Serie A

Avisa lá que eu vou

Cassano e Mancini no Marassi: oficial e definitivo em julho?

Roberto Mancini avisou que volta a treinar um clube em julho. Ele não disse onde trabalhará, mas falou sobre ter saudades do futebol. Mancio ainda tem três anos de contrato com a Inter, o que significa que, se algum clube quiser que a ex-bandeira da Sampdoria ocupe o posto de treinador, terá que pagar uma altíssima multa recisória à sociedade nerrazzura – a menos que Massimo Moratti, presidente do clube, o libere do contrato. Nos últimos meses se falou muito sobre Mancini treinando o Chelsea ou o Manchester City e até mesmo em um provável retorno a Inter por obrigação contratual, em caso de fracasso de Mourinho. No momento, esta última alternativa parece improvável, já que Moratti declarou que deve manter o português no comando da equipe. Com a paixão que a ex-bandeira da Sampdoria vestiu a camisa blucerchiata e com os elogios feitos a Cassano, não deve surpreender se o treinador substituir Walter Mazzarri na Samp.

Tudo isso aconteceu durante o “derby da solidariedade”, organizado por Sampdoria e Gênova para arrecadar fundos para o tratamento do ex-jogador Stefano Bogonovo, acometido por esclerose amiotrópica lateral, uma doença degenerativa.

Ficha técnica do jogo:
Sampdoria 1×1 Genoa. Gols: 19′ p.t. Lombardo, 36′ s.t. (rig.) Nappi.
Sampdoria: Pagliuca, Mannini, Lucchini, Vierchowod, Lanna, Lombardo, Sammarco, Bonetti I., Franceschini, Mancini, Cassano. Pellegrini, Invernizzi, Nicolini, Pedone, Ganz, Casagrande, Pari. Allenatore: Luigi Cagni.
Genoa: Tacconi, Rossi, Torrente, Ferrari, Criscito, Eranio, Ruotolo, Bortolazzi, Sculli, Nappi, Skuhravy. Caneo, Ferroni, Fiorin, Gasperini, Manicone, Caccia, Briaschi, Onofri. Allenatore: Osvaldo Bagnoli.
Árbitro: De Marco di Chiavari.

Deixe um comentário