Serie A

Com que roupa eles vão

Entra ano, sai ano, e as equipes mudam seus uniformes para buscar vendas e incremento nos lucros. Alguns times fazem isso radicalmente e outros de forma conservadora, e na Itália não poderia ser diferente: tem equipe que mal mexeu nos uniformes e outras que ousaram completamente. Aproveitamos o ensejo para apresentar, aqui, os uniformes das equipes que disputarão a Serie A 2013-14. Confira!
*Atualizado no dia 16 de agosto.
Atalanta
Ainda com os mesmos patrocinadores e
fornecedor esportivo, os uniformes da Atalanta mudaram bastante. A
começar pelas listras do primeiro uniforme, que ficaram mais finas,
com três azuis e quatro pretas, ao invés de apenas duas azuis e uma
preta ao centro, como na temporada passada. Mais, novidade maior é o
segundo uniforme, que será amarelo e preto. A terceira camisa segue
praticamente idêntica.

Bologna

O primeiro uniforme permanece como o da
temporada passada, com mudanças apenas em alguns detalhes na altura
dos ombros. O segundo, porém, será bem diferente, com a cor
predominante sendo ainda o branco, mas os detalhes vermelhos e azuis
deixam de ficar na altura dos ombros e passam a formar uma linha
diagonal do ombro esquerdo até a cintura. O terceiro uniforme deixa
de ser cinza e passa a ser verde florescente. O fornecedor esportivo
e o patrocinador master seguem os mesmos.

Cagliari

  
Quase nenhuma mudança significativa em três dos
quatro uniformes do clube sardo. Os uniformes um, três e quatro são
praticamente idênticos ao da temporada passada, com alterações em
pequenos detalhes como a gola. Mas o uniforme dois ganhou duas listras
paralelas diagonais atravessando o tronco do ombro esquerdo à cintura,
uma azul e outra vermelha.

Catania

Na apresentação oficial, a camisa
rossoazzurra não mostrou patrocinador master, apenas o fornecedor
esportivo, mesmo da temporada passada. A primeira camisa apresenta o
escudo um pouco mais alto, próximo ao ombro esquerdo. As listras
permanecem na mesma largura, mas a listra na qual está o escudo é
mais larga e segue até o calção. A segunda, branca, tem os
detalhes azuis e vermelhos à altura do peito e não mais as duas
listras em formato de cruz. A terceira é toda vermelha, sem maiores
detalhes.

Chievo Verona

A primeira camisa, apresentada sem
patrocinadores, segue praticamente a mesma. O segundo uniforme,
porém, deixa de ser branco, para ser cinza. O terceiro uniforme, ao
invés de verde e amarelo, será verde e preto. Os dois uniformes de
visitantes seguem carregando a Escada de Prata, símbolo da cidade de
Verona, ao invés do escudo do clube. As três versões carregam
ilustrações históricas referentes a CanGrande I della Scala,
senhor de Verona no século XIV e figura que mais representa a
comunidade – é ele montado no cavalo, na figura da primeira camisa.

Fiorentina

Poucas mudanças. O patrocinador master
e o fornecedor esportivo são os mesmos. O escudo muda de lugar: sai
do centro do peito para o lado esquerdo do peito. O terceiro uniforme, que mal chegou a ser usado na última temporada, deixa
de ser dividido ao meio com as cores vermelho e branco e volta a ser
cinza.

Genoa

No uniforme titular, praticamente nenhuma
mudança. A camisa visitante, porém, perde as duas listras horizontais azul
e vermelha que atravessavam o peito, e será completamente branca.
Ambas as vestimentas ainda carregam abaixo do escudo do Grifone a
célebre frase de “O clube mais antigo da Itália”, no ano em que
completa seus 120 anos de existência.

Hellas Verona

Retornando à Serie A depois de 12
anos, o Verona volta em grande estilo. Após seis anos com a Asics
como fornecedora esportiva, o clube veronês retorna à elite com uma
das mais prestigiadas marcas esportivas do mundo: a Nike. O
tradicional clube terá o primeiro uniforme com uma tom de azul mais
escuro do que o habitual e com uma faixa vertical amarela do lado
esquerdo do peito, do ombro à cintura. O segundo é o tradicional
conjunto todo amarelo, com poucos detalhes. A novidade é um terceiro
uniforme, todo preto e com detalhes em amarelo.

Internazionale

Outro que teve poucas alterações. A
camisa titular tem as listras um pouco mais estreitas e um tom de azul mais
escuro. O patrocinador master segue o mesmo, assim como o fornecedor
esportivo. A camisa visitante, porém, deixa de ser vermelha e volta a ser
branca, muito similar à utilizada em 2009-10. A bandeira de Milão será carregada como detalhe na parte de
trás, no interior da camisa.

Juventus

A campeã traz listras bastante
estreitas na camisa titular, como as camisas do início da década passada, e quase idêntica à camisa com a qual disputou a Serie B. O scudetto
segue no centro do peito, mas o escudo vem sem detalhes como a
inscrição “30 em campo” e as duas estrelas. Já a camisa visitante muda
drasticamente. De preto, ela passará para amarelo e bermudas azuis,
fazendo menção ao uniforme da última conquista da Liga dos
Campeões do clube, em 1996. O scudetto passa ao lado direito do
peito.

