Serie A

DAZN chega ao Brasil e transmitirá Campeonato Italiano ‘de forma exclusiva’ até 2021

Esta quinta-feira (29 de novembro) começou com mais uma reviravolta surpreendente no que tange à propriedade dos direitos de transmissão do Campeonato Italiano para o Brasil. Maior serviço de streaming esportivo do planeta, ao vivo e por demanda, o DAZN anunciou sua chegada ao Brasil e a exibição “exclusiva” da Serie A, além da Ligue 1 e da Copa Sul-Americana. A plataforma começa a funcionar em março de 2019.

No comunicado à imprensa, o DAZN anunciou que adquiriu os direitos de transmissão do Italiano até 2021, mas não informou quais serão as modalidades de assinatura e utilização do serviço, nem mesmo os seus valores ou o idioma em que os jogos serão narrados. A plataforma, porém, não exige contrato de longo prazo para o serviço de streaming, que funciona na maioria dos dispositivos conectados, incluindo TVs, smartphones, tablets, consoles de jogos e PCs. Antes entrar em vigor no Brasil de forma completa, o DAZN exibirá, de maneira gratuita, um belo aperitivo através de suas páginas no Facebook e YouTube.

A empresa oferecerá todas as partidas da Juventus entre os dias 7 de dezembro deste ano e 3 de março do ano que vem. A estreia será em grande estilo: a Velha Senhora enfrentará a Inter no Derby d’Italia. O pacote ainda inclui embates com Torino, Roma, Atalanta e Sampdoria, até o final de 2018, e com Lazio e Napoli, nos primeiros meses de 2019. Além dos jogos da Juve, a distribuidora europeia também exibirá todos os compromissos do Paris Saint-Germain pela Ligue 1. Confira aqui a lista de jogos completa.

Em nota enviada à imprensa, Simon Denyer, CEO do Grupo DAZN, comentou o fechamento do acordo. “O futebol é um estilo de vida no Brasil. Por isso, fazer o lançamento com direitos de transmissão tão significativos é um grande momento para nós, e nos consolidando como a emissora esportiva que mais cresce no mundo. Expandimos nossa presença para nove países – quatro deles em apenas dois anos”, disse.

O DAZN foi criado em 2015 e lançado no ano seguinte, inicialmente em Alemanha, Áustria e Suíça. Atualmente, está disponível também em Canadá, Itália, Estados Unidos e Japão. A plataforma faz parte do Perform Group, holding do setor de comunicações fundada em 2007 e que controla, entre outras marcas, o site Goal.com e a Opta, referência em estatísticas esportivas.

Na Itália, DAZN entrou em operação em julho deste ano e transmite com exclusividade a Serie B, além de três partidas da primeira divisão a cada rodada e todos os compromissos do Bari pela quarta categoria. Em sua equipe, a distribuidora de conteúdo conta com os famosos jornalistas Diletta Leotta e Pierluigi Pardo, além de comentaristas de peso, como os ex-jogadores Mauro Camoranesi, Luís Figo, Andriy Shevchenko, Francesco Guidolin e Roberto Cravero. Paolo Maldini foi embaixador do grupo, mas deixou o posto após assumir um cargo na diretoria do Milan.

A siciliana Diletta Leotta é a apresentadora mais famosa do DAZN na Itália (Image Sport)

Serie A Pass

A chegada do DAZN e o anúncio de exclusividade, no entanto, também gera algumas dúvidas de imediato. A mais importante delas é: como fica o Serie A Pass, serviço de streaming do campeonato criado pela IMG, gigante da mídia internacional e antiga detentora dos direitos de transmissão? A plataforma ofereceu um pacote anual para seus assinantes, em valores que giraram de R$ 119,90 a R$ 189,90 (considerando promoções e o preço inicial), e, a princípio, deveria funcionar até o final de maio de 2019, quando o certame se encerra. É possível que a exclusividade anunciada pelo DAZN seja válida apenas a partir da temporada 2019-20 e que, durante três meses, as duas plataformas de streaming funcionem de maneira concomitante.

