Serie A

Visando manter a liderança, o Milan encara a Roma na 5ª rodada do Italiano

A 5ª rodada da Serie A tem uma partida bem mais chamativa do que as demais – e ela envolve o líder. Na segunda-feira, o Milan recebe a Roma e, já ciente dos resultados dos adversários, saberá quantos pontos precisará conquistar para terminar a jornada na ponta da tabela de forma isolada. O fim de semana ainda terá um duro Juventus-Verona e confronto campano entre Benevento e Napoli. Preste atenção no relógio: a partir de domingo, com o fim do horário de verão na Europa, os jogos acontecem uma hora mais tarde. Confira a prévia.

O jogão

Segunda, 26/10, 16h45

Milan x Roma

Líder da Serie A, o Milan encara uma adversária que já lhe deu muitos problemas anteriormente, mas contra a qual costuma se dar bem. Afinal, a Roma é a oponente que o Diavolo mais vezes venceu na competição, com 75 triunfos em 170 embates, sendo três deles nos cinco últimos jogos. Invicto pelo Italiano desde março, o time rossonero busca a manutenção dos 100% de aproveitamento nas cinco rodadas iniciais, algo que só conseguiu outras quatro vezes na história.

Ainda irregular na atual temporada, a Roma aposta suas fichas no de sempre. Ou seja, no bom futebol de Pellegrini e Mkhitaryan, além do poder de decisão de Dzeko: o bósnio anotou três dos quatro gols que fez contra o Diavolo em pleno San Siro. Só que, do outro lado, o Milan tem um Ibrahimovic insaciável. O sueco é o jogador com maior número de doppiette desde julho na Serie A: são quatro, sendo duas delas nas duas últimas partidas na competição. Ibra, aliás, anotou uma doppietta nas duas últimas vezes em que encarou a Roma no campeonato.

Prováveis escalações

Milan: Donnarumma; Calabria, Kjaer, Romagnoli, Hernandez; Bennacer, Kessié; Castillejo, Díaz, Saelemaekers; Ibrahimovic.

Roma: Mirante; Mancini, Ibañez, Kumbulla; Santon, Pellegrini, Veretout, Spinazzola; Mkhitaryan, Pedro; Dzeko.

Fique de olho

Kulusevski terá responsabilidade extra no duelo entre Juventus e Verona (Getty)

Domingo, 25/10, 11h

Benevento x Napoli

Clássico regional? Temos. Confrontos entre times da Campânia são raros na Serie A, visto que o Napoli é o principal time da região e seus principais adversários locais – Avellino e Salernitana – costumam girar pelas divisões inferiores. O Benevento foi apenas o quarto time campano a chegar à elite e não se deu bem nos dois primeiros duelos com os partenopei: perdeu ambos, sem marcar gols, e viu Mertens anotar-lhe quatro.

Gigante campano, o Napoli não perde duelos regionais na elite desde 1984, quando caiu ante o Avellino. De lá para cá, venceu oito confrontos e empatou dois, sem ser vazado em todos eles. A equipe de Gattuso tem potencial para se manter imbatível, visto que permitiu aos adversários o menor número de expected goals da Serie A (apenas 0,6) e conta com um ótimo retrospecto contra caçulas: 21 vitórias nos últimos 23 jogos, com 66 gols anotados. Porém, Lapadula e Caprari oferecerão incômodo constante para a retaguarda azzurra. Os dois estão vivendo bom momento e, de quebra, têm números positivos contra o Napoli: o camisa 9 marcou uma doppietta no último duelo e o meia-atacante soma três tentos em sete embates com os napolitanos.

Domingo, 25/10, 16h45

Juventus x Verona

A Juventus não costuma encontrar dificuldades contra o Verona, principalmente em casa – onde nunca perdeu, sendo que venceu 25 dos 29 jogos e soma 12 triunfos consecutivos. Contudo, as partidas entre as equipes na última temporada fugiram a este roteiro (vitória bianconera de virada, em Turim, e troco do Hellas no Vêneto) e o cenário está mais obscuro para a gigante. Neste domingo, a Velha Senhora não contará com Cristiano Ronaldo, Chiesa, Chiellini e De Ligt, e poderá ter no time treinado por Juric um importante obstáculo mais uma vez.

A força do Verona reside em sua defesa, que sofreu apenas um gol nesta Serie A. Para superar a retranca gialloblù, a Juventus – que, três dias depois, enfrenta o Barcelona, pela Liga dos Campeões – precisará melhorar um índice incômodo: disputou 13 partidas sem CR7 desde que o craque chegou ao Piemonte, vencendo apenas 54% delas; com o português em campo, essa proporção sobe para 73%. Enquanto a Velha Senhora espera produzir bastante volume de jogo com Kulusevski e Arthur, os visitantes apostarão em contra-ataques puxados pelo veloz Colley e em lances de bola parada, sempre buscando Kalinic. Em sua carreira, o croata já marcou quatro gols contra a Juve.

Demais partidas

Sexta, 23/10, 15h45
Sassuolo x Torino

Sábado, 24/10, 10h
Atalanta x Sampdoria

Sábado, 24/10, 13h
Genoa x Inter

Sábado, 24/10, 15h45
Lazio x Bologna

Domingo, 25/10, 8h30
Cagliari x Crotone

Domingo, 25/10, 11h
Parma x Spezia

Domingo, 25/10, 14h
Fiorentina x Udinese

Deixe um comentário