Serie A

Nunca na história desse país

Nem só de uma noite memorável de Ibrahimovic, do retorno de Adriano aos gols, da virada de um promissor Genoa sobre o Napoli ou dos tropeços de Juventus, Roma e Milan viveu a sexta rodada da Serie A, neste fim de semana. Para o espectador brasileiro, ficou marcado o fim de semana mais, digamos, calcistico de sempre. Não acho que exista um banco de dados sobre o tema, mas sete das dez partidas da rodada puderam ser acompanhadas – e de forma oficial – do Brasil, seis delas ao vivo. Um número praticamente insuperável, se considerarmos um campeonato estrangeiro num fim de semana eleitoral.

Os dois jogos de sábado, os anticipi, foram transmitidos ao vivo por pelo menos quatro opções. O posticipo de domingo deu cinco opções aos espectadores. Na hora “cheia” do almoço dominical, quatro das sete partidas puderam ser acompanhadas sem que o torcedor brasileiro recorresse a alguma transmissão de baixa qualidade em polonês ou russo, nos fóruns e sites especializados nesse tipo de “serviço”.

Com a entrada da Sportv na jogada após a liberação para os canais ESPN da Copa do Brasil no próximo triênio, agora a Serie A pode ser vista em seis meios diferentes (veja abaixo). A questão é o material humano, que muitas vezes se mostra claramente incompetente na cobertura de um campeonato estrangeiro. Ou mesmo na de futebol por si só.

Se no canal da Globosat todos os times são masculinos (vide “o Roma”, “o Fiorentina”) por cartilha antiga, na TV Esporte Interativo o excesso de marketing torna evidente a falta de profissionalismo de grande parte das “pessoas públicas” da emissora, aquelas que aparecem para os telespectadores. Um bom exemplo foi a transmissão de Fiorentina x Genoa, em 27 de setembro, um jogo sem tanto apelo comercial e mesmo assim a todo momento interrompido por alguma inserção paga. Sem contar a faixa horizontal onipresente que pede o envio de mensagens SMS. Ou ainda a entrada ao vivo, em vários momentos, da garota-propaganda de uma das marcas que anunciam no canal dando seus pitacos sobre a partida.

Há mais opção, porém a qualidade tem deixado a desejar. Nas transmissões de hoje, graças às informações (muitas vezes erradas) passadas adiante sem qualquer cuidado, a omissão tornou-se uma bênção. Confira suas opções para acompanhar a Serie A:

Band
Onde assistir: rede aberta, parabólica.
O que é: a TV Bandeirantes surgiu no final dos anos 60, com o projeto de expansão do Grupo de João Saad. Hoje, chega a 86% da população brasileira. Tendo se consagrado entre os anos 80 e 90 como o “Canal do Esporte”, a Band tem história no segmento. Foi a pioneira na transmissão do campeonato italiano no país e hoje tem no torneio seu único produto de futebol internacional.
O que, como e quanto pode transmitir: recebe um jogo por fim de semana, geralmente aos domingos, graças à parceria com a Topsports, que comprou a faixa entre as 12h e as 14h do dia, o que faz com que raramente alguma partida seja transmitida ao vivo. Mas, por conta do bom relacionamento entre as duas empresas, podem haver excessões, como neste fim de semana: o jogo na Sardenha foi transmitido enquanto ocorria.
Neste fim de semana: Cagliari x Milan.

Bet365
Onde assistir: internet (acima de 750kbps, preferencialmente).
O que é: o Bet365 é uma das maiores empresas britânica de apostas e pertence a Peter Coates, presidente do Stoke City. Possui os direitos de transmissão online de alguns campeonatos: o italiano e a Copa da Uefa são suas grandes bandeiras. Os jogos são narrados em inglês.
O que, como e quanto pode transmitir: tem os direitos de exibição por streaming de cinco jogos por rodada, exclusivamente ao vivo. Em rodadas infrasemanais, geralmente transmite três partidas.
Neste fim de semana: Lazio x Lecce, Inter x Bologna, Chievo x Fiorentina, Juventus x Palermo e Cagliari x Milan.

ESPN
Onde assistir: Sky, NET, DirecTV, TVA, Telefónica, MaisTV.
O que é: lançada em 1995, a ESPN Brasil foi a primeira emissora da ESPN criada fora dos Estados Unidos e se destaca no jornalismo esportivo nacional. A ESPN Internacional pertence à Disney e está presente em 34 redes internacionais e em 190 países fora dos EUA.
O que, como e quanto pode transmitir: tem os direitos de exibição de até cinco jogos por rodada, seja ao vivo ou em VT. Além disso, pode escolher a exclusividade de uma destas partidas, impedindo que Esporte Interativo e Sportv transmitam dérbis, por exemplo. Tal cláusula não é válida para Rai e Bet365.
Neste fim de semana: Lazio x Lecce, Genoa x Napoli e Juventus x Palermo (Internacional); Inter x Bologna e Cagliari x Milan (Brasil).

