Serie A

Os clássicos estão chegando: prévia da 2ª rodada do Campeonato Italiano



A Serie A mal começou e já temos três clássicos na segunda rodada. Dois deles acontecem na parte mais alta da tabela: Juventus x Napoli e Lazio x Roma, que prometem agitar a Itália. O campeonato, que teve um primeiro final de semana empolgante e de muita qualidade nos gramados, oferecerá mais uma jornada de alto nível, desenhando uma tendência que certamente se confirmará no seu decorrer.

Confira as prévias dos principais duelos da rodada.

Os jogões

Juventus x Napoli

Data e horário: Sábado, 31/8, às 15h45
Transmissão: DAZN, Rai, RedeTV, Bet365

Nos últimos anos, a rivalidade entre Juventus e Napoli se elevou a um dos mais altos patamares em toda a história, pelo duelo entre as equipes pelo scudetto. Três anos depois de disputas pelo domínio da Itália, sempre vencidas pela Velha Senhora, o ódio dos napolitanos está mais forte. Afinal, os “traidores” Sarri e Higuaín vestem branco e preto. Porém, só um deles deve estar no campo no sábado. O argentino está cotado para ser titular, enquanto o treinador se recupera de uma pneumonia e dificilmente será liberado para o jogo.

Por um lado, a Juventus se poupou na vitória contra o Parma na primeira rodada; por outro, o Napoli protagonizou um espetáculo no triunfo com a Fiorentina. Isso deve importar pouco no confronto direto, no qual os dois times entrarão com a faca nos dentes. Jogando em Turim, a Juve é franca favorita e, historicamente, confirma esse status: venceu sete dos oito duelos mais recentes contra os azzurri e em nenhum deles levou mais de um gol.

Prováveis escalações:

Juventus: Szczesny; De Sciglio, Bonucci, Chiellini, Alex Sandro; Khedira, Pjanic, Rabiot; Douglas Costa, Higuaín, Ronaldo.

Napoli: Meret; Di Lorenzo, Manolas, Koulibaly, Mário Rui; Allan, Zielinski; Callejón, Ruiz, Insigne; Mertens.

Lazio x Roma

Data e horário: Domingo, 1/9, às 15h45
Transmissão: DAZN e Bet365

Pela primeira vez na história, o dérbi romano ocorrerá na segunda rodada da Serie A. Embora ocorra tão prematuramente, a partida põe de frente dois times em momentos distintos: a Lazio, que venceu a Sampdoria com propriedade e dá continuidade ao trabalho de Inzaghi, e a Roma que empatou com o Genoa e busca nova identidade sob as ordens de Paulo Fonseca. Nesse contexto, a Lazio parece sair em vantagem contra a rival.

No último fim de semana, Milinkovic-Savic e Luis Alberto deixaram de lado o marasmo de 2018-19 e brilharam – o espanhol, por exemplo, foi um dos jogadores que contribuíram com duas assistências. Immobile, que anotou três dos cinco últimos gols celestes no clássico, também teve atuação estrepitosa. Como não quer sair derrotado em seu primeiro dérbi, Fonseca flerta com escalação mais cautelosa que de costume: Florenzi jogará como ponta e Diawara entra no lugar de Zaniolo, para congestionar o meio-campo com Cristante e Pellegrini. Como não é bobo, o português também deve sacar Juan Jesus, que errou duas vezes na estreia, e dar espaço a Mancini.

Prováveis escalações:

Lazio: Strakosha; Luiz Felipe, Acerbi, Radu; Lazzari, Milinkovic-Savic, Lucas Leiva, Luis Alberto, Lulic; Correa, Immobile.

Roma: Pau López; Zappacosta, Mancini, Fazio, Kolarov; Cristante, Diawara; Ünder, Pellegrini, Florenzi; Dzeko.

