Serie A

26ª rodada: Mudando de cor

Em sua volta, Ibra destrói o Palermo e vê título ficar mais para vermelho do que para branco. Juve só empatou (Reuters)

A vantagem ainda é juventina, mas o favoritismo está, cada vez mais, do lado do Milan. Enquanto o time de Allegri continua dando provas de força rumo ao título, a Juve de Conte permanece com problemas que já deveriam ter sido solucionados a essa altura do campeonato para uma equipe que pretende levantar o caneco. Nesta rodada, a equipe de Turim empatou pela 12ª vez no campeonato e deixou o Milan (de um impecável Ibrahimovic) abrir três pontos de vantagem na liderança. A Juve ainda depende só de suas forças para ser campeã, mas até quando?

Juventus 1×1 Chievo
Quando entrou em campo, a Juventus já sabia da vitória do Milan contra o Palermo e sabia que precisaria vencer para não deixar o rival escapar na liderança. Assim sendo, começou o jogo pressionando o adversário e tentando o gol. Aos 18 minuitos, então, Pirlo cobrou falta, a bola bateu na trave e voltou na cabeça de De Ceglie, que empurrou para o fundo das redes e marcou seu primeiro gol com a camisa bianconera. O lateral esquerdo estava em posição irregular por poucos centímetros, como mostrou o replay do lance.

Com Giaccherini e Padoin jogando nas pontas do 4-4-2, que tinha Vucinic e Matri no ataque, a Juve continuou atacando após o gol, mas mostrou uma fraqueza que ninguém esperava: cansaço físico. O jogo da seleção contra os Estados Unidos, no meio da semana, pode ser a explicação (Buffon, Barzagli, Pirlo, Marchisio e Matri jogaram), mas não deveria ser. O clube não divide a atenção do campeonato com nenhuma outra competição e jogou nove vezes a menos que o Milan nesta temporada. O time de Milão, inclusive, mostra melhor preparo físico nesse momento da disputa.

De qualquer forma, o cansaço do time da casa deu espaço para o Chievo criar chances e levar perigo ao gol de Buffon. No segundo tempo, quando a fraqueza juventina ficou mais evidente, o time de Di Carlo foi para cima e empatou com Dramè. Quando a Velha Senhora acordou e tentou reverter o placar, já era tarde demais. Com o empate, a Juve permanece invicta na temporada, mas acumula o surpreendente número de 12 empates no campeonato, deixando o Milan abrir três pontos na dianteira. Na quarta-feira, o jogo adiado contra o Bologna vai ter cara de decisão para o time de Conte. Caso vença, a Juve empata com o Milan em número de pontos e assume a liderança pelos critérios de desempate. Se perder, praticamente dá adeus ao sonho. Para o desespero dos juventinos, Barzagli e Chiellini não terão condições de jogo e Bonucci será titular, provavelmente ao lado de Cáceres, improvisado no miolo da zaga.

Veja os gols da partida clicando aqui.

Palermo 0x4 Milan

Na Sicília, o Milan nem tomou conhecimento do Palermo e goleou em uma partida que ninguém esperava tamanha facilidade. Ibrahimovic voltou ao time depois de quatro rodadas de suspensão e comandou o time. Logo aos 21 minutos, o sueco abriu o placar de perna esquerda, após falha da zaga do Palermo. Dez minutos depois, ele fez outro de esquerda, aproveitando contra-ataque puxado por Robinho. Antes do fim do primeiro tempo, Ibra fez mais um bonito gol, de fora da área, colocando 3 a 0 no placar e decidindo a partida antes mesmo do intervalo.

No segundo tempo, o time de Milão continou indo para cima e fez 4 a 0 com Thiago Silva, após cobrança de escanteio. Os 11 de Allegri só não fizeram mais porque Viviano apareceu muito bem em pelo menos três ocasiões para evitar os gols. Sem perder a concentração, o Milan levou o jogo até o fim com tranquilidade e marcou mais três importantes pontos na caminhada até o título. Com a vitória, o time chega aos 54 pontos e mostra à Juventus, mais uma vez, que quer o bicampeonato. E uma coisa é certa: o momento rubro-negro é melhor. Parece mesmo que a taça está mudando de cor.

Veja os gols da partida clicando aqui.

Para resultados, escalações e estatísticas da 26ª rodada, clique aqui.
Para relembrar a 25ª rodada, clique aqui.

Deixe um comentário