Liga Europa

Um minuto para Bonucci

Bonucci deu a vitória ao time italiano contra o Lyon; classificação ficou mais próxima (Foto: Squawka)

Tévez, aos 10 minutos do segundo tempo, sentiu lesão na virilha e pediu para ser substituído imediatamente. Em seu retorno ao time – o argentino não atuou contra o Napoli, suspenso -, ele foi o jogador que mais ofereceu perigo ao ágil goleiro Anthony Lopes. Na primeira oportunidade, Tévez cabeceou pra fora um domínio perdido por Osvaldo dentro da área. Na segunda, esticou demais a bola lançada por Pirlo; Lopes saiu bem.

Vucinic entrou no lugar do argentino durante a etapa final. O intuito, claro, era melhorar a equipe que mais tinha sofrido que oferecido perigo. Malbranque parou em Buffon e, na sequência, no primeiro tempo, Briand se aproveitou da falha de marcação de Bonucci, mas jogou a bola por cima do alvo. Em 15 minutos, Vucinic já tinha feito mais que Osvaldo durante toda a partida. Ajeitou a parte ofensiva do time e distribuiu melhor a bola para as chegadas constantes de Pogba e Asamoah. 

Corta para os dez minutos finais da partida. 

Giovinco, que substituiu Osvaldo no decorrer da segunda etapa, fez uma excelente jogada para servir Vucinic, que saiu da marcação e chutou por cima da meta. Ele estava dentro da pequena área. Quase debaixo do gol. Um lance inacreditável. No minuto seguinte, o montenegrino abafou a saída de bola de Koné. O zagueiro cedeu escanteio para a Juventus. Pirlo corre para a faixa esquerda do Gerland. O volante cobra rasteiro, curto. Marchisio cruza rapidamente, Koné não afasta e Pogba chuta com força. A bola explode em Tolisso e Bonucci, todo torto, bate Lopes com uma finalização alta. 

Durante os acréscimos, Briand ainda tentou. Infelizmente para sua equipe, Cáceres recompôs bem e o passe para Gomis ficou nos pés de Chiellini. Os franceses bem que tentaram abusar da defesa juventina a partida inteira com os avanços em velocidade de Briand, Lacazette e Mvuemba, talvez lembrando que foi assim que a Juventus sofreu com o Napoli, na última rodada disputada da Serie A. Não foi o bastante.

No aniversário do técnico do Lyon, Rémi Garde, a Juventus venceu por 1 a 0 e ficou mais próxima da vaga na semifinal da Liga Europa. Ficou difícil demais tirar a classificação dos bianconeri, que definem se ficam com a vaga na Arena Juventus, em Turim.

Lyon 0-1 Juventus

Quartas de final da Liga Europa
Estádio Gerland, em Lyon, França

Lyon (4-1-2-1-2): Lopes, Tolisso, B. Koné, Umtiti e Bedimo; Gonalons, Ferri, Mvuemba e Malbranque (86′ Fekir); Lacazette (75′ Gomis) e Briand (89′ Njié). T: Rémi Garde

Juventus (3-5-2): Buffon, Cáceres, Bonucci e Chiellini; Isla (78′ Lichtsteiner), Pogba, Pirlo, Marchisio e Asamoah; Tévez (56′ Vucinic) e Osvaldo (62′ Giovinco). T: Antonio Conte

Gol: Bonucci (85′)

Deixe um comentário