Serie A

9ª rodada: Juventus rediviva

Del Piero vibra: em seu provável último jogo no San Siro, superou Boniperti como maior artilheiro da Juventus na Serie A e aproximou a Velha Senhora do topo da tabela

Nas partidas antecipadas para as equipes que jogarão na Liga dos Campeões no meio da semana não faltou emoção. Em todos os três jogos que aconteceram entre sexta e sábado, a tônica foi o equilíbrio. Enquanto a Inter tentou se popuar ao máximo para o jogo contra o Tottenham, o Genoa forçou o ritmo e fez os nerazzurri correrem atrás. No sábado, a intesidade aumentou e a 9ª rodada pode marcar o retorno da Juventus à briga pelo título. Se jogar com o caráter de ontem, os bianconeri podem sonhar.

Milan 1-2 Juventus
A maiúscula vitória juventina em San Siro ganha maior significado pelo fato de que o time foi a campo sem dois de seus principais jogadores: Chiellini, um dos líderes do elenco se lesionou no aquecimento, e Krasic, melhor jogador da equipe no campeonato, estava suspenso. O Milan pressionou durante toda a partida e realizou um primeiro tempo muito intenso e centrado na figura de Ibrahimovic, que fez grande partida, marcou o solitário gol rossonero (seu primeiro contra a Juve) e obrigou Storari a se desdobrar durante os 90 minutos. Porém, apenas Ibrahimovic parecia ligado no jogo e o Diavolo fez uma partida abaixo da crítica, o que permitiu que a Juventus, mesmo fortemente atacada em momentos do jogo, como o início e o final do primeiro tempo ou o final da segunda etapa, não sentisse o baque.

Pela Juventus, destaque para a a postura do time na partida: com muita seriedade, os jogadores se portaram muito bem e resistiram ao constante perigo de Ibra, enquanto o Milan sofreu o baque do segundo gol e não conseguiu se recuperar. Individualmente, destacaram-se segurança de Storari e a ótima partida de Felipe Melo, que não deu chances para Pirlo criar. Com a cabeça no lugar, o brasileiro pode voltar a jogar no nível que atuava na Fiorentina e que o elevou à condição de volante da seleção.

Sem Krasic, coube a Martínez o papel de atuar pela faixa direita do meio-campo, papel que desempenhou muito bem até ser substituído, por lesão que o deixará dois meses parado. De Ceglie também saiu machucado (previsão de três meses de recuperação), e deu lugar para que Pepe atuasse, pela primeira vez, como lateral, função que poderá desempenhar mais vezes nesta temporada. Porém, nada se compara a um histórico Del Piero, que comandou o time na partida, fez seu oitavo gol contra o Milan na carreira e ultrapassou Giampiero Boniperti, para se tornar o maior artilheiro da Juventus na história do campeonato italiano.

Roma 2-0 Lecce

O que pensar de um ídolo que perde a cabeça e é expulso por um lance bobo na rodada anterior a um dérbi contra a Lazio? Pois bem, Totti perderá um dos jogos mais importantes para a Roma em toda a temporada por ter se desentendido com Olivera, num lance em que o uruguaio deixou a perna e que acabou em discussão, prontamente reprimida por Gervasoni, que expulsou os dois. A expulsão de Totti vem um momento complicado para a Roma, que faz campeonato abaixo das expectativas e vê sua maior rival fazer o melhor início de campeonato de sua história. Para Claudio Ranieri, talvez, seja mais fácil gerir o elenco para o dérbi sem Totti, que não vem bem: as conhecidas rusgas entre os dois tiveram seu ápice no último dérbi, quando Ranieri substituiu o capitão (e De Rossi) ainda no intervalo.

Contra o Lecce, a equipe capitolina entrou com postura de time que luta pela liderança do campeonato e fez uma ótima partida contra um adversário que não teve medo e também partiu para cima. O primeiro tempo foi bastante movimentado: o Lecce não se apequenou e teve várias chances no início da partida, com Corvia e Di Michele, enquanto a dupla formada por Borriello e Vucinic também funcionou bem e acertou a trave duas vezes. O goleiro Rosati fez ótima partida e evitou alguns gols romanistas até que, na metade do primeiro tempo, uma cabeçada de Burdisso (que havia salvado a Roma em cima da linha no primeiro tempo após erro de Juan) venceu o goleiro do Lecce. Os salentini até tentaram o empate, mas ainda mais desprotegidos na defesa, sofriam com contra-ataques romanistas. E foi em um deles que Vucinic, ex-Lecce, coroou sua ótima partida decidindo o jogo com um bonito gol, em chute cruzado.

Genoa 0-1 Inter
Na partida antecipada para a sexta-feira, a Inter não apresentou grande futebol e sofreu para bater um aguerrido Genoa. Em sua 200ª partida pela Serie A, Toni fez bom papel e atormentou Lúcio, num duelo físico que durou até o apito final e que rendeu muitas reclamações do zagueiro em relação ao posicionamento dos companheiros. Claramente jogando abaixo do que pode e pensando no Tottenham, a Inter fez partida no ritmo de um Sneijder em má fase e de um Eto’o apagado no Marassi. O camaronês chegou a perder um daqueles gols que não costuma desperdiçar, de dentro da área. O lado esquerdo funcionou bem defensivamente, com Santon e Coutinho, mas não teve o mesmo sucesso no ataque, enquanto Biabiany, apesar de um incrível gol perdido, jogou melhor do que em outras partidas.

Por sua vez, o Genoa atuou de maneira bastante aguerrida e compacta, não obstante um 4-5-1 reversível para 4-3-3 armado por Gasperini e com jogadores improvisados em algumas posições – como Rafinha jogando como atacante. A tática do técnico piemontês fez com que o meio-campo ficasse repleto de jogadores rossoblù, o que equilibrou o jogo e ainda deu aos mandantes algumas boas chances, com Toni e com Rossi, um dos melhores em campo. No fim das contas, o jogo acabou sendo decidido de uma maneira improvável, com gol de Muntari em um frango do goleiro Eduardo, que fez grande Copa e não tem ido bem na Ligúria. A vitória fez com que a Beneamata ultrapassasse o Milan e assumisse a vice-liderança, logo atrás da Lazio, mas não rendeu tantas comemorações: Cambiasso e Júlio César sofreram lesões musculares (somadas, lesões desse tipo já são 15 na Inter) e não enfrentam o Tottenham pela Liga dos Campeões na terça.

Para resultados, escalações, classificação e estatísticas da 9ª rodada, clique aqui.

Para relembrar a 8ª rodada, clique aqui.

1 comentário

  • A Inter nesta temporada tem adversários. Juventus e Milan se formaram agora e podem disputar o scudetto. Lazio vem correndo por fora (apesar de ser capolista no momento).
    Neste início está meio complicado dá certeza para algo, mas esses times vão brigar pelo título.

Deixe um comentário