Liga Europa

Liga Europa: Mais do mesmo

Gerrard marcou três e acabou com qualquer chance de vitória italiana na noite de hoje. Pela segunda rodada consecutiva, nenhum time da bota consegue vencer na Liga Europa
(Foto: Getty Images)

O mau momento italiano em competições europeias continua. Se na Liga dos Campeões só a Roma venceu (Inter e Milan empataram), a situação na Liga Europa é ainda pior. Juventus, Napoli, Palermo e Sampdoria não conseguiram vencer suas partidas e se complicaram nos seus grupos. Neste momento, nenhum time da velha bota está na zona de classificação para a fase de mata-mata do torneio.

Liverpool 3×1 Napoli
Em Anfield, a equipe de Mazzari foi com força total para enfrentar o desfalcado Liverpool (Torres nas tribunas e Gerrard no banco). Em um primeiro tempo muito bom para o time de Nápoles, o trio Hamsik, Lavezzi e Cavani deu trabalho ao goleiro Reina. Bem postado defensivamente, com Pazienza e Gargano em noite inspirada, os azzurri bloquearam bem o time da casa e conseguiram chegar ao ataque com perigo algumas vezes. Em uma delas, Lavezzi aproveitou e encheu de esperança os 2.500 torcedores napolitanos ali presentes. Outros mil que foram à Liverpool ficaram de fora da festa, por problemas com os ingressos.

Na segunda etapa, porém, a entrada do capitão Gerrard mudou totalmente o jogo. O Liverpool tomou conta do meio de campo e passou a atacar também pelas alas. Enquanto isso, o Napoli não conseguia mais encaixar os contra-ataques e se viu encurralado em seu campo de defesa. Apesar disso, conseguiu resistir até os 75′, quando Dossena recuou mal para De Sanctis e Gerrard acreditou e marcou. O empate desestabilizou o time de Mazzari, que tentou reforçar a marcação colocando Yebda no lugar de Hamsik. O argelino não teve tempo nem de se encontrar em campo. Dois minutos mais tarde, Aronica derrubou Johnson dentro da área e Gerrad virou o jogo, na cobrança do pênalti. E ainda teve tempo para mais um: aos 89′, em mais uma falha napolitana, Gerrard recuperou a bola no meio de campo, avançou e tocou na saída de De Sanctis. Caixão fechado.

Veja aqui os gols da partida.

Juventus 0x0 Salzburg
Já está claro que a Juventus é uma quando joga a Liga Europa e outra quando o desafio é pela Serie A. No fim de semana, a boa vitória contra o Milan elevou a moral juventina e todos esperavam que isso ajudasse o time de Delneri a conquistar sua primeira vitória na liga europeia. No entanto, o que se viu, mais uma vez, foi um time apático em campo e sem levar perigo ao adversário. É verdade que a ausência de alguns jogadores importantes atrapalha, mas não vencer o fraco Salzburg, em casa, é demais: o time saiu de campo sob o protesto dos poucos 12.162 torcedores presentes no Olímpico de Turim e agora ocupa apenas a terceira colocação de seu grupo, três pontos atrás de Manchester City e Lech Poznan.

Com uma lista de 15 jogadores indisponíveis para a partida de hoje, Delneri montou seu time com um meio de campo bem modificado e muitos jovens no banco. Krasic voltou, mas Felipe Melo ainda não se recuperou de lesão. Então, quem jogou ao lado de Sissoko (Aquilani não pode jogar a Liga Europa) foi o jovem estreante Giandonato. Com isso, Marchisio foi deslocado para a ala esquerda. Pepe teve que atuar na lateral, assim como em parte do jogo contra o Milan. E na frente, foi Amauri quem fez companhia a Del Piero. As modificações atrapalharam e a Juve em momento algum pareceu que ia vencer o jogo. Do outro lado, o Salzburg se mostrava contente com o resultado e não procurou se arriscar. Resultado: jogo muito fraco e ruim de assistir em Turim. Para piorar, Krasic e Legrottaglie saíram machucados. Agora a Juve se complica e vê sua classificação ameaçada.

Veja aqui os “melhores” momentos da partida.

Cska Moscou 3×1 Palermo
Outro que conseguiu iludir seus torcedores durante os primeiros 45 minutos foi o Palermo. Logo, aos dez, a dupla Miccoli e Maccarone funcionou e os rosanero abriram o placar. Mesmo bastante modificada (sem Pastore, Migliaccio e Hernandéz, por exemplo), a equipe conseguiu segurar o Cska e chegou até a dominar as ações até determinado momento. A infantilidade de Nocerino, contudo, custou caro aos sicilianos. Com apenas 30 minutos de jogo, o meio campista já levava seu segundo cartão amarelo (o primeiro deles por reclamação) e estragava os planos de seu time. Mesma ingenuidade que tirou o importante Pastore do jogo de hoje. Com um a menos, a equipe de Delio Rossi aguentou apenas mais 15 minutos.

O Cska voltou para o segundo tempo arrasador. Antes mesmo de o cronômetro atingir o décimo minuto, Honda e Necid (duas vezes) já tinham virado e ampliado o placar para o time da casa. A inexperiência de muitos de seus jogadores foi crucial para que os russos alcançassem a virada tão facilmente, observou Delio Rossi ao final da partida. O ponto positivo foi o retorno de Miccoli, talismã do time na temporada passada e que agora começa a recuperar a velha forma. Sua volta será importante para o Palermo disputar melhores posições na Serie A. Na Liga Europa, a vitória do Sparta Praga sobre o Lausanne complicou e muito a vida do time italiano, que agora ocupa apenas a terceira colocação do grupo, quatro pontos atrás do segundo colocado (veja classificação). Além de vencer as duas partidas que restam, os rosanero ainda têm que torcer para o Sparta Praga tropeçar.

Veja aqui os melhores momentos e os gols da partida.

Sampdoria 0x0 Metalist Kharkiv
Em Gênova, a Samp fez boa partida e teve chances de vencer o jogo. Porém, a sorte não estava do seu lado. Em um primeiro tempo muito intenso, o time passou do 4-4-2, para o 4-3-1-2 (com Guberti de trequartista) e, finalmente, para um 4-3-3 muito ofensivo. Lançada totalmente ao ataque, a equipe deu bastante trabalho ao goleiro Diljenkovic, mas não conseguiu superar o goleiro e a trave. Gastaldello, um dos melhores em campo pelo lado blucerchiato, além de muito seguro defensivamente, chegou bem ao ataque duas vezes, incluindo essa bola no travessão. No segundo o tempo, o ritmo do jogo diminuiu um pouco e nem a entrada de Pazzini resolveu para os donos da casa. Com o empate, a Samp estaciona na terceira colocação e torce por um tropeço do Metalist nas próximas rodadas, para manter o sonho vivo. Confira a classificação.

Veja aqui os melhores momentos da partida.

Deixe um comentário