Serie A

A 28ª rodada do Italiano colocará frente a frente Bologna e Inter, que vivem grandes fases

Após mais uma semana positiva para as equipes italianas nas competições europeias, apesar da eliminação da Lazio contra o Bayern Munique, a 28ª rodada da Serie A terá alguns confrontos muito importantes para o desfecho do certame. Para começar, simplesmente se enfrentam Bologna e Inter, os dois únicos times que venceram todos os seus seis últimos jogos – os nerazzurri, líderes da competição, somam nove triunfos seguidos, mais especificamente.

Em grande momento, o bom Bologna de Thiago Motta, eleito técnico do mês de fevereiro na Serie A, até o momento vai se classificando para a próxima Champions League e se mostrando superior a times mais acostumados com esse tipo de disputa, como Lazio e Napoli, por exemplo. Os rossoblù, a propósito, foram um dos poucos adversários que tiraram pontos da líder Inter e podem aproveitar o fato de que a Beneamata terá um duro confronto com o Atlético de Madrid, pela Liga dos Campeões, para tirar uma casquinha novamente.

Além desse jogo de grande relevância para os rumos da Serie A, o fim de semana ainda terá confrontos importantes entre Juventus e Atalanta e Fiorentina e Roma, que podem bagunçar ainda mais a já agitada disputa por vagas nas competições europeias da próxima temporada. A rodada também promete ser quente na metade inferior da tabela, onde sete equipes estão separadas por apenas cinco pontos – mas unidas pelo temor de amargar o rebaixamento. Entre sábado e domingo, teremos três confrontos diretos entre times que lutam contra o Z3: Cagliari-Salernitana, Sassuolo-Frosinone e Lecce-Verona. Acompanhe, a seguir, a prévia da rodada.

O jogão

Sábado, 9/3, 14h

Bologna x Inter

Com um empate por 2 a 2 em San Siro, o Bologna é um dos quatro times que conseguiram tirar pontos da Inter na atual edição da Serie A – os outros foram Sassuolo, Juventus e Genoa. Vivendo o seu melhor momento no século, a equipe rossoblù se consolidou no G4 após bater a Atalanta na última rodada e, na busca por uma vaga na próxima Champions League, não coloca limites: quer atrapalhar a vida da líder do campeonato novamente e, quem sabe, obter uma vitória memorável no Renato Dall’Ara.

Em seu corner, a Inter ampliou ainda mais sua vantagem na última rodada e, com 15 pontos a mais do que a Juventus, vice-líder, tem uma mão na taça da Serie A. Por conta disso, até pode poupar titulares e entrar em campo neste sábado com alguns reservas, tendo em vista o confronto de quarta, pelas oitavas de final da Champions League, contra o Atlético de Madrid. Por outro lado, a trupe de Simone Inzaghi tem um recorde para motivá-la: com 33 pontos em disputa na competição, os nerazzurri ainda podem alcançar a marca dos 105 e superarem o feito da Juve de Antonio Conte, que em 2023-14 entrou para a história como a equipe de maior pontuação do certame.

Atuando no Dall’Ara, o Bologna venceu os dois derradeiros jogos de Serie A contra a Inter. O time rossoblù, entretanto, não soma três vitórias consecutivas sobre os nerazzurri como mandante pela competição desde 1975. O momento da trupe de Thiago Motta é tão bom que outra marca histórica do clube também pode ser revisitada no sábado: sete triunfos consecutivos no campeonato, obtidos somente na campanha do último scudetto dos emilianos, em 1964; sendo que, naquela ocasião, foram nove em sequência. Só que a Beneamata também busca feito semelhante. A equipe de Milão pode enfileirar o décimo sucesso, o que só aconteceu em 2006-07 e 2020-21, quando levantou a taça.

Prováveis escalações

Bologna: Skorupski; Posch, Beukema, Calafiori, Kristiansen; Freuler; Orsolini, Ferguson, Fabbian, Ndoye; Zirkzee.

Inter: Sommer; Pavard, Acerbi, Bastoni; Dumfries, Barella, Çalhanoglu, Mkhitaryan, Carlos Augusto; Thuram, Arnautovic.

Fique de olho

Domingo, 10/3, 14h

Juventus x Atalanta

Vivendo momentos não muito positivos, Juventus e Atalanta se encontrarão neste domingo, em duelo importante para a definição do G4. Enquanto a equipe de Massimiliano Allegri venceu apenas um dos últimos seis jogos, deu adeus à briga pelo scudetto e agora vê até a vice-liderança ameaçada pelo Milan, os bergamascos não ganham pela Serie A há três rodadas, tendo inclusive, perdido seu derradeiro compromisso – um importante confronto direto contra o Bologna. Embora as atuações não tenham sido negativas, a trupe de Gian Piero Gasperini caiu para a sexta posição e precisa se recuperar imediatamente caso queira continuar sonhando com uma vaga na próxima Champions League.

Na Serie A, os duelos entre Juventus e Atalanta têm sido recheados de empates: foram nove nas 14 vezes mais recentes que as equipes se enfrentaram. Até por conta disso, as estatísticas de vitórias da Velha Senhora contra a Dea, habitualmente bastante positivas, estagnaram. A gigante bianconera venceu apenas um dos últimos oito confrontos com os nerazzurri e não bate a adversária em sua própria casa há cinco partidas. A grande quantidade de igualdades pode ser observada também nos embates entre os seus técnicos pelo certame: nove dos 22 encontros entre Allegri e Gasperini terminaram sem um vencedor. Neste recorte, a vantagem é do comandante da formação de Turim, com oito triunfos contra cinco.

A Atalanta viaja até Turim no intuito de se reaproximar do G4, enquanto a Juventus visa se manter na vice-liderança (Getty)

Domingo, 10/3, 16h45

Fiorentina x Roma

Tendo sofrido apenas uma derrota pela Serie A sob o comando de Daniele De Rossi, a Roma vem se consolidando na disputa pelo quarto posto e por uma vaga na Liga dos Campeões: ocupa atualmente a quinta posição, com um ponto a mais do que a Atalanta e quatro a menos do que o Bologna. A Fiorentina, que está encravada na oitava colocação e também almeja um lugar no maior torneio de clubes do mundo, encara esta partida como uma oportunidade de se reaproximar do G4. Afinal, após uma sequência negativa nos dois primeiros meses de 2024, deixou o grupo de cima e tem visto mais distante o pelotão que anteriormente integrou.

A virada de chave da Roma veio com a troca no comando da equipe. Desde que De Rossi assumiu o lugar de José Mourinho, os giallorossi se tornaram dona da terceira melhor campanha da Serie A, atrás apenas de Bologna e Inter: somou 18 pontos, contra 19 e 21 das adversárias, respectivamente. A Fiorentina, por outro lado, não vive sua melhor fase e, por isso, teve a derrocada mencionada no parágrafo anterior: a formação de Vincenzo Italiano ganhou somente dois dos nove jogos que disputou pelo campeonato em 2024, obtendo ainda três empates e quatro derrotas neste recorte temporal.

Demais jogos

Sexta, 8/3, 16h45
Napoli x Torino

Sábado, 9/3, 11h
Cagliari x Salernitana
Sassuolo x Frosinone

Sábado, 9/3, 16h45
Genoa x Monza

Domingo, 10/3, 8h30
Lecce x Verona

Domingo, 10/3, 11h
Milan x Empoli

Segunda, 11/3, 16h45
Lazio x Udinese

Compartilhe!

Deixe um comentário