Serie A

23ª rodada: Reviravoltas

Entrada de Maxi López foi decisiva para o Milan alcançar importante virada contra a Udinese. El Sharaawy também foi bem e time de Milão agora é líder (Getty Images)

A rodada começou ainda na quinta-feira, com o eletrizante jogo entre Lazio e Cesena. Depois de estar perdendo por 2 a 0, o time da capital conseguiu grande virada e chegou aos 42 pontos, que o coloca na terceira colocação. Quem também alcançou importante virada foi o Milan, que bateu a Udinese no Friuli e passou a Juventus na tabela, assumindo a liderança provisória, enquanto a Velha Senhora não repõe seus dois jogos a menos. No clássico das ilhas, o Cagliari foi superior ao Palermo e não teve muitas dificuldades para vencer. Veja os resumos dos jogos:

Udinese 1×2 Milan
Parecia que seria uma tarde de mais um mau resultado para o Milan. Eram 13 desfalques, entre lesões e suspensões, e o time de Allegri fez um primeiro tempo de se esquecer. Sem criatividade no meio de campo e um ataque de pouca ação, os rossoneri não chutaram a gol nenhuma vez na primeira metade do jogo. Com méritos, o time de Guidolin, montado no 3-5-1-1, se defendeu bem, soube partir no contra-ataque e ser efetivo. Di Natale abriu o placar ainda aos 19 minutos de jogo, depois de receber bom passe de Fernandes, chutar e ver a bola desviar em Thiago SIlva antes de entrar. Cada vez mais isolado na artilharia (agora são 17 gols), o capitão bianconero provou (mais do que nunca) ser peça fundamental para esse time.

Até os 30 minutos do segundo tempo, quando foi substituído por Floro Flores, tudo ia muito bem para a Udinese. Vencendo jogo, o time não sofria pressão milanista e controlava bem o jogo, esperando o apito final. Dois minutos após sua saída, no entanto, a coisa desandou. El Sharaawy fez boa jogada, chutou a gol e viu Handanovic espalmar nos pés de Maxi López, que só teve o trabalho de empurrar para o gol. O argentino seria protagonista mais uma vez ainda, na jogada do gol da virada. Ele recebeu bom passe de Emanuelson e cruzou no pé de El Sharaawy. Il Faraone marcou e deu números finais ao jogo, recolocando o Milan na briga pelo scudetto. Para a Udinese, o resultado foi péssimo. Na primeira derrota em casa na temporada, o time perdeu para um adversário direto e caiu para a quarta posição na tabela.

Lazio 3×2 Cesena
No jogo que abriu a rodada, na quinta-feira, o Cesena quase proporcionou a maior zebra da semana. Aos 33 minutos do primeiro tempo, o time de Arrigoni já vencia por 2 a 0, com gols de Mutu e Iaquinta, e tinha um jogador a mais em campo, por causa da expulsão de Konko. O primeiro tempo foi perfeito para os cavalos marinhos, em Roma. Os três pontos colocavam o time na 18 posição e apenas um ponto atrás do primeiro time fora da zona de rebaixamento. O início da segunda etapa, porém, foi devastador para a equipe de Cesena.

Com Kozak no lugar de Candreva, Edy Reja colocou seu time para frente. Klose não estava mais sozinho no ataque e Hernanes e González encostaram o máximo que podiam na nova dupla de frente. Assim, não demorou muito para que Hernanes fizesse seu gol e recolocasse a Lazio na partida. Aos sete minutos, ele acertou bonito chute da entrada da área. Pouco mais tarde, aos 15′, Lulic empatou após bom passe de cabeça de Klose. A comemoração da torcida ficou completa aos 17′, quando Kozak virou o jogo e deu a vitória à Lazio. Os três pontos colocam o time na terceira posição, à frente da Udinese, e muito próximo de garantir uma vaga na Liga dos Campeões.

Cagliari 2×1 Palermo
No Sant’Elia, o Cagliari freou o bom momento do Palermo, que vinha de 10 pontos conquistados nos últimos quatro jogos, e impediu que o rival entrasse de vez na briga por uma vaga na Liga Europa. O primeiro tempo foi mais equilibrado que o segundo, mas ainda assim viu um Cagliari superior ao Palermo. Sempre perigoso nos contra-ataques, o time da casa assustou o time da Sicília, que não contou com Ilicic e Zahavi em noite pouco inspirada. Os gols, porém, só saíram na etapa final. 

O chileno Pinilla, ex-jogador do Palermo, foi quem abriu o placar, aos 11 minutos do segundo tempo. Dessena ampliou a dez minutos do fim e Hernandéz diminuiu, de pênalti, aos 38′ da etapa final. O jogo foi corrido do início ao fim e o Cagliari alcançou um resultado merecido, chegando aos 30 pontos. Destaque para as boas atuações das peças contratadas no mercado de raparação, em janeiro, mostrando que foram boas escolhas. Agora, o Palermo fica mais distante de uma vaga em competição europeia, que começou a cogitar após o bom desempenho nas últimas semanas.

Para resultados, escalações e estatísticas da 23ª rodada, clique aqui.
Para relembrar a 22ª rodada, clique aqui.

Deixe um comentário