinta colocação, com 14 pontos, evidenciando bom trabalho de Montella. O Napoli tem os mesmos 14 pontos, mas tem pela frente dois desafios difíceis: primeiro contra o Bayern de Munique, pela Liga dos Campeões, e depois contra a Juventus, pela Serie A.

Para resultados, escalações e estatísticas da 10ª rodada, clique aqui.
Para relembrar a 9ª rodada, clique aqui.

2 comentários

Deixe um comentário