Coppa Italia

Deu zebra no San Siro

A Udinese nem usou o tradicional uniforme listrado em preto e branco, mas surpreendeu o Milan e
tornou-se a única zebra das quartas-de-final (Getty Images)

E o Milan voltou a decepcionar. Depois da derrota para a Inter na rodada do fim de semana pela Serie A, os rossoneri entraram em campo como favoritos para conquistar a vaga nas semifinais da Coppa e recuperar um pouco da moral. Porém, o que se viu em Milão foi uma Udinese muito mais aguerrida e organizada.

O time misto do Milan, com Bonera e Kaladze na zaga, não foi capaz de segurar o ímpeto da equipe de De Biasi, que atuando no 4-3-3 dominou a partida do início ao fim. Os três homens de frente friulani – Sanchez, Floro Flores e Di Natale – criaram diversas oportunidades e só não mataram o jogo ainda no primeiro tempo porque Abbiati voltou muito bem aos gramados, fazendo grandes defesas. Com atuação muito segura da zaga, o goleiro Handanovic não foi requisitado nenhuma vez na primeira etapa.

No segundo tempo, o Milan esboçou uma reação, nos primeiros minutos. Inzaghi e Huntelaar tiveram duas oportunidades, mas o gol de Isla, logo aos 11 minutos, esfriou os ânimos rossoneri. Sanchez recuperou a bola na direita e fez boa jogada dentro da área, rolando para a chegada de Inler, que chutou forte e cruzado, para marcar seu primeiro gol na temporada. A partir daí, a Udinese voltou a dominar a partida, mantendo a posse de bola e procurando espaços para marcar o segundo gol e matar o jogo. O gol não veio, mas a inércia do Milan não ofereceu perigo nenhum. Vaga merecida para o time de Udine.

Agora, os bianconeri enfrentam a Roma, classificada antes de ontem, nas semifinais, que são disputados em duas mãos. A primeira será no Olímpico de Roma, dia 3 de fevereiro. Para completar as quartas-de-final, tem Inter e Juve, hoje. O vencedor pega a Fiorentina, por uma vaga nas finais.

Deixe um comentário