Liga Europa

Com personalidade também fora da Bota

Fiorentina vence fora de casa, mantém 100% na Liga Europa e é primeiro italiano a se classificar para mata-mata de competições europeia nessa temporada (Il Messaggero)

Enquanto Juventus, Milan e Napoli vêm tendo dificuldades na Liga dos Campeões e a Lazio não faz grandes atuações na Liga Europa, a Fiorentina mostra foco no certame continental e é o primeiro time italiano a garantir vaga no mata-mata das competições europeias. A equipe de Florença ficou três anos sem sair da Itália (na última vez, pela Liga dos Campeões de 2009-10, parou nas oitavas de final, quando foi eliminada pelo finalista Bayern Munich), e voltou com tudo: já são 12 pontos em quatro jogos no Grupo E, marca que assegura lugar na fase de 16-avos da Liga Europa.

A confirmação da vaga, contudo, não veio com facilidade. O modesto Pandurii, da Romênia, mostrou porque foi o segundo colocado no último campeonato nacional, e deu trabalho para o time de Vincenzo Montella, que novamente poupou alguns jogadores e deu oportunidades para outros que são utilizados com menor frequência. Com entrosamento ainda em teste, o time penou no primeiro tempo e, apesar de ficar com a posse da bola, não conseguiu assustar o time da casa. Os romenos aproveitaram para sair a frente: o brasileiro Eric Pereira, revelado pelo Flamengo, aproveitou cruzamento da esquerda de Buleica e acertou linda bicicleta, aos 32 minutos de jogo. 

Até então acomodada, a Fiorentina voltou enérgica para o segundo tempo e tentou o empate de todas maneiras. As entradas de Borja Valero e Ilicic deram mais qualidade ao grupo. Primeiro no 4-3-3 e depois na base da emoção e no abafa. O gol de empate só saiu depois de mais de dez tentativas. Cuadrado cruzou rasteiro para o desvio do brasileiro Ryder Matos marcar seu terceiro gol na temporada, os três na Liga Europa. 

A pressão viola continuou e o gol da virada saiu já nos acréscimos, quando Cuadrado fez mais uma boa jogada, lançando Valero para garantir os três pontos, já aos 92 minutos. Com 12 pontos, a Fiorentina se classifica antecipadamente para a próxima fase e só voltará a entrar em campo pela competição no final mês, dia 28, quando irá até Portugal enfrentar o lanterna Paços de Ferreira e tentar garantir a primeira colocação – o segundo colocado, Dnipro Dnipropetrovsk, segue logo atrás com 9 pontos. (Arthur Barcelos)

Lazio também se aproxima da vaga

A Lazio recebeu a Apollon Limassol no estádio Olímpico tentando recuperar a moral, que ficou abalada na última semana após a derrota para o Genoa no fim de semana. O time romano entrou em campo pressionado por ter empatado com o Apollon na rodada passada e conseguiu reagir e voltar a vencer na competição graças a uma doppietta do atacante Floccari, que substituía o alemão Klose.

O treinador Vladimir Petkovic escalou um time bastante ofensivo e a agressividade deu certo: logo aos 13 minutos, Floccari aproveitou ótima jogada do jovem Keita pelo lado esquerdo e inaugurou o marcador. Hernanes, jogando como segundo homem no meio-campo, era o responsável pela construção das jogadas e fez boa partida, aparecendo com qualidade para finalizar também. O segundo gol saiu ainda no primeiro tempo. Keita cobrou escanteio e Floccari cabeceou no cantinho, sem chances para o goleiro adversário. 

Com amplo domínio da partida, a Lazio deu mole na defesa, em falha de Cana, e Papoulis reabriu o jogo, fazendo 2 a 1 antes do intervalo. Na segunda etapa, os donos da casa passaram a atacar com mais cautela, administrando o resultado. O Apollon passou a ter mais espaço, mas esbarrava na falta de qualidade ofensiva. A única grande chance dos cipriotas foi em um vacilo de Novaretti, que deixou Papoulis livre para finalizar, mas o estreante Berisha fez grande defesa, evitando o empate.

Apesar da vitória, a Lazio continua na segunda posição do grupo J, dois pontos atrás do Trabzonspor, que venceu o Légia Varsóvia e foi a 10. Ainda assim, a situação dos laziale é relativamente tranquila, com quatro pontos de vantagem sobre o Apollon, terceiro colocado. A classificação à próxima fase está encaminhada. (Cleber Gordiano)

Deixe um comentário