Serie A

Informações: gênero

Utilidade pública: se você quer saber porque se usa o artigo feminino para se referir a alguns times do futebol italiano, esta é a sua chance. Traduzimos para o português um texto disponibilizado pela comunidade oficial da Nazionale azzurra com as regras do idioma do Belpaese, adotadas pela mídia especializada brasileira. Leia abaixo (este é o original, em italiano).

Curiosidade: o que determina o “sexo” das equipes de futebol?

Você já se perguntou por quais razões é normal recorrermos ao artigo definido feminino quando nos referimos a Roma, Juventus e Inter, enquanto usamos o masculino para Milan, Napoli e Torino? Existe uma regra.

Uma vez que a língua italiana não usa o gênero neutro, para atribuir o gêneto a uma equipe, basta aplicar uma regra simples, explicada pela Accademia della Crusca, a mais prestigiosa instituição linguística italiana. “Quando a equipe tem o mesmo nome que a cidade a que pertence – ou uma variante, como no caso do Genoa – o gênero masculino serve para distingui-la do topônimo, que é normalmente feminino. Então o adjetivo “a magnífica” Cagliari se refere à cidade; enquanto “o magnífico” Cagliari é uma referência à equipe.

O feminino, provavelmente devido ao substantivo implícito “equipe”, se aplica a nomes derivados de um adjetivo étnico (a Fiorentina e a Udinese: a florentina e a udinesa) e a nomes que não correspondem a um topônimo. Portanto: a Atalanta, a Juventus, a Sampdoria e também a Lazio; que a distingue também do nome da região a que pertence. A principal exceção diante de tal explicação é a Roma.

Por sua vez, os clubes que tiverem nomes de cidades em suas razões sociais serão considerados substantivos masculinos: Milan (termo em inglês para “Milão”), Napoli e Chievo Verona, por exemplo. Por outro lado, os clubes cujos nomes não têm quaisquer relações com denominações de locais serão admitidos como substantivos femininos: Juventus, Sampdoria, Inter, Atalanta etc.

As regras da língua italiana valem também para equipes de outros países, como Bayern Munique e Manchester United. Fluminense, segundo os guias do Belpaese, é um substantivo feminino, por se referir ao estado do Rio de Janeiro [nota do editor: no caso do Flu e de outros clubes estrangeiros, por mais que existam as normas da língua italiana, em geral acabam prevalecendo as determinações do país de origem].

Deixe um comentário