Serie A

Dérbi de Turim pode ser o fiel da balança na briga pelo topo da tabela: a prévia da 11ª rodada



O Campeonato Italiano ainda não chegou nem a um terço de sua totalidade, mas a 11ª rodada promete ser uma das mais importantes e disputadas de 2019-20. Afinal, o maior clássico do Piemonte, entre Torino e Juventus, tem potencial de fazer a liderança trocar de mãos ou ocasionar a demissão de um treinador. Também teremos o Derby del Sole, entre Roma e Napoli, e duelos interessantes entre Milan e Lazio e Atalanta e Cagliari.

Os confrontos citados acima são os destaques do fim de semana, mas a jornada da Serie A está disputadíssima. A bem da verdade, mais parece um campo minado, já que os 10 jogos têm relevância per se. Bologna x Inter tem em seu escopo lutas por liderança e por vaga continental; Fiorentina e Parma duelam pela Europa e as partidas entre Genoa e Udinese, Lecce e Sassuolo, Verona e Brescia, e Spal e Sampdoria são embates diretos entre equipes que visam permanecer na elite.

Assista ao Campeonato Italiano no Dazn com 1 mês grátis. Assine.

O jogão

Torino x Juventus

Data e horário: sábado, 2/11, 16h45
Transmissão: DAZN, Rai, RedeTV e Bet365

O Torino não poderia pensar em hora pior para encarar a Juventus. O time grená vem de uma goleada por 4 a 0 para a Lazio, não vence desde a 5ª rodada e ainda terá os desfalques dos zagueiros Nkoulou e Bonifazi e do volante Rincón. Pressionado, Mazzarri precisa somar ao menos um ponto para driblar a insatisfação da torcida, que imaginava um desempenho similar ao da última temporada, na qual o Toro brigou por vagas europeias – e se classificou à Liga Europa porque o Milan optou por não participar e liquidar seus débitos com a Uefa.

Considerando que o Torino só venceu a Juventus uma vez nos últimos 24 anos, até um empate pode ser útil para os grenás. Porém, para a Velha Senhora – que sofreu nos três clássicos mais recentes – interessa a vitória. O tropeço contra o Lecce e a atuação apagada contra o Genoa colocaram a liderança do campeonato em risco e Sarri não ficou satisfeito com as atuações. A Inter joga antes e o resultado dos nerazzurri poderá servir como refresco, estímulo ou pressão extra para a equipe bianconera.

Prováveis escalações

Torino: Sirigu; Izzo, Lyanco, Djidji; Aina, Baselli, Lukic, Meïte, Ansaldi; Verdi, Belotti.

Juventus: Szczesny; Cuadrado, Bonucci, De Ligt, Alex Sandro; Khedira, Pjanic, Matuidi; Bernardeschi; Dybala, Ronaldo.

Fique de olho

A Roma começou a se entrosar e subiu na tabela (Getty)

Sábado, 2/11, 11h

Roma x Napoli

A rodada começa com uma partida nem um pouco banal. Os duelos entre Roma e Napoli costumam ter gols em profusão e, se não bastasse, o embate do Olímpico vale uma vaga no G4: no meio de semana, a equipe de Paulo Fonseca ultrapassou a de Carlo Ancelotti e tomou a quarta posição. Don Carletto, suspenso, não comandará os azzurri em seu retorno à capital, onde foi ídolo nos anos 1980.

A Roma está com departamento médico lotado, mas isso não tem atrapalhado suas atuações. Zaniolo e Dzeko têm chamado a responsabilidade, enquanto Pastore e Mancini surpreendem por motivos distintos. O argentino está sendo contínuo e o italiano, improvisado como volante, está indo tão bem que fez a diretoria desistir de tentar contratar um agente livre para preencher a lacuna. Por sua vez, o Napoli mantém certos vícios, como a dificuldade de marcar gols, e não contará com Allan, uma de suas peças mais regulares – por lesão, fica afastado por um mês.

Domingo, 3/11, 8h30

Atalanta x Cagliari

Em Bérgamo, teremos o duelo entre uma outsider conhecida por ser letal quando ataca e um outsider que se destaca pela forte defesa. Terceira colocada na Serie A, a Atalanta tem um duelo importante pela Liga dos Campeões no meio de semana, contra o Manchester City, mas Gasperini não deve poupar ninguém diante do Cagliari. Até porque peças importantes, como De Roon e Zapata, desfalcarão a equipe e a situação da Dea na competição europeia é bastante complicada.

Maran, por sua vez, só terá um desfalque além dos que tem desde o início da Serie A – Cragno e Pavoletti sofreram sérias lesões e só voltam em alguns meses. Sem o agudo lateral esquerdo Pellegrini, o técnico do Cagliari deve optar por Lykogiannis (pensando em contra-ataques), mas uma alternativa mais cautelosa, como utilizar Ceppitelli como zagueiro centralizado e deixar Pisacane mais preso no flanco canhoto, não deve ser descartada. Com apenas 10 gols sofridos, o time sardo tem uma das cinco melhores defesas do campeonato e não oferecerá vida fácil para os nerazzurri. Inclusive, costuma ser uma pedra no sapato da Atalanta: venceu quatro dos seis últimos duelos contra a Dea.

Domingo, 3/11, 16h45

Milan x Lazio

Após conseguir seu primeiro triunfo em três jogos no comando do Milan, Pioli encara a Lazio, equipe em que obteve suas maiores glórias. Enquanto esteve no time romano, porém, o técnico nunca conseguiu bater o Diavolo em San Siro, pela Serie A. Aliás, nem ele nem qualquer outro treinador que passou pelo clube biancoceleste de 1989 para cá. Os rossoneri têm 29 partidas de invencibilidade caseira contra os aquilotti na competição, algo que jamais construiu contra outro adversário. No período, venceu 18 vezes e empatou 11.

Contudo, o último duelo entre os times em Milão teve um roteiro diferente: na semifinal da Coppa Italia, a Lazio venceu por 1 a 0, graças a Correa. Inzaghi tem a fórmula para quebrar o tabu vigente no campeonato e contará com um Immobile em estado de graça para buscar o feito. Ciro tem 12 gols em 10 rodadas e, por ampla margem, é o artilheiro da Serie A.

Demais partidas

Sábado, 2/11, 14h
Bologna x Inter

Domingo, 3/11, 11h
Genoa x Udinese
Lecce x Sassuolo
Verona x Brescia

Domingo, 3/11, 14h
Fiorentina x Parma

Segunda, 4/11, 16h45
Spal x Sampdoria



Deixe um comentário