Serie A

1ª rodada: Lei do ex

Antonioli voltou ao Olímpico com show. Cavalieri continuará no banco? (Getty Images)

Neste sábado, a Serie A começou trazendo um show de jogadores que brilharam contra clubes nos quais já haviam atuado. No jogo que abriu o campeonato, o multirreforçado Genoa visitou a Udinese e, com uma postura diferente, embora sem demonstrar grande futebol, saiu com uma importante vitória do Friuli graças a uma puxeta estranha de Mesto, ex-Udinese. Os rossoblù foram a campo cheios de caras novas, entre as quais se destacaram Miguel Veloso e Zuculini. Nota negativa para Toni, que jogou mal e saiu lesionado ainda na primeira etapa.

Na equipe bianconera, destaque positivo para o chileno Sánchez, que segue demonstrando o bom futebol da Copa do Mundo. Nos últimos dias de mercado, a Udinese deve perder Inler para o Napoli e também deverá tentar resistir ao assédio da Inter por Asamoah. Tarefa vital para um clube que já perdeu dois pilares do meio-campo (Pepe e D’Agostino) e que deverá ter uma temporada sem muito brilho, lutando para ficar no meio da tabela.

No outro jogo da rodada, a Roma estreou decepcionando sua torcida no Olímpico, ao empatar sem gols contra o caçula Cesena. Destaque para o goleiro Antonioli, que foi titular da última Roma a conquistar o scudetto, em 2001, mas que desta vez impediu a vitória giallorossa, com uma exibição impecável. O quarentão fez pelo menos quatro defesas importantes, sobretudo no segundo tempo e na última chance do jogo, quando voou nos pés de Brighi. Um duro golpe para Diego Cavalieri, que saiu do Liverpool em busca de titularidade, mas já está preocupado. Pelo fato de Antonioli já ter quase 41 anos, pode ganhar chances e terá de aproveitá-las.

Apesar da noite inspirada de Antonioli, foi o Cesena quem teve as chances mais claras e esteve mais próximo da vitória. Jogando em um 4-3-3 que se tornava um 4-5-1, em fase defensiva, os romanholos apostaram nos contra-ataques, principalmente por meio do veloz e habilidoso Giaccherini, mas também através do promissor Schelotto, e tiveram três grandes chances: na mais clara delas, o chute de Nagatomo passou perto. Nas outras duas, Bogdani tornou ainda mais evidente porque o clube precisa contratar um centroavante até o fechamento do mercado, nesta terça.

Para resultados, escalações, classificação e estatísticas da 1ª rodada, clique aqui.

Deixe um comentário