Immobile é um dos nomes em evidência no dérbi romano (Image Sport)

Fique de olho

Sexta, 30/8, às 15h45

Bologna x Spal

Assim como na última temporada, o maior clássico da Emília-Romanha acontece no início do campeonato. Tanto Bologna quanto Spal amargaram tropeços na estreia do campeonato, após estarem em vantagem no placar, e vislumbram a primeira vitória. Para tanto, os felsinei precisam conservar a vantagem caseira que têm sobre os spallini, embora o time visitante tenha mantido a invencibilidade nos três últimos dérbis.

Atenção para o interessante o duelo entre os novatos Tomyiasu, lateral-direito bolonhês, e Igor, defensor brasileiro que está atuando como ala canhoto em substituição a Fares, lesionado por quatro meses. Ambos tiveram boa atuação no final da semana passado. Outro destaque é a liberação do técnico Mihajlovic, que recebeu alta do hospital em que se trata de leucemia e poderá comandar o Bologna no Renato Dall’Ara.

Domingo, 1/9, às 15h45

Cagliari x Inter

Na Sardenha, teremos um duelo de times em momentos opostos. O Cagliari chega ao confronto precocemente pressionado, por causa do improvável tropeço contra o Brescia. A Inter, por sua vez, impressionou o país com goleada e bela atuação contra o Lecce. Apesar disso, há pontos de convergência entre as equipes: elas estão no grupo daquelas que mais se reforçaram de maneira eficaz nesta janela de transferências – inclusive, com troca de peças entre elas.

Um desses atletas é Nainggolan, que reencontrará a Inter em sua primeira tentativa de mostrar ao clube que a diretoria errou em liberá-lo. O outro é Barella, que retorna à cidade em que nasceu e ao estádio em que amadureceu. Eles protagonizarão um duelo de estilos: de um lado, o meio-campo pegador dos casteddu, liderado pelo belga e por Nández; do outro a criatividade de Barellino, Brozovic e Sensi. Por fim, Cragno e Pavoletti desfalcam os mandantes, enquanto os visitantes podem ter a estreia de Sánchez.

Atalanta x Torino

Atalanta e Torino representam dois dos projetos mais sólidos do futebol italiano. Continuidade dos trabalhos de seus treinadores, Gasperini e Mazzarri, e carta branca para que os dois coloquem suas ideias em prática renderam frutos. Os dois times fizeram temporadas excelentes – a melhor da história para os nerazzurri e a mais frutífera em duas décadas para os grenás – e garantiram vagas europeias. Só esses fatores seriam suficientes para que a partida fosse uma das mais interessantes do fim de semana.

Porém, há mais. O choque de estilos em esquemas espelhados e o fato de o jogo ser no campo neutro de Parma – como o estádio da Atalanta está em reforma, a Dea manda a partida na Emília-Romanha – devem contribuir fortemente para que o histórico equilíbrio no confronto se reflita em campo. Até hoje, os nerazzurri foram mandantes contra o Toro em 50 duelos de Serie A, com 15 triunfos para cada lado e 20 empates.

Sassuolo x Sampdoria

Assim como Atalanta e Torino, Sassuolo e Sampdoria devem atuar espelhados – e, nesse caso, com ideias de jogo similares. De Zerbi e Di Francesco, treinadores envolvidos na peleja, são herdeiros de Zeman e não se privam de um 4-3-3 muito associativo, com trocas de passe velozes.

As duas equipes perderam na rodada inaugural e, em busca de sua primeira vitória, prometem uma partida franca, que faça jus ao 5 a 3 doriano que aconteceu em seu último confronto. Além disso, a partida ainda marcará a volta de Di Francesco à Emília-Romanha, onde obteve sucesso pelo Sassuolo, e o reencontro de Obiang com a Samp.

Demais partidas

Sábado, 31/8, 13h
Brescia x Milan

Domingo, 1/9, 15h45
Genoa x Fiorentina
Lecce x Verona
Udinese x Parma



Deixe um comentário