Rai International
Onde assistir: Sky, NET, DirecTV, TVA.
O que é: também lançada em 1995, o braço internacional da Rai transmite mundialmente uma seleção dos programas das emissoras da Itália, além de produções originais para estrangeiros ou italianos que vivem fora do país. Através de três satélites, alcança os cinco continentes.
O que, como e quanto pode transmitir: geralmente, exibe quatro partidas por rodada da Serie A, sempre ao vivo: duas no sábado e duas no domingo, além de uma partida da Serie B. No caso de rodadas infrasemanais, por este motivo, só pode transmitir um dos jogos.
Neste fim de semana: Lazio x Lecce, Inter x Bologna, Juventus x Palermo, Cagliari x Milan.

Sportv
Onde assistir: Sky, NET, TVA, Telefónica.
O que é: lançado como Top Sport, os canais SporTV têm se dedicado a cobertura de eventos nacionais – mesmo muitas vezes de forma monopolística. Com 17 anos de estrada, lideram a audiência da categoria. Transmitem a Serie A pela primeira vez nesta temporada, ao receber o campeonato como contrapeso à perda da exclusividade nos direitos da Copa do Brasil no triênio 2009-11.
O que, como e quanto pode transmitir: duas partidas por rodada, seja ao vivo ou em VT. Transmite a segunda e a quarta opções de jogos feitas pela ESPN. Na prática, a ESPN veta a exibição de uma de suas cinco partidas na Sportv, que tem direito à escolha de uma outra. O processo se repete mais uma vez, para que o canal “escolha” seus dois jogos.
Neste fim de semana: Lazio x Lecce e Inter x Bologna.

TV Esporte Interativo
Onde assistir: parabólicas, redes e cabos nas principais cidades, NET, TVA.
O que é: o Esporte Interativo é a plataforma de transmissão esportiva criada em 2004 pela TopSports. Em pouco tempo, contruiu a maior programação ao vivo de esportes da TV aberta brasileira e, por bem ou mal, a maior rede SMS-TV do segmento no país. Em 2007, foi criada a TV Esporte Interativo, de distribuição gratuita nacional.
O que, como e quanto pode transmitir: três partidas por rodada, seja ao vivo ou em VT. O primeiro veto da ESPN também vale aqui, funcionando como aquele da Sky sobre algumas das partidas do campeonato espanhol. Uma destas três partidas é repassada para a Band, mas também exibida no canal.
Neste fim de semana: Inter-Bologna, Siena-Roma, Cagliari-Milan.

5 comentários

  • Bom…só faltou uma análise crítica de cada transmissão heha

    Legal Braitner, infelizmente não era assim no fim dos anos 90′ início dos 2000, na última grande era do calcio na minha opinião.

  • então, quero parebenizar meu amigo braitinier. muito boa a matéria. Confesso que não sabia bulhufas das coisas interessantes que acontecem dentro das redes televisivas e que a observação fora clínica. cumprimenti. No mais salientar a questão da Bandeirantes que fora pionera no calcio na época dos “silvios”[lancellotti e luiz]. Agora me intriga saber se na época eles faziam os mesmo comentários pobres a respeito da competição que os atuais fazem hoje em dia.
    No mais especializada mesma é a Rai no calcio, e não poderia ser diferente, mas quando se trata de emissora do Brasil, obviamente é a ESPN na ponta. No mais o que era uma vez fica como uma categoria do romanistas: Tempo de Lobos.

  • Faz anos que não tenho a Rai em casa, então eu passo. Entre as outras, acho que não tem como não dizer que a ESPN é a mais preparada pra cobrir o futebol italiano, apesar de alguns pesares. A Band ainda se salvou com Mauro Beting por algum tempo, mas agora, com Téo José e Antonio Petrin, tá qualquer coisa lamentável.

  • Sim, também acho que a ESPN é a mais preparada para cobertura de jogos internacionais. Eu,particularmente, acompanho na ESPN, mas às vezes fico na RAI mesmo, pois nos jogos do domingo, na hora do almoço, ela mostra todos os gol que vão saindo na rodada. A cobertura é muito boa mesmo da RAI!

Deixe um comentário