Coppa Italia

Coppa Italia: Dia de Crespo

Com dois gols em menos de três minutos, Crespo salvou um jogo que parecia perdido
e colocou o Parma nas quartas-de-final da Coppa (Foto: Getty Images)

Quando a Fiorentina conseguiu abrir o placar, o relógio já marcava oito minutos do segundo tempo da prorrogação. A vitória, e consequente classificação, estava na mão do time viola. Porém, Hernán Crespo estava em campo. O atacante é responsável pelos últimos seis gols da equipe do Parma (todos eles marcados em apenas três partidas). Os dois de ontem consolidaram a terceira doppietta seguida do argentino, que parece ter reencontrado a velha forma.

Com equipes mistas em campo, o jogo começou em um ritmo lento e só melhorou no segundo tempo, quando os times saíram para o ataque e abriram o jogo. Pelo lado gialloblù, Giovinco foi quem deu mais trabalho ao goleiro Avramov. Pela Fiorentina, Babacar, Cerci, Ljajic e Marchionni tiveram boas oportunidades, mas foram parados pela grande atuação do goleiro Pavarini. O veterano reserva mostrou que ainda tem bom reflexo e foi um dos grandes responsáveis pela classificação do Parma. Se não fosse por ele, o jogo muito provavelmente teria acabado ainda no tempo regulamentar e a favor da Fiorentina, superior na maior parte do tempo.

Na prorrogação, a equipe de Mihajlovic continuou melhor e as entradas de Santana e Seferovic deram um gás a mais ao time. E se o máximo que o suiço conseguiu foi assustar, com um bom chute que passou muito perto do gol de Pavarini, o meio-campista argentino acertou a meta e colocou a Fiorentina muito perto da classificação. Até os poucos 3.567 torcedores presentes no estádio já estavam desanimados com a possibilidade de o Parma virar a partida. Porém, Hernán Crespo (entrou no lugar de Bojinov, no final do segundo tempo regulamentar) estava em campo e tratou de logo mudar o humor dos torcedores gialloblù. Aos 10′, o atacante empatou, após passe de Lucarelli, e aos 13′, virou o jogo.

Agora o Parma espera o vencedor de Palermo-Chievo, que se enfrentam na Sicília dia 12 de janeiro, após o recesso. Por enquanto, o Parma é o único classificado para as quartas-de-final. Todos os outros jogos das oitavas acontecem em janeiro. Inter-Genoa, Juve-Catania, Napoli-Bologna, Roma-Lazio, Sampdoria-Udinese e Milan-Bari completam essa fase decisiva.

Clique aqui para ver os melhores momentos e os gols da partida.
Clique aqui para ver as chaves da competição.

Deixe um comentário