Outros torneios

Serie B: tribunal tira pontos, mas Toro segue líder

Com dois gols, o brasileiro Éder, um dos três brasileiros em campo pela Samp, deu a vitória ao time genovês (LaPresse)

Semana após semana as três disputas da Serie B vão se afunilando: da briga contra o rebaixamento, até a luta pela primeira posição, que sofreu uma reviravolta bastante interessante na última sexta-feira.

O destaque na corrida para fugir da Lega Pro Prima Divisione é a Nocerina (34 pontos). O time da Campânia, lanterna durante a maior parte do torneio, conseguiu a terceira vitória nos últimos quatro jogos, ao bater o concorrente direto Vicenza (34) por 1 a 0 fora de casa. A vitória fez a Nocerina, que conseguiu apenas três vitórias no primeiro turno, deixar a zona dos três que caem diretamente à terceira divisão, e entrar na zona de play-out, ultrapassando o próprio Vicenza.

Além do Vicenza, se o campeonato acabasse hoje estariam rebaixados também o Gubbio (31), que recebeu o Pescara e perdeu por 2 a 0, e a lanterna AlbinoLeffe (25), que visitou e perdeu para a Reggina por 1 a 0, e está quase matematicamente rebaixada. Quem enfrentaria a Nocerina no play-out, hoje, seria o Empoli (35), que na sexta-feira arrancou um empate sem gols contra o Hellas Verona.

Já na parte de cima foi jogada uma pitada de pimenta. O tribunal desportivo decidiu, na sexta-feira, em favor do Padova, no recurso em que o time buscava os três pontos da partida em que venceu o Torino dentro de casa, por 1 a 0, no início de dezembro. À época, o jogo foi interrompido por falta de energia e sua conclusão foi adiada. Mesmo o resultado sendo mantido após a conclusão da partida, a justiça puniu o clube de Pádua pela interrupção, dando os três pontos ao Torino. Com a vitória do recurso, os três pontos foram devolvidos ao Padova.

Desta forma, a rodada começou, na sexta-feira, com o Torino na ponta, com 67 pontos e dois jogos a menos. O Sassuolo abriu a rodada com uma vitória fora de casa sobre o Brescia, chegando aos mesmos 67 pontos. O Verona, também na sexta, tinha a chance de assumir a liderança com uma vitória sobre o Empoli, dentro de casa, mas não saiu do zero, e chegou também aos 67.

No sábado, que teve nove partidas, o Torino poderia perder a ponta para o Pescara, caso este vencesse e os turinenses perdessem. Porém, ambos venceram, com o Toro batendo o Crotone em Turim, por 2 a 1, e o Pescara tendo dificuldades para passar pelo Gubbio fora de casa, por 2 a 0, com os dois gols na segunda metade do segundo tempo.

Esses resultados deixaram a briga pelo título (ou pelas duas vagas diretas, que são o que realmente interessa, a princípio) absolutamente aberta. O Torino poderia ter cinco pontos de vantagem, com um jogo a menos, mas tem apenas dois: os granata lideram com 70, seguidos do Pescara, com 68, do Sassuolo, com 67, e do Verona, também com 67. Sassuolo e Torino ainda hão de se enfrentar, em partida adiada da 35ª rodada. O Pescara também tem um jogo a completar, da mesma rodada, que foi interrompido pela tragédia de Morosini.

Briga que também segue acirrada é pelos play-offs. Ainda em mau momento, o Padova não se aproveitou dos três pontos que “ganhou” no tribunal e apenas empatou em 2 a 2 com o Grosseto fora de casa (sendo que vencia por 2 a 0). Chegando aos 60 pontos, o clube ocupa a quinta posição, um ponto apenas à frente da Varese, que derrotou a Cittadella fora de casa, por 1 a 0, fechando o grupo dos play-offs. Não distante está a Sampdoria, que venceu o Bari em Gênova, por 2 a 0, com dois gols do brasileiro Éder, e chegou aos 58 pontos.

Ainda com 15 pontos em disputa, ainda sonham com uma vaga no “segundo pelotão” a Reggina, que ao vencer a AlbinoLeffe chegou aos 54 pontos, o Brescia, que conseguiu não perder para o Verona e tem 53, e a Juve Stabia, que mesmo perdendo para o Modena fora de casa por 3 a 0, tem 52 pontos e vive um ótimo segundo turno. Contudo, fica difícil imaginar que essas duas últimas vagas nos play-offs não terminem nas mãos de Padova, Varese ou Samp, que vêm mostrando um maior apetite nesta reta final.

Deixe um comentário