Serie A

Com título definido, 37ª rodada tem briga por vaga direta na Liga Europa como destaque

No fim de semana, a Juventus garantiu seu nono título italiano consecutivo e preencheu uma das três lacunas ainda em aberto na Serie A. A penúltima rodada do campeonato, que ocorre entre terça e quarta, pode completar as restantes e ser a última jornada com objetivos em jogo nesta edição do torneio, transformando o sábado e o domingo em dias com um punhado de amistosos na Bota.

Na parte alta da tabela, a Roma pode garantir sua presença na fase de grupos da Europa League se vencer o Torino, no fim da tarde de quarta (no horário de Brasília). Sonhando em postergar a definição do classificado para domingo, o Milan tenta fazer sua parte um pouco antes, contra a Sampdoria. Arquirrival doriano, o Genoa também entra em campo focado: pode garantir sua permanência na elite se vencer o Sassuolo ou se o Lecce não bater a Udinese. Confira a prévia da rodada.

O jogão

Torino x Roma

Data e horário: quarta, 29/7, 16h45
Transmissão: Rai e Bet365

Faltando duas rodadas para o fim da Serie A, a Roma precisa de apenas uma vitória para garantir sua vaga na fase de grupos da Liga Europa. E esse triunfo pode ocorrer ante o Torino, adversário que a Loba mais vezes venceu no campeonato: são 63 sucessos em toda a história. Em 2020, os grenás não têm dado motivos para que se acredite que essa escrita não se repetirá. Desde que Longo assumiu como técnico, em 4 de fevereiro, o time somou apenas 12 pontos em 14 rodadas. Só Cagliari e os rebaixados Brescia e Spal fizeram menos.

A Roma não terá o criativo Pellegrini à disposição, após o meia ter quebrado o nariz num choque com Pezzella, da Fiorentina. Apesar do desfalque, Fonseca conta com Veretout e Mkhitaryan em ótimo momento, além de Zaniolo como opção. Sem falar em Dzeko, cada vez mais apto a criar chances no ataque praticamente sozinho. Além de 15 gols no campeonato, o bósnio já contribuiu com quatro assistências.

Prováveis escalações

Torino: Sirigu; Izzo, Nkoulou, Bremer; Aina, Meïté, Lukic, Ansaldi; Verdi; Zaza, Belotti.

Roma: Pau López; Smalling, Mancini, Kolarov; Bruno Peres, Veretout, Diawara, Spinazzola; Pérez, Mkhitaryan; Dzeko.

Fique de olho

Immobile busca Chuteira de Ouro e recorde na Serie A (Getty)

Quarta, 29/7, 14h30

Sampdoria x Milan

Para continuar sonhando com a vaga direta na fase de grupos da Liga Europa, o Milan precisa ganhar – mesmo sabendo que, se a Roma vencer seu compromisso, que ocorre minutos depois, o objetivo se esvai. Para fazer sua parte, Pioli conta com Çalhanoglu em alta: o turco conseguiu marcar pelo menos oito gols numa temporada pela primeira vez desde 2015. Além do camisa 10, quem também vem bem é Ibrahimovic, autor de cinco tentos e duas assistências em confrontos com a Sampdoria na carreira. O sueco tem quatro bolas nas redes neste campeonato.

A dupla é uma das principais responsáveis pelo momento positivo do time após o lockdown. Desde a retomada do campeonato, o Milan disputou 10 partidas e fez 28 gols – o mesmo número que havia anotado em 26 rodadas. O favoritismo do Diavolo contra a Sampdoria é notório e também é embalado por sua ampla vantagem histórica. Na Serie A, venceu 63 dos 123 confrontos – 30 triunfos blucerchiati e 30 empates completam o balanço. Nos últimos sete anos, desde que a Samp voltou à elite, o duelo registra sete vitórias dos rossoneri, três dorianas e quatro igualdades.

Quarta, 29/7, 14h30

Lazio x Brescia

Há boas chances de que o duelo entre Lazio e Brescia acabe entrando para a história da Serie A. Embora a equipe romana já esteja classificada à Champions League e os lombardos estejam rebaixados, Immobile entrará em campo com o objetivo de se igualar a Higuaín – ou superá-lo – como maior artilheiro numa edição do campeonato. O argentino anotou 36 gols pelo Napoli em 2015-16 e o italiano já tem 34 em 2019-20, com duas rodadas a serem disputadas. Além disso, Ciro precisa de apenas um tento para superar Lewandowski na corrida pela Chuteira de Ouro europeia.

A Lazio vem de uma goleada por 5 a 1 no Verona, que apresentou uma das mais sólidas defesas da competição. Não é o caso do Brescia, que tem a segunda pior retaguarda, com 76 gols sofridos – mesma quantidade de tentos produzidos pelo ataque celeste. Quase metade deles teve a participação do já citado Immobile, que também já se arvora como um dos maiores jogadores da história da Lazio. O atacante marcou 101 gols pelo clube na Serie A e só fica atrás de Signori (107) e Piola (143) no ranking do clube. Desde que aportou em Roma, Ciruzzo também é um dos maiores goleadores dos principais campeonatos europeus. No período, apenas Ronaldo (103), Lewandowski (115) e Messi (132) encontraram as redes mais vezes.

Demais partidas

Terça, 28/7, 14h30
Parma x Atalanta

Terça, 28/7, 16h45
Inter x Napoli

Quarta, 29/7, 14h30
Sassuolo x Genoa
Udinese x Lecce
Verona x Spal

Quarta, 29/7, 16h45
Cagliari x Juventus
Fiorentina x Bologna

Deixe um comentário