A aquisição por parte do DAZN também modificou práticas internas da IMG. No início do mês havíamos informado que a multinacional estava contratando o grupo Mediapro para fornecer narração em português para o Serie A Pass – trabalho executado por Thiago Arantes, jornalista de longa passagem pelos canais ESPN. No entanto, a última rodada não teve nenhum jogo exibido em nosso idioma – e mesmo em espanhol.

Dias depois, a ESPN América Latina informou que havia adquirido os direitos da Serie A para os países hispanofalantes do continente e, hoje, foi a vez de o Perform Group concretizar as tratativas para transmitir o campeonato para o Brasil. Apuramos que, neste fim de semana, Arantes também não foi escalado para qualquer partida. Em caso de continuidade do streaming da IMG, é provável que as narrações continuem apenas em língua inglesa.

Até o fechamento desta reportagem, IMG e DAZN não responderam a nossos questionamentos. Fique atento, pois poderemos atualizar esta nota com novas informações.

Presente e futuro ou apenas parte do passado? Streaming da IMG está cercado por incertezas (Divulgação/Serie A Pass)

Bet365 e Rai International

O acordo entre IMG e Perform Group não deve interferir nos contratos já firmados com Bet365 e Rai, que também exibem a Serie A. Como informamos anteriormente, a temporada 2018-19 do Italianão está sendo transmitida apenas por um canal na televisão (Rai International, em italiano) e tem a maior parte de sua cobertura através de serviços de streaming, como o Bet365 (inglês), além do Serie A Pass e do recém-chegado DAZN.

O site do grupo de apostas Bet365 exibe todas as partidas do Italiano, num modelo mais enxuto do que o Serie A Pass: alguns jogos têm narração, outros apenas com som ambiente, e só é possível assistir às transmissões ao vivo. Por outro lado, os clientes da IMG ainda podem usufruir do serviço no Brasil e em mais 77 países e territórios, além de terem à disposição VTs completos e vídeos com 15 minutos dos melhores momentos de todas as partidas, programas semanais com resumos e análises (em inglês) e conteúdo de acervo – que, até agora, compreende apenas a temporada 2017-18.

Para ter acesso ao conteúdo do Bet365, o fã do futebol do Belpaese deve se cadastrar e realizar um depósito mínimo de R$ 30, através de internet banking, cartão de débito ou crédito, boleto bancário, Visa Checkout, AstroPay Card ou Entropay. O assinante pode ver partidas da Serie A por tempo ilimitado, desde que tenha um saldo positivo de pelo menos 1 centavo em sua conta. A Bet365 também exibe mais campeonatos de futebol (Espanhol, Francês, Argentino e MLS, por exemplo) e de muitos outros esportes. Por outro lado, um aspecto que é considerado negativo por alguns usuários da comunidade é a resolução de vídeo oferecida: não é possível ver os jogos em tela cheia, apenas em pequenas janelas.

Na televisão por assinatura, a opção é a Rai International. O canal italiano é relativamente conhecido no Brasil exatamente por transmitir a Serie A, de forma ininterrupta, desde o início dos anos 2000. A imagem, de péssima definição, sempre deixou a desejar, mas a cobertura se destacava pela extensão: a depender dos horários determinados pela liga, a emissora podia transmitir até oito partidas por rodada em anos anteriores. No fim do domingo, para quem fala italiano, ainda havia a possibilidade de assistir a La Domenica Sportiva, uma das mais tradicionais mesas-redondas do país.

Dessa vez, a oferta diminuiu bastante. O novo acordo entre o braço estrangeiro da rede pública de comunicações da Itália e a IMG, antiga detentora dos direitos, limitou a exibição a três jogos por jornada – um no sábado e dois no domingo, no caso dos fins de semana, e dois na quarta e um na terça ou na quinta, nos turnos intersemanais.

As partidas são escolhidas pela liga, o que significa que o espectador fica à mercê do calendário da competição. Nas rodadas que antecedem compromissos das principais agremiações do país pela Champions League, por exemplo, estas equipes acabam jogando na sexta e no sábado, de forma que apenas uma delas terá seu compromisso televisionado. A DS, porém, está mantida na programação, assim como o dominical La Giostra dei Gol, que há mais de uma década exibe uma partida no domingo e os gols dos jogos que acontecem simultaneamente.

