Serie A

Bentornato, calcio – parte III

Palermo 0-2 Roma
Além dos jogos abaixo, alguns outros agitaram a primeira rodada do torneio. Destaque para a Roma, que atropelou o Palermo em pleno Renzo Barbera após um primeiro tempo sensacional. O time rosanero chegou a incomodar no segundo tempo, mas a defesa liderada por Mexès e Doni se sobressaiu às inúmeras tentativas do time do estreante Colantuono. O novo técnico do Palermo, proveniente da Atalanta, esteve longe de fazer sua melhor jornada: entre seus erros, destaque para a escalação de Tedesco pela faixa esquerda do meio de campo. Suas alternativas do segundo tempo melhoraram o time, mas não o suficiente para fazer os giallorossi cair para uma onda de ataques desordenados. Entre os gols do jogo, destaque para o tirambaço de Aquilani, que fechou o placar a favor da Roma.

Fiorentina 3-1 Empoli
Em Florença, a Fiorentina também passeou sobre um Empoli perdido, no clássico da Toscana. Giacomazzi sucumbiu à pressão de substituir o argentino Almirón, enquanto Pazzini iniciou muito bem sua caminhada como o tão procurado dopo-Toni. Se a defesa baseada em uma marcação ininterrupta no meio de campo era o ponto-chave do Empoli da última temporada, Cagni já pode iniciar seus trabalhos em busca de uma maior compactação no meio – e o retorno do lesionado Moro pode ser um bom começo. No jogo, destaque para Mutu, lutador viola do começo ao fim. E não há como não falar de mais um golaço de outro jovem italiano: o gol da rodada é o de Montolivo, que usou muita técnica para encobrir Balli. Destaque também para a assistência de Vannucchi no fim do jogo, para Saudati. Mas o jogo já estava perdido.

Reggina 1-1 Atalanta
Um jogo que, apesar das várias oportunidades para ambos os lados, parecia destinado a não sair do zero. O sol a pino na Calábria certamente atrapalhou o nível da partida: apesar de várias chances para cada lado, más finalizações e assistências mal trabalhadas acabaram consumindo a paciência das duas partidas já na primeira rodada. Se a missão era lutar contra o rebaixamento, o jogo deste domingo serviu para acentuar esta preocupação. Destaque para o gol inacreditável que o estreante Joélson perdeu após um belo passe de Amoruso. O veterano atacante chegou a abrir o placar no fim do jogo, mas um pênalti muito mal marcado acabou dando o empate à Atalanta.

Siena 1-2 Sampdoria
A Sampdoria é outro time que tem convencido no início deste campeonato, e a bela atuação diante do Siena se junta aos bons resultados da pré-temporada e à vitória fora de casa contra o Hajduk, pelas eliminatórias da Copa da Uefa. A vitória no Artemio Franchi é um bom sinal que aponta o que o time deve conseguir até o fim da temporada, e repetir a classificação à Uefa passa realmente a ser meta muito atingível. A Samp entrou em campo com cinco desfalques, Cassano e Pieri inclusos na lista. O estreante Mazzarri adotou uma estratégia arriscada fora de casa, que deu certo graças à tarde brilhante do atacante Bellucci e ao poder de decisão do aeroplanino Montella, de volta ao time blucerchiato com um golaço. Além do resultado, a torcida da Samp pode se entusiasmar pelo futebol envolvente. E a do Siena pode esperar que o trio Frick-Maccarone-Chiesa faça o que dele é esperado: gols.

Confira a seleção Quattro Tratti da primeira rodada:
Doni (Roma), Oddo (Milan), Mexès (Roma), Criscito (Juventus), Modesto (Reggina); Aquilani (Roma), Montolivo (Fiorentina), Nedved (Juventus); Kaká (Milan); Bellucci (Sampdoria) e Trezeguet (Juventus).

1 comentário

Deixe um comentário