Serie A

24ª rodada promete duelo de foice no escuro entre Lazio e Inter; confira a prévia

A última rodada da Serie A entregou todas as emoções esperadas, e talvez até um pouco mais, graças à vitória de virada da Inter sobre o Milan e a derrota da Juventus para o Hellas Verona, o que deixou os nerazzurri novamente na frente dos bianconeri. A 24ª jornada do campeonato, sem cerimônias, também promete muito. Afinal de contas, veremos Lazio e Inter se digladiarem no Olímpico em um confronto importante na luta pelo scudetto.

Antes, a Juventus entra no Allianz Stadium muito pressionada por causa das derrotas recentes e a perda da liderança, mas terá pela frente o Brescia, penúltimo colocado. Já Atalanta e Roma garantem um jogo muito movimentado em Bérgamo no sábado, numa disputa ferrenha pela quarta colocação da Serie A.

Com menor destaque, teremos também alguns confrontos interessantes. Aquele entre Bologna e Genoa movimenta clubes campeões em um passado longínquo, enquanto Cagliari e Napoli esquentam sua rivalidade – são os únicos campeões do sul do país. Por fim, na segunda-feira Milan e Torino protagonizam mais uma briga cheia de história, mas distante do prestígio de outros tempos. Confira a prévia da jornada.

Assista ao Campeonato Italiano no Dazn com 1 mês grátis. Assine.

O jogão

Lazio x Inter

Data e horário: domingo, 16/2, 16h45
Transmissão: DAZN, Rai e Bet365

Para concluir um domingo de jogos interessantes na Serie A, a partida mais importante da rodada envolve duas equipes que, em fevereiro, seguem mais do que firmes na briga por um scudetto que não vem há anos para ambos: a Lazio não levanta o caneco desde 2000 e a Inter, desde 2010. A liderança do campeonato está em jogo e o fato de a bola rolar no Olímpico somente depois do encontro da Juventus contra o Brescia em Turim coloca ainda mais pressão na dupla.

As equipes de Simone Inzaghi e Antonio Conte são as donas das melhores defesas, ambas com 20 gols sofridos, e também das maiores séries de invencibilidade: a Lazio com 18 jogos sem derrotas e a Inter com 16. Por consequência, são as formações que menos perderam nessa Serie A. Uma das duas derrotas dos biancocelestes foi contra os nerazzurri em Milão (1 a 0, gol de D’Ambrosio), enquanto os interistas caíram somente uma vez, justamente para a rival Juventus. O campeonato tem sido mesmo decidido por detalhes.

Tamanho equilíbrio, todavia, não reflete os últimos resultados entre os times em Roma. Na última temporada, vitória nerazzurra por 3 a 0, seguindo os triunfos de 2016-17 (3 a 1) e 2017-18 (3 a 2). Este último triunfo foi memorável para os interistas, já que o sucesso no confronto direto com os aquilotti rendeu o retorno da Beneamata à Liga dos Campeões.

Contudo, neste momento, a equipe de Inzaghi parece em melhor forma e carrega apenas o desfalque de Lulic, bem substituído por Jony. Por sua vez, Conte não pode contar com Handanovic, e tem perdido alguns fios da sua peruca com o desempenho do reserva Padelli – o desvinculado Viviano até fez exames médicos como possível solução. Para reduzir os problemas da Inter, Martínez volta ao onze inicial após cumprir suspensão.

Prováveis escalações

Lazio: Strakosha; Luiz Felipe, Acerbi, Radu; Lazzari, Milinkovic-Savic, Lucas Leiva, Luis Alberto, Jony; Caicedo, Immobile.

Inter: Padelli; Skriniar, De Vrij, Bastoni; Candreva, Brozovic, Barella, Young; Eriksen; Lukaku, Martínez.

Fique de olho

No primeiro turno, Zapata colocou defesa da Roma no bolso e a Atalanta venceu no Olímpico (Getty)

Sábado, 16/2, 16h45

Atalanta x Roma

Atalanta e Roma têm as defesas mais vazadas entre as equipes que ocupam os postos que dão acesso às vagas europeias neste momento. As equipes normalmente entregam partidas bastante movimentadas a cada final de semana e quando se enfrentam, então, a promessa de gols é certa. Foram 20 nas últimas seis partidas e o último encontro ocorrido em Bérgamo teve seis tentos. Enquanto os nerazzurri têm força máxima, os giallorossi não contam com Cristante (suspenso) e Diawara (lesionado), o que leva o ex-atalantino Mancini a retornar ao meio de campo.

O jogo deste sábado envolve dois times que brigam pela quarta vaga para a Liga dos Campeões, considerando a diferença anormal para o trio que luta pelo título – atualmente, a distância é de onze pontos. Três pontos separam os bergamascos dos romanos, que precisam vencer para tirar a desvantagem e superar o período ruim para Paulo Fonseca, que sofreu quatro derrotas nas últimas seis partidas. Já uma vitória para Gian Piero Gasperini consolida a quarta posição de seu time.

Domingo, 9/2, 11h

Juventus x Brescia

Com duas derrotas nas últimas três rodadas, a Juventus viu a Inter empatar em pontos na liderança e a Lazio encostar de vez – está apenas um ponto atrás. Nesse contexto, o time retorna ao Allianz Stadium muito pressionado por uma vitória, que naturalmente jogaria a pressão sobre suas rivais, que se enfrentam no domingo à noite. Se Maurizio Sarri precisa encontrar uma nova solução para fazer o seu time voltar a praticar um bom futebol, Cristiano Ronaldo busca o recorde de Batistuta e Quagliarella, que marcaram gols em 11 rodadas seguidas da Serie A. O retorno do trio de ataque com Dybala e Higuaín pode ser um caminho para os dois objetivos.

Apesar dessas expectativas, Sarri não dispõe de muitas opções. A Juve tem seis desfalques e, além dos titulares, serão apenas seis opções do elenco principal no banco, sendo dois goleiros – na Coppa Italia, até mesmo o jovem brasileiro Wesley Gasolina subiu do time sub-23 para dar opções entre os reservas. A octacampeã terá pela frente um Brescia que mudou de técnico recentemente (Diego López estreou com um empate em casa), mas que não vence há dois meses, o equivalente a oito rodadas. A volta de Torregrossa pode ser importante para tentar quebrar um longo tabu diante da Juventus.

A última vitória bresciana sobre a Juve aconteceu em 2007, pela Serie B, no Mario Rigamonti. Pela Serie A, também em casa, aconteceu há quase 20 anos, em 2002. Em Turim, o Brescia venceu a Velha Senhora pela última vez em 2000, nas oitavas de final da Coppa Italia, com dois gols do artilheiro Hübner, enquanto na Serie A isso nunca aconteceu: somente na Prima Divisione, em duas ocasiões, em 1923 e 1928, os biancazzurri bateram os bianconeri no Piemonte.

Demais partidas

Sábado, 15/2, 11h
Lecce x Spal

Sábado, 15/2, 14h
Bologna x Genoa

Domingo, 16/2, 8h30
Udinese x Verona

Domingo, 16/2, 11h
Sassuolo x Parma
Sampdoria x Fiorentina

Domingo, 16/2, 14h
Cagliari x Napoli

Segunda, 17/2, 16h45
Milan x Torino

Deixe um comentário