Serie A

Contra a Udinese, Juve pode levantar nono scudetto seguido; confira a prévia da 35ª rodada



Os resultados da 33ª rodada da Serie A chegaram a sugerir que a disputa pelo título pudesse ser reiniciada. Só que a 34ª jornada enterrou de vez os planos de Atalanta e Inter, que visavam encostar na Juventus na reta final da temporada. Agora, a Velha Senhora tem o primeiro match point de sua campanha: se vencer a Udinese e os nerazzurri de Milão não vencerem para a Fiorentina, o título será comemorado na quinta-feira. A combinação é improvável, mas mostra como o eneacampeonato está próximo.

No meio de semana, também poderemos ter a definição de todos os classificados para as competições europeias, em caso de vitórias de Lazio e Milan: isso significaria que a Roma, 5ª colocada, e o Sassuolo, 8º, não teriam mais chances de alcançar pontuação necessária para irem a Champions League e Liga Europa, respectivamente. Por fim, o clássico entre Sampdoria e Genoa e o confronto direto entre Lecce e Brescia movimentam a parte de baixo da tabela. Confira a prévia.

O jogão

Udinese x Juventus

Data e horário: quinta, 23/7, 14h30
Transmissão: Rai e Bet365

Depois de três tropeços em sequência, a Juventus teve uma vitória importante sobre a Lazio e, na quinta, encara uma Udinese que ensaiou uma série positiva, mas que não vence há três rodadas – ainda que tenha melhorado sua performance após o lockdown. O retrospecto é amplamente favorável à Velha Senhora: em 91 duelos na elite, são 62 vitórias juventinas (incluindo o 3 a 1 no primeiro turno), 12 friulanas e 17 empates. A Udinese venceu o duelo pela última vez em agosto de 2015, e desde lá foi goleada três vezes pela gigante de Turim.

No duelo entre bianconeri, estarão frente a frente a magia dos argentinos De Paul e Dybala e a sanha goleadora de Lasagna e Ronaldo. Se o atacante italiano anotou seis vezes desde o retorno do campeonato, CR7 fez ainda mais (nove) e, com 30 gols, visa a artilharia da Serie A e do futebol europeu. Após se tornar o primeiro jogador a guardar 50 bolas nas redes na Itália, na Inglaterra e na Espanha, o robozão vai atrás de mais um feito.

Prováveis escalações

Udinese: Musso; Rodrigo Becão, De Maio, Nuytinck; Larsen, De Paul, Ekong, Fofana, Sema; Lasagna, Nestorovski.

Juventus: Szczesny; Cuadrado, De Ligt, Rugani, Alex Sandro; Bentancur, Pjanic, Rabiot; Douglas Costa, Dybala, Ronaldo.

Fique de olho

Confronto direto entre Sassuolo e Milan pode encerrar disputa por vagas na Liga Europa (imago)

Terça, 21/7, 16h45

Sassuolo x Milan

O Sassuolo terá, contra o Milan, sua última chance de tentar vaga na Liga Europa. Os comandados de De Zerbi estão oito pontos atrás dos rossoneri, com 12 ainda em disputa, e sabem que uma vitória é condição sine qua non para que possam continuar sonhando com a classificação para o torneio continental. Um empate bastaria para que o Diavolo anulasse o perseguidor, mas Pioli olha para cima na tabela: quer tomar da Roma o direito de entrar diretamente na fase de grupos da competição. Como os giallorossi enfrentam a rebaixada Spal, vencer também se torna uma obrigação para Ibrahimovic e companhia.

O Milan leva vantagem nos confrontos diretos com o Sassuolo: venceu oito das 14 partidas já realizadas, com quatro triunfos dos neroverdi e dois empates (0 a 0 no primeiro turno) completando o quadro. Por sua vez, os donos da casa contam com Berardi, artilheiro do duelo, com oito gols. Oito, aliás, é o número de partidas de invencibilidade das duas equipes. Em grande forma desde a retomada do campeonato, emilianos e lombardos prometem um jogo ofensivo, de futebol muito agradável e competição em alto nível.

Quarta, 22/7, 16h45

Sampdoria x Genoa

Em 2011, o Genoa venceu o dérbi contra a Sampdoria por 2 a 1, com gol de Boselli aos 97 minutos de jogo, e praticamente mandou a rival para a Serie B. Em 2020, a Samp – matematicamente salva do descenso – tem a chance de dar o troco e contribuir com o rebaixamento dos rossoblù. No momento, os grifoni estão fora do Z3, mas uma derrota no clássico pode virar a maré para as três rodadas seguintes. Principalmente porque o Lecce, seu adversário direto pela permanência, com quatro pontos a menos, conta com uma tabela mais acessível até o fim do campeonato.

A Sampdoria leva vantagem sobre o Genoa nos clássicos em quase todos os cenários. Em 101 partidas oficiais, são 40 vitórias dorianas, 24 rossoblù e 37 empates; na Serie A, a vantagem blucerchiata é de 29 triunfos contra 17, com 27 igualdades completando o quadro. Ademais, a invencibilidade da Samp no Derby della Lanterna é longa: a equipe conta com sete jogos sem perder, sendo que venceu no primeiro turno por 1 a 0 e perdeu pela última vez na temporada 2015-16. O time de Ranieri vem em grande fase, com cinco triunfos nas seis rodadas mais recentes, e é favorito para levar um clássico que, infelizmente, não terá a presença das apaixonadas torcidas nas arquibancadas e a sua habitual atmosfera competitiva.

Demais partidas

Terça, 21/7, 14h30
Atalanta x Bologna

Quarta, 22/7, 14h30
Parma x Napoli

Quarta, 22/7, 16h45
Inter x Fiorentina
Lecce x Brescia
Spal x Roma
Torino x Genoa

Quinta, 23/7, 16h45
Lazio x Cagliari



Deixe um comentário