Mercado

Ranieri na Juventus




A Vecchia Signora, agora campeã da Serie B italiana e de volta à Serie A, não dormiu no ponto e, pouquíssimos dias após o anúncio da demissão de Deschamps do cargo, anunciou a contratação do romano Claudio Ranieri para ser o seu técnico durante as próximas três temporadas.

É inegável que, pra quem dormiu sonhando com o tetracampeão Lippi, acordar com o ex-jogador do Catanzaro no comando não é tão animador. Mas pode dar certo.

“Massimo Ranieri”, como diria o nosso amigo Galvão Bueno, teve um começo de carreira relativamente bom, chegando ao seu ápice na “parte italiana” ganhando a Coppa Italia pela Fiorentina. Depois disso, passou várias temporadas no exterior, sendo inclusive o treinador italiano que aguentou mais temporadas consecutivas em times estrangeiros, oito.

No Valencia, ganhou uma Copa do Rei, e se mandou pro Chelsea, ainda “modesto” financeiramente. Com a colônia italiana nos Blues desenvolveu um bom trabalho, até a chegada do bilionário Abramovich. Com um caminhão de dinheiro e a chegada de alguns reforços “bombásticos”, o nível da cobrança aumentou demais, e Ranieri, com seu revezamento estranho de jogadores, até alcançou as semifinais da UCL 2003/04, mas fracassou na Premier League e passou o boné pra José Mourinho. Após a experiência inglesa, voltou ao Valencia, onde teve um trabalho muito mal-sucedido e acabou demitido.

Nesta temporada que acaba de acabar recebeu a ingrata missão de salvar o famigerado Parma do rebaixamento, e conseguiu. Junto com o garoto Rossi, do Manchester United, e a juda providencial de Gnoccão, Claudio tirou o antigo time da Parmalat da forca e garantiu-o por mais um ano na Serie A.

Agora, recebe a chance de treinar um grande clube de seu país, onde pode mostrar ser um bom técnico. Ou afundar de vez. O time de Turim vem embalado pelo título da Serie B e de alma limpa após o escândalo do Calciocaos, que resultou no seu rebaixamento na temporada passada e na perda de dois scudettos. Com a manutenção de algumas estrelas do antigo elenco e a descoberta de jovens promissores nessa temporada 06/07, a Juve já sairia como favorita à uma vaga na Copa da Uefa no próximo campeonato italiano, mas dinheiro não é exatamente um problema pelas bandas da Fiat e reforços de nome com certeza chegarão para o agora time de Ranieri. O problema é que, quando recebeu um elenco forte e dinheiro pra fazer a contratação que quisesse, o romano fracassou e acabou durando apenas uma temporada no “novo” Chelsea.

Só nos resta esperar pra ver se dessa vez Claudio não deixa a peteca cair e se firma de vez como um técnico de alto nível ou se naufraga de novo e volta a brigar contra o rebaixamento em times pequenos nos próximos anos de sua carreira. Eu particularmente apostaria na segunda opção.



2 comentários

  • Ranieri calará os críticos!

    Enfim, como qualquer juventino eu sonhava com Lippi. Não deu, o campeão do mundo quis um merecido descanso.
    Restaram algumas opções, e, de fato, Ranieri era a melhor, ao lado do ídolo Vialli (que era meu preferido depois do Lippi).
    Título nessa temporada deve ser algo utópico, mas o time forte por uma vaga na UCL. Estava lendo sobre os projetos do clube junto com o Ranieri, são muito bons, e os nomes indicados pelo novo treinador também são de qualidade. Além disso parece que alguns jovens vão ser utilizados, ao menos o Marchisio deve ser, o que é bem interessante.

    Estou com a sensação de que vai dar certo. A nova base vai ser forte e creio que na próxima temporada já dá pra voltar a pensar no título, com os acertos em relação a essa.

Deixe um comentário