Lazio

A única mudança da camisa titular é a
adição da roseta de campeã da Copa da Itália. Já a segunda
camisa deixa de ser preta com a listra horizontal azul clara
atravessando o peito, para uma camisa azul marinho com linhas azul
claro atravessando a camisa de cima a baixo. A terceira camisa, ao invés de
branca, será amarela, sem maiores detalhes.

Livorno

Retornando à elite depois de três
temporadas na Serie B, o Livorno fez uma grande festa para apresentação
da equipe e de seus novos uniformes. Na cerimônia em que 4 mil
torcedores jantaram e festejaram com o elenco, os novos uniformes
amarantos foram revelados. A primeira e a segunda camisa seguem iguais
às da temproada passado, com a primeira no tradicional grená e a segunda
branca, com mais detalhes em grená. Mas a terceira, que mais mudou,
deixa de ser amarela e será cinza, com detalhes grená.

Milan

A primeira camisa tem as listras mais
estreitas, lembrando um pouco a camisa da última conquista da Liga
dos Campeões do clube, em 2007. As listras características do
fornecedor esportivo que atravessam os ombros deixam de ser brancas e
serão douradas. A camisa visitante abandona as listras vermelho e preto que
atravessavam o peito e terá apenas duas linhas em formato de “V”
descendo dos ombros. A terceira camisa, ao invés de preta, será
dourada e novamente carregando uma menção à bandeira da Itália no
lado direito do peito.

Napoli

Na primeira camisa, poucas mudanças,
apenas detalhes na gola e nas mangas e a saída da roseta da Copa da
Itália. A segunda deixa de ser o branco com as duas listras azuis
verticais da gola até a cintura, e volta a ser predominantemente
amarela, como foi em 2012, mas com uma faixa azul clara diagonal,
atravessando do ombro esquerdo até a cintura. Mas a maior mudança é
na camisa três. O discreto azul marinho com detalhes em azul claro,
dá lugar a um estilo camuflado, como um uniforme militar. Ela foi
batizada “Camo Fight” (as outras são Azzurro Force e Yellow Power) e espera-se que seja o sucesso de vendas do
clube na temporada, classificada como uma “novidade histórica
absoluta”. Com menos de 24 horas após o lançamento, todos os exemplares da mesma colocados à venda se esgotaram e pouquíssimos exemplares dos outros dois modelos foram vendidos.
Parma
No ano do centenário, a principal
mudança é a estilização feita com o número 100 acima do escudo.
A camisa visitante permanece preta, mas, ao invés da característica cruz
branca, ela trará duas listras em diagonal, do ombro esquerdo até a
parte direito do quadril, nas cores azul e amarela. A terceira também
tem as mesmas cores, azul e amarela, mas ao invés das listras
horizontais se alternando, ela terá o desenho xadrez com quatro
quadrados ocupando todo o espaço frontal da camisa.

Roma

Talvez o uniforme mais inusitado da
temporada. Sem patrocinador e sem fornecedor esportivo, os
giallorossi contrataram a Asics para fazer os uniformes, sem contrato de patrocínio. Os romanos usarão uma camisa simples na tradicional cor vinho, com
detalhes amarelos na gola e na manga. Nada mais. O escudo também é
novo, está remodelado. A camisa visitante deverá ser idêntica, mas na cor
branca.

Sampdoria

Assim como fez na temporada passada, o
uniforme blucerchiato busca resgatar a memória de anos de conquistas
do clube. Depois de reviver, na temporada passada, o uniforme do fim
da década de 80, que tinha o escudo no ombro esquerdo, o time
resgata um uniforme semelhante ao da temporada 94-95, após a
conquista do último título do clube, a Copa da Itália de 94. O
escudo volta ao lado esquerdo do peito e o patrocinador master
permanece acima das listras horizontais blucerchiate que atravessam o
tórax.

Sassuolo

Em sua estreia na Serie A, o time
emiliano apresentou poucas alterações no design das novas camisas. As
camisas um – listrada em verde e preto – e dois – branca – tiveram
poucas alterações, como a passagem do escudo, que era no meio do peito,
para o lado esquerdo, em ambos os modelos. A novidade, porém, fica com
um terceiro conjunto, na cor azul, com o qual o time venceu o Trofeo Tim
na pré-temporada.

Torino

Talvez os conjuntos de uniformes que
menos mudaram. A única mudança majoritariamente perceptível é na
gola da camisa titular. Esta traz uma gola branca bem destacada no uniforme
grená.

Udinese

A camisa titular é praticamente a mesma. Já
a camisa visitante deixa o azul celeste e volta a ser laranja, como foi na
temporada 2011-2012. O terceiro uniforme abandona o preto com
detalhes em verde e passa a ser listrado verticalmente em cinza e
preto. O fornecedor esportivo deixa de ser a Legea e passa a ser a HS
Football. O patrocinador master segue o mesmo. Acima do número, os
dizeres “A paixão é a nossa força”.
Cagliari, Livorno
e Sassuolo ainda estão por divulgar suas camisas.

Deixe um comentário