Serie A

Vaga garantida

Alegria e alívio pela vaga assegurada (Ansa)

Entrar em campo sabendo que o melhor dos cenários para a
classificação do Milan já havia acontecido era tudo que Allegri precisava.
Horas antes, o Zenit ficou no empate com o Málaga, na Rússia e bastava uma
vitória dos rossoneri, ante o Anderlecht, na Bélgica, para que a vaga na fase
final se confirmasse.
Assim, o treinador milanista apostou no mesmo 4-3-3 com o
qual o time reagiu bem ante o Napoli na última rodada da Serie A. A diferença
ficou na zaga, com Mexès no lugar de Acerbi. Pato disputou até minutos antes a
vaga com Bojan, mas Allegri preferiu a velocidade do espanhol à força física do
brasileiro. O ex-barcelonista jogou mais centralizado com Boateng e El Shaarawy
dos lados.
Porém, no primeiro tempo, nem mesmo os três atacantes conseguiram
sequer assustar a zaga belga. Se não conseguiu produzir nada ofensivamente,
pelo menos não sofreu na defesa. O empate ainda trazia riscos de uma eliminação
precoce, mas logo aos dois minutos da segunda etapa, o perigoso El Shaarawy recebeu um belo cruzamento de De Sciglio
e com a tranquilidade de um veterano, dominou já tirando do zagueiro e
concluiu sem chance alguma para o goleiro Proto. Mais uma vez, o Pequeno Faraó – autor de mais da metade dos gols do Diavolo na temporada – foi fundamental para abrir os caminhos do Milan.
Os belgas precisavam da vitória, mas esbarravam na falta de
qualidade de seus jogadores. Vendo que poderia definir o jogo, Allegri trocou
Bojan por Pato e logo com três minutos em campo, o brasileiro provocou a
expulsão do zagueiro Nuytinck. Na falta cobrada, bem longe da área, a bola
sobrou no peito de Mexès que virou em incrível bicicleta, fazendo um golaço tão
belo quanto o de Ibrahimovic na última semana. Veja abaixo.

Vantagem de dois gols a 20 minutos do fim. A classificação
se encaminhava, mas uma bobeira da zaga milanista deixou De Sutter livre na
pequena área para diminuir e deixar os torcedors com o coração na boca. Porém, já
nos acréscimos, depois de uma bela arrancada de El Shaarawy, Pato apareceu
livre para apenas completar e confirmar vaga nas oitavas de finais. Após o jogo, o brasileiro ainda reclamou da reserva e gerou mal estar. Ele também se lesionou, sem muita gravidade, mas pode estar indisponível para a partida contra a Juventus, no domingo. Como exigir titularidade com tantos problemas físicos?
No fim das contas e por tudo que vem passando nos últimos meses, a
classificação rossonera, como segundo colocado – atrás do Málaga -, dá certo alívio aos rossoneri que já se contentam com a vaga, sem
se importar com a colocação. Agora, até domingo, a equipe se concentra para o jogaço contra a Juve.

Deixe um comentário