Serie A

Na Itália, 13ª rodada da Serie A tem duros confrontos diretos e possibilidade de troca de líder

Depois de uma rodada recheada de empates, a Serie A retorna com partidas interessantes num fim de semana, que pode abrigar mudanças nas posições mais altas da tabela. Às 11 horas de domingo, no horário de Brasília, o Milan, líder do campeonato, visita o complicado Sassuolo, enquanto a Inter recebe o Spezia. Conte e companhia confiam na vitória sobre os caçulas, mas precisam secar o rival para consumar a tomada da liderança, com a qual flertam depois de tirarem quatro pontos de vantagem dos rossoneri ao longo dos últimos dias.

Dois confrontos diretos importantes também chamam a atenção no domingo: Atalanta-Roma e Lazio-Napoli aquecem a tarde brasileira, no encerramento da rodada. Confira a prévia da jornada.

O jogão

Domingo, 20/12, 11h

Sassuolo x Milan

Em baixa nas últimas rodadas, o Milan parece começar a sentir a sequência de jogos e algumas ausências importantes – como as de Ibrahimovic, Bennacer, Kjaer e Gabbia. O jovem elenco rossonero oscilou contra Parma e Genoa, mas mostrou força de vontade e qualidade para reagir e pontuar, ainda que os atacantes não venham produzindo a contento. Nenhum dos nove últimos gols da equipe de Pioli foi anotado por jogadores de frente. O último atacante a marcar, aliás, foi Ibra.

Oscilar contra o Sassuolo, porém, pode não oferecer espaço para reação rubro-negra. Quinto colocado, o time treinado por De Zerbi está alguns patamares acima de crociati e rossoblù não apenas na tabela, mas na qualidade do plantel. O retorno do lesionado Caputo, por exemplo, adiciona poder de fogo a um setor ofensivo que já conta com Berardi: o capitão neroverde é o jogador em atividade que mais anotou contra o Milan (8 vezes em 12 jogos), embora tenha passado em branco nos últimos sete confrontos. Será que o camisa 9 será capaz de quebrar a sequência negativa dos emilianos no Mapei Stadium? O Sassuolo só marcou um gol como mandante nos últimos 45 dias e tem apenas dois triunfos em casa.

Prováveis escalações

Sassuolo: Consigli; Toljan, Marlon, Ferrari, Rogério; López, Obiang; Berardi, Djuricic, Boga; Caputo.

Milan: Donnarumma; Calabria, Kalulu, Romagnoli, Hernandez; Tonali, Kessié; Castillejo, Çalhanoglu, Rafael Leão; Rebic.

Fique de olho

Domingo, 20/12, 14h

Atalanta x Roma

Pelo que as equipes apresentaram nas últimas temporadas, chega a ser surpreendente o fato de a Roma chegar ao duelo com a Atalanta em situação mais estável. Se, de um lado, Paulo Fonseca conseguiu montar uma máquina eficiente, com defesa sólida, meio-campo criativo e ataque prolífico (potencializando Mkhitaryan), na outra face da moeda temos uma Dea em crise pelo fim da sintonia entre Gasperini e o capitão Papu Gómez. O cenário atual praticamente anula a expressiva vantagem que os bergamascos haviam construído na história recente do confronto.

A Atalanta costuma oferecer dificuldades para a Roma: é a adversária que mais lhe vazou na Serie A (132 vezes), com pelo menos dois gols marcados em cada um dos últimos cinco embates. Além disso, perdeu apenas um dos últimos 11 confrontos diretos na Serie A. Só que o ataque nerazzurro vem sendo improdutivo. A partir da 4ª rodada, período em que a Dea só venceu duas partidas, só uma vez marcou mais de dois gols num único jogo. A Roma, ao contrário, segue embalada por Veretout, Pellegrini, Mkhitaryan, Pedro e Dzeko: já marcou 27 gols neste campeonato e não dá sinais de que irá refugar neste aspecto. Esse cenário de muitos contrapontos deixa a partida bastante imprevisível e interessante.

Contra a Lazio, Gattuso não terá Osimhen, Insigne e Mertens à sua disposição (LaPresse)

Domingo, 20/12, 16h45

Lazio x Napoli

Sem Osimhen, Insigne e Mertens, o Napoli terá uma missão complicada contra a Lazio, no Olímpico. Apesar de ter sido derrotado na Cidade Eterna por 1 a 0 no último duelo entre as equipes, o time da Campânia vinha construindo uma sequência positiva contra os laziali. Eram oito triunfos em nove jogos, gols marcados por 17 partidas seguidas e uma média de 2,3 tentos por duelo de 2010-11 para cá. Para retomar estas tendências com tantos desfalques importantes, porém, Gattuso e seus comandados deverão escalar a montanha com Petagna no comando do ataque.

Essa escalada pode acabar não sendo tão complicada quanto se imagina por conta do mau momento defensivo da Lazio (sofreu 20 gols, sendo 12 no Olímpico) e dos desfalques que a equipe de Simone Inzaghi tem no setor de contenção – Acerbi, Lulic, Fares e Lucas Leiva. Se a retaguarda celeste tem dificuldades, a azzurra está em ordem: é uma das melhores do campeonato e só levou dois gols fora do San Paolo. Manolas e Koulibaly terão o dever de parar Immobile, que já marcou sete vezes na Serie A e foi às redes nas quatro partidas mais recentes contra o seu time do coração.

Demais partidas

Sábado, 19/12, 11h
Fiorentina x Verona

Sábado, 19/12, 14h
Sampdoria x Crotone

Sábado, 19/12, 16h45
Parma x Juventus

Domingo, 20/12, 8h30
Torino x Bologna

Domingo, 20/12, 11h
Benevento x Genoa
Cagliari x Udinese
Inter x Spezia

Deixe um comentário