Liga dos Campeões

Um mago que destruiu um sonho

Maicosuel, após perder pênalti de forma displicente e ser responsável direto pela eliminação da Udinese: só resta lamentar (Getty Images)
Decisão por pênaltis, se é angustiante para quem assiste, imagina para quem está lá no campo e tem a responsabilidade nas costas. É nessas horas que o jogador tem que ter a frieza e maturidade para converter sua cobrança, depois de 120 minutos de futebol. Mas às vezes, um pequeno desleixo pode custar caro. No caso da Udinese, muito mais que os milhões de euros, a sonhada vaga na fase de grupos da Liga dos Campeões depois de sete anos.
Quis o destino que o vilão fosse Maicosuel, um jogador que mal chegou em Údinese. Com o apelido de “Mago”, que tinha desde os tempos em que algum gênio resolveu te dar aqui no Brasil, ele tentou tirar um coelho da cartola, mas não conseguiu. Das dez cobranças de penalidades, apenas um erro. Mas um erro que não será esquecido pela torcida tão facilmente. Uma cavadinha imperdoável. Um erro semelhante ao que custou a carreira de um jogador do Treze-PB, que fez o mesmo na eliminação de seu time justamente contra o Botafogo que tinha como protagonista Maicosuel. O próprio Maicosuel condenou a cavadinha do atleta paraibano, clamando por um suposto desrespeito às cores do Botafogo.

Mas antes de ir para os pênaltis, a Udinese teve a vaga na mão e não aproveitou o mando de campo. O time que veio a campo entrou classificado, afinal empatou com gols em Portugal. Porém, Willians quase pôs tudo a perder com uma bola perdida tolamente, e obrigou Brkic a salvar o gol de Lima. Mal no jogo, a Udinese só chegou ao gol depois de uma jogada construída por Fabrinni e Basta, que deixou Armero na frente do gol, para que cabeceasse sem chances para o goleiro Beto. Depois do gol, o Braga se abateu. O time que sufocou os friulianos nos minutos iniciais nada produziu. A Udinese por outro lado se acomodou com o gol e mesmo não atacando, controlava o duelo.
O segundo tempo veio com a Udinese tentando definir o jogo. A chance caiu novamente nos pés de Armero, mas dessa vez o ala produziu uma cena típica das comédias pastelões. Quando saiu cara a cara com o goleiro braguista, chutou o chão na tentativa de dar um toque por cima do arqueiro. Um desperdício que custou caro, afinal menos de 15 minutos depois, o Braga empatou, após erro de Danilo na saída de bola. Ruben Micael, que entrara a pouco no lugar de Ruben Amorin, aproveitou cruzamento de Márcio Mossoró e só completou de cabeça para o gol.

O Braga, que pressionava demais e chutava muito, merecia o empate. A Udinese, totalmente diferente daquela de duas temporadas atrás, não tinha controle territorial, nem posse de bola e, muito menos, controle psicológico. Um time frágil, enfim. A impressão é que os muitos jogadores que entraram no time titular, nos lugares de Handanovic, e, principalmente, Asamoah e Isla, não assimilaram a filosofia de jogo de Francesco Guidolin. O tempo urge e o treinador precisa encontrar uma solução para isso.

A única boa chance durante os trinta minutos da prorrogação que viria após o 1 a 1 no tempo normal foi de Lima, que não alcançou um cruzamento de Ruben Micael. Era, então, a hora das penalidades. Toda a tensão e a emoção dos minutos jogados seriam resolvidas em 10 cobranças de pênaltis. E o único erro coube a Maicosuel, numa cavadinha que certamente o perseguirá por toda a carreira. A Udinese teve um sonho destruído e terá de se contentar com a Liga Europa, novamente.

Com o mercado ainda aberto não se sabe o quanto custará a eliminação – para o próprio Maicosuel, que, desde já, pode já não ter clima para continuar no clube. Guidolin que disse após o jogo que não tem a capacidade de montar um time para jogar a Champions League e, hoje, liberou os jogadores de treinos e também não deu entrevista. Estaria de saída? Se sim, seria um duríssimo golpe no projeto friulano. A equipe, que ainda tem uma Serie A e uma Liga Europa inteiras pela frent, precisa se reinventar.

1 comentário

  • Pois é, atitude lamentável do Maicosuel! Merece uma punição do clube, pois foi irresponsável. Você disse bem, daonde tiraram que Maicosuel é um mago?

Deixe um comentário