Serie A

16ª rodada: Bom fim de ano

No penúltimo jogo do ano, Nocerino decidiu para o Milan e chegou ao seu sexto gol na Serie A. (Foto: La Presse)
No sábado, três jogos movimentaram a 16ª rodada da Serie A. O Milan enfrentou o Siena em casa e conquistou vitória suada, alcançando a segunda colocação do campeonato. Em Florença, os torcedores presentearam os 10 minutos finais mais emocionantes da rodada, com três gols marcados em menos de sete minutos. O empate não foi bom para nenhum dos times. No outro jogo, o Chievo não teve problemas para vencer o Cagliari, em casa. Vamos aos resumos dos jogos:

Milan 2×0 Siena

“Para ganhar um título, é necessário vencer em casa, mesmo jogando mal”, disse Allegri após a vitória contra o Siena, no último sábado. A frase é sucinta e cada vez mais clichê, mas resume bem como foi a partida: o Milan não conseguiu mostrar bom futebol, como vinha fazendo, teve dificuldades para furar o bloqueio do Siena, mas encontrou a vitória em duas bolas de Nocerino e Ibrahimovic. Nocerino, inclusive, foi o melhor em campo. Cobrindo todos os espaços e chegando à frente com perigo, o ex-palermitano abriu o placar em momento que o jogo parecia caminhar para um empate e foi essencial para que o Milan conseguisse vencer. Foi o seu sexto gol na temporada já, o que o torna o vice-artilheiro do Milan nesta Serie A, atrás apenas de Ibrahimovic, que tem 10 gols (cinco deles de pênalti). Nocerino mostra muita vontade dentro de campo e já é apontado como sucessor de Gattuso. Assim, a torcida rossonera deve agradecer a ele pela oitava vitória em dez jogos, resultados que colocam o Milan na segunda colocação, com 31 pontos, apenas dois atrás da líder Juventus. O Siena, por outro lado, bate à porta do rebaixamento.

Fiorentina 2×2 Atalanta

Em Florença, o jogo caminhava para ter um resumo parecido com este acima, falando das poucas chances de gol, do jogo feio e de uma vitória conquistada mesmo sem apresentar bom futebol. A 10 minutos do fim, no entanto, tudo mudou e Fiorentina-Atalanta se tornou o jogo mais emocionante do sábado. Gilardino abriu o placar aos nove minutos do primeiro tempo e daí pra frente o jogo ficou muito duro e preso no meio de campo. Somente aos 36 minutos da etapa final é que a partida voltou a ser jogada de verdade, quando Masiello aproveitou sobra de escanteio e, com a colaboração do goleiro Boruc, igualou o placar. Cinco minutos mais tarde, Denis aproveitou bom cruzamento da direita e virou o jogo para a Atalanta. Em desvantagem, a Fiorentina partiu para cima e ainda conseguiu o empate antes do fim, com Jovetic (sempre ele). Foi o quinto empate consecutivo da Atalanta, que agora ocupa a 14ª colocação, com 17 pontos, mesma pontuação da Fiorentina, que não consegue se encontrar.

Chievo 2×0 Cagliari

Sem vencer desde o dia 20 de novembro, o Chievo entrou em campo no usual 4-3-1-2 e viu o trio de frente Thereau-Paloschi-Pellissier fazer grande partida, dando a vitória aos gialloblù após quase um mês. O time de Di Carlo teve o domínio do jogo o tempo todo e não teve problemas para vencer o Cagliari, que foi a campo desfalcado de Cossu, Conti, Nené, Astori, El Kabir, Eriksson e Ekdal. O primeiro gol foi do incansável Thureau, aos 36 minutos da primeira etapa. O francês aproveitou bom passe de Paloschi, que também esteve muito bem no jogo, mostrando grande mobilidade e visão de jogo, e abriu o placar. No início da segunda etapa, Pelissier aproveitou cruzamento vindo da esquerda e marcou seu gol de número 99 pelo time de Verona, dando a vitória aos donos da casa. A derrota liga o sinal de alerta no Cagliari, que só acumula uma vitória nas últimas 10 partidas. O Chievo vai aos 19 pontos e mantém posição segura na tabela.

Para resultados, escalações e estatísticas da 16ª rodada, clique aqui.

Para relembrar a 15ª rodada, clique aqui.

2 comentários

Deixe um comentário