Anuncie

O blog
A Calciopédia surgiu em julho de 2006, ainda com o nome Quattro Tratti, e só em maio do ano seguinte ganhou o formato atual, de dedicação exclusiva ao futebol italiano. É um tema querido por tantos brasileiros, que se acostumaram a acompanhar o calcio desde 1983, quando a TV Bandeirantes apostou e trouxe para o Brasil o primeiro campeonato estrangeiro.

Aos domingos de manhã, o país torcia pela Roma de Falcão, pela Udinese de Zico, pela Sampdoria de Toninho Cerezo. E ainda assistia a Baresi, Antognoni, Platini, Ancelotti, Conti e Mancini. Desde então, a Serie A já foi exibida por quase todas as grandes redes abertas do Brasil e entrou no dia a dia do brasileiro, assim como outros campeonatos europeus. As crianças de hoje cresceram torcendo por Totti, Del Piero, Nedved, Maldini, Buffon, Zanetti, Shevchenko e outros craques que desfilam ou desfilaram por campos italianos e europeus.

Ao longo dos anos, o Quattro Tratti se tornou referência no que diz respeito ao futebol italiano. Em junho de 2017, seus editores decidiram apostar na mudança para o nome Calciopédia, que traduz melhor a proposta do site e pode atingir um público ainda maior. Sob qualquer uma das nomenclaturas, o site tem como objetivo ser a mais completa fonte de informações em língua portuguesa sobre o futebol italiano do presente e do passado. Cobrimos não apenas as principais competições do país – a Serie A e a Coppa Italia – e as participações das equipes da Bota na Liga dos Campeões e na Liga Europa: publicamos todas as transferências envolvendo jogadores de clubes da primeira divisão do país e fazemos especiais de início e fim de temporadas. Buscamos ainda levar a nossa qualificada audiência as mais relevantes informações da divisões de acesso, do futebol feminino e também dos principais campeonatos de categorias de base do país.

Com seu respaldo, a Calciopédia é material de consulta para jornalistas esportivos de todo o Brasil e está na pauta de FoxSports, ESPN, Esporte Interativo e SporTV. Esta relevância foi sendo construída através de furos, da maior abrangência possível na veiculação das informações e, também, por colaborações de conteúdo nas mídias nacional e internacional, com textos e entrevistas para Olheiros, Trivela, UOL e RAI . O site já reuniu alguns dos principais jornalistas brasileiros e estrangeiros nas suas premiações do fim de temporada italiana, e coleciona parcerias com veículos como Esporte Interativo, Doentes por Futebol e Imortais do Futebol.

Público
Devido à grande especialização do site, o público da Calciopédia é formado por pessoas que, acima de tudo, gostam de saber o máximo possível sobre futebol italiano. Falamos para aqueles que cresceram com Platini ou Del Piero, com Falcão ou Totti, com Mancini ou Cassano, aqueles fanáticos por futebol italiano em todas as suas facetas. Porque o futebol italiano ultrapassa as quatro linhas e está longe de ser apenas o tal de catenaccio.

Devido a nossa grande presença nas redes sociais, boa parte do nosso público se concentra na faixa dos 15 aos 45 anos, sendo formado por indivíduos de classe média-alta, que tem acesso a redes de TV fechada e dispõe de bastante tempo para utilizar a internet.

Estatísticas
80 mil pageviews mensais
Alcance mensal de 600 mil impressões no Twitter
Alcance mensal de 15 mil usuários no Facebook

Espaços para anúncios
Retângulo médio na coluna lateral – 300x250px
Half page na coluna lateral – 300x600px
Super banner ao lado do logotipo do site – 728x90px
DHTML flutuante – 300x250px
Footer, cutting edge e patrocínio de categoria – a negociar
Publicidade nas redes sociais – a negociar

Obs: mais informações sobre dimensões e valores por meio de contato por e-mail.

Contatos
contato@calciopedia.com.br
@calciopedia
facebook.com/4tratti