Serie A

23ª rodada terá Dérbi de Milão mais importante dos últimos anos



Pega fogo, cabaré! A 23ª rodada da Serie A será uma das mais importantes do campeonato, visto que as três primeiras colocadas do certame terão compromissos complicados. Quem enfrentará mais dificuldades é a Inter, vice-líder, já que encara um Milan sedento por Liga Europa no maior clássico da Lombardia.

A Juventus, que está na ponta da tabela, e a Lazio, que está na terceira posição, também encaram equipes que brigam por vaga na segunda mais importante competição continental. A Velha Senhora viaja até o Vêneto para visitar o surpreendente Verona, enquanto os romanos duelam com o Parma no Ennio Tardini. Confira a prévia da jornada.

Assista ao Campeonato Italiano no Dazn com 1 mês grátis. Assine.

O jogão

Inter x Milan

Data e horário: domingo, 9/2, 16h45
Transmissão: DAZN, Rai e Bet365

A rodada será finalizada com chave de ouro em San Siro. Afinal, o fato de o Derby della Madonnina estar mais badalado ano após ano é um dos sinais da recuperação de prestígio da Serie A. Se, na década de 2010, o clássico ficou marcado por habituais confrontos entre jogadores do naipe de Kuzmanovic e Constant, agora poderemos aproveitar o embate entre Lukaku e Ibrahimovic.

Vice-líder, a Inter visa manter a boa sequência no clássico de Milão: venceu os três mais recentes na Serie A, tem sua sequência mais positiva no duelo desde 1983 e, ainda por cima, não perdeu nenhum dos oito últimos dérbis como mandante (sua terceira melhor marca). Em quatro das seis últimas vezes em que recebeu o Milan no Giuseppe Meazza, a Beneamata manteve suas redes intactas. Dessa vez, provavelmente a equipe de Conte terá de buscar a missão com Padelli, seu goleiro reserva: Handanovic está praticamente descartado por conta de uma lesão no dedo mindinho.

O goleiro esloveno é um dos principais destaques da defesa da Inter, que acumulou oito jogos sem ser vazada nesta Serie A, assim como o Milan – ao lado do Verona, os times de Milão lideram o campeonato neste quesito. Ibrahimovic, que volta ao time após recuperar-se de uma gripe, é a grande esperança de gols do time de Pioli – que assim como o sueco, é um dos ex do confronto. Além de ser o principal nome da arrancada que aproximou os rossoneri de vaga na Liga Europa (o Diavolo está empatado com o Cagliari, sexto colocado), Zlatan já marcou cinco gols em sete partidas contra os nerazzurri.

Prováveis escalações

Inter: Padelli; Godín, De Vrij, Skriniar; Candreva, Barella, Brozovic, Eriksen, Young; Lukaku, Sánchez.

Milan: Donnarumma; Calabria, Kjaer, Romagnoli, Hernandez; Castillejo, Kessié, Bennacer, Çalhanoglu; Ibrahimovic, Rafael Leão.

Fique de olho

Ronaldo encara o Verona em busca de mais um recorde em sua carreira (AFP/Getty)

Sábado, 8/2, 16h45

Verona x Juventus

Sem dúvidas, o Verona é a grande surpresa do campeonato. Se imaginava que o Hellas – com um dos elencos mais modestos da Itália – brigaria para não cair, mas o time de Juric está apenas um ponto atrás da zona europeia e acumula partidas duras contra times da parte mais alta da tabela. Os butei arrancaram empates de Milan e Lazio, e ainda foram carne de pescoço para a Inter e a própria Juventus, no primeiro turno.

Historicamente, a líder Juventus não tem um retrospecto tão favorável contra o Hellas como visitante. Nunca venceu os butei duas vezes seguidas no Marcantonio Bentegodi, por exemplo – na última visita, triunfou. Para incomodar Sarri mais uma vez, o time de Juric se fia tanto na história quanto no bom momento, que lhe recompensou com sete partidas seguidas de invencibilidade e oito de 22 rodadas sem ser vazado. O desafio do sábado, porém, será imenso, visto que Ronaldo marcou gols nas nove últimas jornadas e mira o recorde de Batistuta e Quagliarella, que encontraram as redes em 11 jogos consecutivos do campeonato.

Domingo, 9/2, 14h

Parma x Lazio

A Lazio não poderia esperar um adversário melhor para tentar retomar sua sequência fenomenal, de 12 vitórias nos 14 últimos jogos, com 17 jogos de invencibilidade – se chegar a 18, terá alcançado seu recorde. Afinal, a equipe romana é uma espécie de carrasco do Parma: derrotou os ducali nos seis duelos mais recentes, com pelo menos dois gols anotados em cada uma dessas vitórias. Ao menos pelo histórico, os prolíficos Immobile, Caicedo, Luis Alberto e Milinkovic-Savic esperam uma ida ao parque de diversões no domingo.

Empatado com o Cagliari, sexto colocado, o Parma ainda não conseguiu ter um momento de regularidade neste ano: em 2020, soma duas vitórias, duas derrotas e um empate pela Serie A. O habilidoso Kulusevski não teve atuações muito positivas desde janeiro e a crise de relacionamento com Gervinho – que tentou forçar saída para o Al-Sadd, do Qatar – também atrapalham o time de D’Aversa.

Demais partidas

Sexta, 7/2, 16h45
Roma x Bologna

Sábado, 8/2, 11h
Fiorentina x Atalanta

Sábado, 8/2, 14h
Torino x Sampdoria

Domingo, 9/2, 8h30
Spal x Sassuolo

Domingo, 9/2, 11h
Brescia x Udinese
Genoa x Cagliari
Napoli x Lecce



Deixe um comentário