Atualmente, a Rai está disponível apenas em três das maiores operadoras de TV fechada no Brasil. Na NET, o canal está incluso no plano Top HD (R$ 139,99/mês), mas clientes alocados em outros contratos podem adquirir, na modalidade à la carte, o pacote mundo, por R$ 10,90/mês. Na Vivo, as condições são similares: a emissora consta na grade do plano Full HD (R$ 149,90/mês), mas pessoas que assinam menos canais podem adquirir o pacote internacional por R$ 19,90/mês. Por fim, o modelo da SKY é exclusivamente sob demanda. Nenhum dos planos da operadora oferecem a Rai, mas o serviço pode ser assinado individualmente (R$ 11,90/mês) ou como parte do pacote de canais europeus (R$ 34,90/mês).

A partir do final de novembro deste ano, também se tornou possível assistir a Rai International através de streaming – neste caso, em qualidade HD. Recém-implantada no Brasil, a Guigo é uma plataforma de IPTV (Televisão por Protocolo de Internet) e, no momento, conta com 28 canais licenciados em sua grade – dois brasileiros e 26 estrangeiros. A oferta de canais permite ao assinante ter acesso também a partidas dos campeonatos da França (SD), México (HD) e Colômbia (SD).

O pacote que inclui a emissora italiana custa R$ 30/mês, mas o usuário tem direito a um período de avaliação gratuita por uma semana. No momento, a Guigo está disponível para smartphones Android e  qualquer computador, em transmissão pelo seu site. Através de sua assessoria, a empresa informou que a plataforma começará a operar no sistema iOS a partir da semana que vem e, em janeiro, nas smart TVs Android TV, LG e Samsung.

Enrico Varriale é o atual apresentador da Giostra dei Gol, na Rai (Ansa)

Entenda o imbróglio dos direitos de transmissão da Serie A

Às vésperas do início do campeonato, a então detentora dos direitos para o Brasil, a agência multinacional IMG, anunciou a criação do Serie A Pass, um sistema de streaming oficial para acompanhar as partidas – confira a nota da agência na íntegra. A plataforma começou a funcionar em 18 de agosto, dia em que o torneio teve seu pontapé inicial.

Durante os últimos três anos, a Fox Sports foi a dona dos direitos da Serie A em toda a América Latina (incluindo o Brasil), e repassou alguns jogos para o grupo ESPN. O acordo não foi renovado para a nova temporada. “Não recebemos nenhuma oferta da emissora Fox, o que é muito surpreendente. Se existem mercados onde não há parceiros de transmissão, teremos uma solução que permitirá o consumo total de cada partida, além de material de arquivo e programação auxiliar, na região”, disse, à época, o co-presidente da IMG, Ioris Francini.

A valorização do campeonato nos últimos anos, que culminou na chegada de Cristiano Ronaldo à Juventus, gerou um aumento no preço dos direitos de transmissão do torneio. Isso dificultou as negociações para que a Serie A fosse exibida pelas redes de TV do Brasil. A agência IMG adquiriu os direitos pelo triênio 2018-21 por 371 milhões de euros – quase o dobro do contrato anterior, que a MP & Silva fechou por 190 mi. A IMG pediu 270 milhões de reais para cedê-los, valor considerado muito alto pelas emissoras brasileiras, que não fecharam acordo. Em 29 de novembro, a IMG finalmente repassou o produto à frente e acertou contrato até 2021 com o Perform Group, que exibirá a Serie A para o Brasil através do DAZN, seu serviço de streaming.

Para acompanhar a Serie A 2018-19 de forma ainda mais aprofundada, assine um dos planos da Calciopédia Pro. O nosso serviço de boletins conta com prévias, estatísticas, informações detalhadas e análises exclusivas para assinantes, que têm direito a um período de testes por sete dias. Saiba mais sobre as condições de assinatura e os conteúdos dos pacotes.

3 comentários

    • Os donos dos direitos são diferentes! Quem transmite na Itália é o DAZN… que bem poderia oferecer (se for viável, contratualmente) essa opção para o Brasil. 🙂

      • Obrigado pelos esclarecimentos, Nelson.
        Torçamos para que os termos contratuais prevejam esta possibilidade.
        Para esta temporada, já em curso, talvez seja difícil.

        Mas para a 2019-2020, quem sabe ?
        Abraços !

Deixe um comentário