Coppa Italia

Os titulares na Coppa Italia

Sculli, um dos titulares do Genoa classificado, em partida contra o Catania (AP Photo)

Dos 16 times nas oitavas-de-final da Coppa Italia, 13 eram da Serie A: como oito deles passaram, todas as quartas-de-final da competição serão compostas por clubes da primeira divisão. Um ponto interessante é a utilização dos titulares nos confrontos desta semana. Como tem sido habitual, muitos dos times continuam deixando as fases eliminatórias da Coppa em segundo plano, mesmo com jogos em turno único.

Dos poucos times que dão alguma prioridade à competição, por outro lado, só a Roma entrou com mais reservas que titulares. Juventus, Lazio e Palermo tiveram poucas mudanças em relação a seus onze habituais das últimas rodadas. Na maioria dos times, esta rodada infrasemanal serve para testar novos esquemas de jogo e dar ritmo e confiança a jogadores menos utilizados. O Milan promovou a estreia do lateral-esquerdo De Vito. E no Genoa Gasperini até arriscou um 4-4-2 inédito em sua gestão – mas o esquema durou pouco, com os dois gols que Plasmati (Catania) marcou em menos de dez minutos. Ainda assim, a partir daí o técnico aproveitou para testar Fatic na ponta-esquerda de seu 3-4-3.

A Roma também aproveitou muito bem o jogo contra a Triestina, equipe da Serie B que chegou mais longe na Coppa Italia. Os alabardati foram outros a escalar um time misto, com apenas quatro titulares, e pagaram por isso. Motta, Ménez, Cerci e Júlio Baptista, reservas que não fazem boa temporada, tiveram apresentações acima da média e com certeza ganharam mais confiança para os próximos jogos. O discurso vale também para Del Piero, que marcou seus dois primeiros gols na atual temporada. Ou ainda para Inzaghi, que voltou a deixar sua marca.

Ironicamente, quem usou mais titulares no onze inicial (Palermo, dez, poupando somente Simplício) caiu, enquanto quem utilizou menos (Milan, apenas o capitão Ambrosini) passou. Confira os titulares da Serie A que também começaram seus jogos na Coppa Italia:

Classificados
Catania: Bellusci, Mascara e Morimoto (3)
Fiorentina: Comotto, Donadel, Mutu, Pasqual e Santana (5)
Inter: Chivu, Lúcio, Sneijder e Stankovic (4)
Juventus: Amauri, Cáceres, Chiellini, Diego, Felipe Melo, Grosso e Manninger (7)
Lazio: Baronio, Floccari, Kolarov, Mauri, Muslera, Radu, Stendardo e Zárate (8)
Milan: Ambrosini (1)
Roma: Burdisso, Cassetti, Pizarro e Vucinic (4)
Udinese: Coda, Inler, Lukovic, Pepe e Zapata (5)

Eliminados
Chievo: Frey, Mantovani e Morero (3)
Genoa: Moretti, Rossi e Sculli (3)
Livorno: Candreva, Danilevicius, Knezevic, Lucarelli, Perticone e Pieri (6)
Napoli: Contini, Dátolo, Gargano e Zúñiga (4)
Palermo: Balzaretti, Bovo, Cassani, Cavani, Kjaer, Miccoli, Migliaccio, Nocerino, Pastore e Sirigu (10)

Deixe um comentário