Serie A

Saideira de 2020 na Serie A, 14ª rodada proporcionará jogões para Juventus e Milan

A última rodada da Serie A no cansativo ano de 2020 será especial. Na 14ª jornada do Italianão de 2020-21, teremos dois grandes jogos: Juventus-Fiorentina e Milan-Lazio. Além desses duelos importantes, que podem mudar a configuração do topo da tabela, teremos outras partidas de relevo, como Verona-Inter, Roma-Cagliari e Bologna-Atalanta. Confira a prévia.

O jogão

Terça, 22/12, 16h45

Juventus x Fiorentina

Logo na terça, temos um duelo de grande rivalidade – mas que costuma ser bastante desequilibrado em campo. Hegemônica contra a Fiorentina, a Juventus não perdeu nenhuma das últimas seis partidas contra a equipe Viola no campeonato, tendo vencido cinco delas e passado o mesmo número de duelos sem levar gols. A Velha Senhora também é o maior carrasco dos gigliati na Serie A, com 78 vitórias e 266 gols marcados. Inclusive, a Juve anota consecutivamente contra a rival toscana há 34 partidas disputadas em Turim. É a maior sequência do quesito na história da competição.

Por todo esse desequilíbrio no duelo, Pirlo e seus comandados sonham terminar o ano mais próximos da liderança do campeonato: basta vencer e torcer para que Milan e Inter tropecem na quarta. Dessa vez, uma frágil Viola não parece ter condições de atrapalhar os planos dos bianconeri. A Fiorentina não vence na Serie A há oito jogos e passou em branco em seus quatro duelos mais recentes como visitante.

Prováveis escalações

Juventus: Szczesny; Danilo, Bonucci, De Ligt; Cuadrado, McKennie, Bentancur, Rabiot, Chiesa; Kulusevski; Morata, Ronaldo.

Fiorentina: Dragowski; Milenkovic, Pezzella, Cáceres; Venuti, Amrabat, Pulgar, Castrovilli, Biraghi; Ribéry, Vlahovic.

Fique de olho

Quarta, 23/12, 14h30

Verona x Inter

Na abertura da quarta de futebol, Verona e Inter buscam encerrar o ano com performances superiores às das duas últimas rodadas, nas quais conseguiram resultados distintos: de um lado, o Hellas não venceu seus compromissos; do outro, a Inter alcançou seis vitórias seguidas, mas com atuações ruins ante Napoli e Spezia, ratificando problemas vistos contra o Cagliari. Apesar disso, a Beneamata pode tirar lições desses três duelos complicados, em que venceu marcando todos os seus gols no segundo tempo. O elenco parece mais consciente de sua força e soma pontos até quando não joga bem.

Historicamente, a Inter tem um expressivo retrospecto favorável contra o Verona, adversário contra o qual não perde desde 1992. Esse período compreende uma sequência de 18 jogos, nos quais a equipe de Milão venceu seis dos nove no Marcantonio Bentegodi. Além disso, o Hellas tem um baixíssimo percentual de triunfos contra a Beneamata: apenas 7%, que correspondem a quatro vitórias em 58 embates. Sem jogadores importantes, como Barák, Kalinic e Di Carmine, o time de Juric precisará escalar uma montanha para quebrar o jejum ante uma equipe comandada por um Lukaku em estado de graça e consolidado na vice-artilharia da competição.

Meio-campo muito desfalcado pode alterar posicionamento do milanista Çalhanoglu contra a Lazio (Insidefoto)

Quarta, 23/12, 16h45

Milan x Lazio

Líder do campeonato, com 15 partidas seguidas em que anota pelo menos dois gols e invicto na Serie A desde julho, o Milan terá um grande desafio em San Siro. Pioli terá um elevado número de desfalques importantes (Ibrahimovic, Rebic, Gabbia, Kjaer, Bennacer, Kessié e Tonali) e precisará inovar para montar o time do meio para frente. É provável que o treinador improvise Krunic e Çalhanoglu em função mais recuada, estabelecendo uma segunda linha de meio-campistas com Saelemaekers, Díaz e Hauge em suporte a Rafael Leão. Também desfalcada (Fares, Lucas Leiva e Parolo), a Lazio poderá aproveitar para inverter tendências.

O retrospecto dos celestes contra o Milan pela Serie A é bem negativo: 66 derrotas, 59 empates e apenas 29 vitórias. Na última vez em que encarou o Diavolo no Meazza, porém, a equipe de Simone Inzaghi interrompeu uma sequência de 29 anos sem triunfos como hóspede rossonero. A Lazio nunca venceu os milanistas duas vezes seguidas como visitantes, mas confiam na sua boa forma recente longe de seus domínios, com 10 pontos somados em quatro partidas. Uma sequência embalada pelo nível avassalador que Immobile tem mostrado desde o início de outubro. Nesse período, Ciruzzo marcou 12 gols em 13 jogos disputados, considerando todas as competições.

Demais partidas

Terça, 22/12, 14h30
Crotone x Parma

Quarta, 23/12, 16h45
Bologna x Atalanta
Napoli x Torino
Roma x Cagliari
Sampdoria x Sassuolo
Spezia x Genoa
Udinese x Benevento

Deixe um comentário