Outros torneios

Supremacia bianconera

Juve é a dona da bola na Bota. Bicampeã italiana, equipe atropela a Lazio e
fica com o bi da Supercopa da Itália também (Image Sport)

Depois de uma pré-temporada bem abaixo das expectativas da Juventus – a equipe não conseguiu vencer nenhum jogo -, a sensação era de que o Campeonato Italiano pudesse ser um pouco mais competitivo se Milan, Napoli e Fiorentina não bobeassem. Logo após a primeira partida oficial da temporada 2013-14, porém, a onda de otimismo dos rivais já passou. A Velha Senhora nem tomou conhecimento da Lazio, no Estádio Olímpico de Roma, e foi bicampeã da Supercopa Italiana com uma goleada afirmativa para cima da vencedora da Coppa Italia.

Os 4 x 0 mostram que a atual campeã italiana ainda é superior aos adversários e deve fazer mais uma temporada relativamente tranquila rumo ao tricampeonato. A equipe bianconera começou a construir o restultado ainda no primeiro tempo, com Pogba. O francês continua em linha ascendente e cada vez parece mais pronto para assumir um posto de titular no time de Antonio Conte. Ontem, ele entrou no lugar de Marchisio, que saiu machucado aos 20 minutos da etapa inicial (diagnosticado com uma torsão no joelho, deve ficar cerca de um mês parado), e abriu o placar logo em seu segundo toque na bola.

O gol foi praticamente o único bom momento do primeiro tempo, jogado sempre em ritmo lento, típico de início de temporada. Atrás no placar, a Lazio tentava lançamentos longos e cruzamentos na área, sempre mal sucedidos. Pouco criativa, a equipe de Petkovic só ameaçou o gol de Buffon em uma ocasião: Radu chutou na direção do ângulo, mas o goleiro juventino fez grande defesa. Na volta do intervalo, parece que só a Juventus subiu para o campo. A Lazio mal conseguiu tocar na bola e, confusa do goleiro ao atacante, levou três gols em onze minutos. 

Primeiro, Chiellini apareceu de forma surpreendente em jogada que começou em cobrança de escanteio para a Lazio e terminou com gol da Juve: o zagueirão cortou o cruzamento de cabeça e não pensou duas vezes antes de sair correndo para fazer parte do contra-ataque. A bola passou pelos pés de Pirlo, Vidal, Lichtsteiner e só parou nos fundos da rede de Marchetti, depois que Chiellini recebeu dentro da área e empurrou para dentro. Klose, de longe, só pôde aprovar o instinto matador do zagueiro.

Dois minutos depois, aos 9, Lichtsteiner apareceu bem mais uma vez, entrou na defesa laziale como quis e tocou na saída do goleiro para fazer 3 x 0. Aos 11, por último, o estreante Carlitos Tévez aproveitou bom passe de Pogba, após confusão na área, para fazer seu primeiro gol oficial pela Juve. O argentino não fez uma grande partida, mas participou de lances decisivos e mostrou que deve ser útil ao ataque bianconero. Com 4 x 0 no placar, o time de Turim diminuiu o ritmo e deu espaços para a Lazio chegar. A equipe romana, contudo, não soube aproveitar e não conseguiu fazer nem o gol de honra.

A Juventus comemora o quarto título em dois anos desde a chegada de Conte e reafirma sua superioridade em relação aos rivais. O foco da temporada deve ser mesmo na Liga dos Campeões, onde a Juve quer se reestabelecer como grande força europeia. Enquanto o continental não começa, o time tentará acumular pontos na Serie A. A estreia no sábado diante da Sampdoria, fora de casa. No domingo, a Lazio recebe a Udinese, no próprio Olímpico de Roma.

Clique aqui para ver os gols do jogo. 

1 comentário

Deixe um comentário