Serie A

Bentornato, calcio – parte II


Internazionale 1-1 Udinese
“Crônica de uma morte anunciada” – apesar do time milanês ter jogado em casa, muito longe do que é capaz, diga-se de passagem, era previsível o empate da Udinese. Pode soar oportunismo, porém desde a expulsão do goleiro Júlio César o limitado time de Quagliarella não deu sossego, pressionando sempre, mesmo sem muita qualidade. Até que, muito perto do fim, uma bola alçada na área castiga os nerazzurri e Córdoba tem o azar de marcar contra, definindo o jogo com um gosto amarguíssimo para a squadra de Roberto Mancini. Já na temporada passada os bianconeri foram uma pedra no sapato interista, visto que o então time do atrapalhado Iaquinta interrompeu a seqüência de vitórias da Inter.

Genoa 0-3 Milan
Ambrosini consegue, mesmo tendo uma qualidade altamente questionável, firmar-se cada vez mais no time do Milan. E foi de cabeça que o preferido de Ancelotti abriu o placar para, em seguida, ver Kaká marcar duas vezes e seguir com sua fase explêndida. Os rossoneri podem (e devem) aguardar ansiosamente pelo retorno de Ronaldo, jogador que já provou que, em forma e disposto, é fora de série. Enquanto isso, Gilardino continua NÃO repetindo suas atuações excelentes pelo Parma. Talvez a equipe milanesa tenha sido um pouco favorecida pela arbitragem contra o Genoa, mas é injustiça dizer que os milanistas conquistaram três por isso. Destino do Genoa? Difícil, brigará para não retornar de onde acabou de chegar, mas depende da condição de certos jogadores meio incógnitas como Fabiano Rodrigues, Gasparetto, Di Vaio, León e Bovo.

Parma 2-2 Catania
(Silvio Baldini x Domenico Di Carlo)
Primeiramente, vamos ao jogo: dramático e acirrado até o fim, as equipes realizaram um duelo épico e emocionante no estádio Ennio Tardini. Logo aos 12 minutos, Morimoto abriu o placar para o Catania e, 16 minutos depois, foi a vez do Parma chegar às redes com Pisanu. O empate parecia bom para ambas as equipes até que, aos 43 minutos, o defensor Rossi virou para a equipe de Domenico Di Carlo. Jogo definido? Longe disso, no minuto seguinte a squadra comandada pelo chutador Silvio Baldini chegou ao empate com Baiocco, selando o resultado.

O lado mais cômico e que chamou atenção foi o de Baldini, que chutou a zona glútea de seu colega Domenico di Carlo após uma acalorada discussão com o árbitro da partida. O técnico do Catania acabou suspenso até 30 de setembro e terá de pagar uma multa de €15 mil. Aqui, o vídeo do lance:

1 comentário

  • Lamentável a cena de Baldini, não precisava disso. O Milan, pelo que vi, entrou muito travado contra o Genoa. Já os rossoblù nem precisam se preocupar, tem elenco de sobra pra se garantir na A. Só não sei se esse bendito 3-4-3 vai segurar as pontas na serie massima. E a Inter… sei lá, não os vejo lutando pelo título até o fim.

Deixe um comentário