Liga Europa

Diego ou Del Piero?

O meia brasileiro disputa seu lugar no time com o maior ídolo juventino (Foto: La Presse)

Como nos velhos tempos, Alessandro Del Piero acertou uma cobrança de falta magistral e classificou a Juventus para a próxima fase da Liga Europa. O ídolo bianconero entrou no lugar de Diego, que fez um ótimo primeiro tempo na vitória de 1 a 0 sobre o Shamrock Rovers e já tinha ido bem na partida da semana anterior. O belo gol levantou, mais uma vez, a questão: Diego ou Del Piero?

Ainda que Delneri tenha testado formações diferentes ao longo da carreira (como o 4-2-4 no Porto ou o 4-1-4-1 na Roma), é sempre lembrado pelo sucesso com o 4-4-2. Desde sua contratação para o comando técnico da Juventus, o dualismo Diego/Del Piero não sai da pauta dos especialistas. Em um primeiro momento, parecia que o brasileiro perderia seu lugar no time e amargaria outra temporada ruim, jogando fora de posição ou no banco de reservas. Mas depois de uma boa pré-temporada, Diego mostrou que não seria tão fácil tirá-lo de cena e mudou a opinião da crítica: o ex-santista tornou-se a peça certa para a posição, com sua juventude e técnica apurada. O capitão Del Piero, já com 35 anos, seria apenas boa opção para o segundo tempo.

Na última quinta-feira, após a vitória sobre o Shamrock Rovers, a Gazzetta dello Sport levantou a bola de novo, na enquete Delneri faz bem em deixar Del Piero de fora do time titular?. Por enquanto, o “sim” vence com 55,8% dos votos. Certamente, o debate vai durar o resto da temporada. Quando um for mal, vão perguntar por que o outro não joga.

Ultimamente, Delneri tem montado seus times em um 4-4-2 em linhas, com dois meio-campistas pelo centro, dois abertos e um atacante fixo. Sem a função de trequartista, sobraria para Diego apenas a posição de segundo atacante, a mesma de Del Piero. O brasileiro também não encaixaria em nenhuma das pontas, uma vez que as alas exigem um jogador mais veloz e forte fisicamente.

Na Atalanta de 2007 a 2009, Delneri passou pela mesma situação, ao não conseguir encaixar Cristiano Doni no esquema. Ele resolveu o problema variando seu 4-4-2 para um 4-4-1-1, com Doni exercendo a função de trequartista, atrás de Floccari, único atacante. Na Juventus, ainda assim, um dos dois (Diego ou Del Piero) teria de ficar de fora no suporte a Amauri ou Iaquinta.

Possível solução para o impasse seria a mudança para o 4-3-1-2, que, inclusive, foi foco de muitos problemas internos da Velha Senhora nos últimos anos. Há quem garanta que Ranieri tenha sido demitido, no início de 2009, exatamente por ter dito que não queria Diego, pois ele não encaixava no esquema. A queda de Ferrara passa pelo mesmo problema: não obteve êxito na transição e adaptação de Diego no 4-3-1-2. Nele, o brasileiro jogaria atrás de Del Piero e Amauri. Mas agora, com a maior liberdade que a nova diretoria dá ao treinador, a transição não faz mais sentido, uma vez que o time foi montado para jogar no 4-4-2 típico de Delneri. O mercado juventino foi pensado para encaixar no estilo do treinador e fez isso com muita eficiência. Pepe, Martínez e Lanzafame são boas opções para as alas, ainda que falte um meia externo indiscutível para a posição, como Krasic, sonho bianconero.

Delneri é forte em suas decisões e já afirmou que “não é o time que se adequa ao jogador, e sim o contrário.” A Juventus deve mesmo jogar com apenas um dos dois no onze inicial e isso pode fazer bem para que o time se torne cada vez mais competitivo. Outro ponto positivo é que, qualquer que seja a escolha do treinador, o jogador mais importante da equipe vai sempre ter um substituto à altura.

Avante na Liga Europa
No jogo contra o Shamrock Rovers, a chuva foi protagonista. Com o campo encharcado, bola rolando foi difícil. Ainda assim, destaque para a disposição dos laterais Motta e De Ceglie, e para a boa atuação de Lanzafame. Com a vitória sobre o time irlandês, a Juventus fica mais perto da classificação definitiva para a competição europeia. O sorteio realizado na tarde de sexta-feira colocou o austríaco Sturm Graz à frente da Velha Senhora. Quem vencer o play-off avança para a fase de grupos. Os jogos acontecerão em 19 e 26 de agosto. Outros dois italianos disputarão os play-offs. O Palermo enfrenta o esloveno Maribor e o Napoli encara o sueco Elfsborg.

7 comentários

  • Acho que nao se deve mudar o esquema, deixe um para reserva do outro, no dia que um ir mal ponho o outro pra jogar no segundo tempo.

    Mas ca entre nos, QUE GOLAÇO esse do Del, putz, me lembrou daquele contra a Roma, acho que em 2008/2009.

  • Fato é que por lá sempre surgem esses dualismos panacas, sendo que são sempre vistos como problema e nunca solução. Baagio não jogava com Del Piero, que não jogava com Totti e por aí vai. Sempre achei o Diego fraco e deixar o pinturicchio na reserva pra esse enganador é uma heresia bianconera. Mais uma vez parabéns pelo blog giallorossada

  • É incrível como o Diego vem sendo desprezado e até humilhado pelos jornalistas, torcedores e até dirigentes da Juventus, que questionam constantemente a sua capacidade técnica, como se ele fosse um jogador comum. Sou santista fanático, e para mim o Diego é simplsmente o jogador com mais recursos técnicos e habilidade do mundo. Faz o que quer com a bola, arma o jogo como um Zidane, é driblador e incisivo como um Zico, técnico e elegante como um Platini. Um gênio, que paga o preço de disputar posição com um jogador superestimado, ridículo e que se acha o dono da Vechia Signora como o Del Piero. Se eu pego o Luciano Moggi, esse carcamano de merda, filho duma meretriz tetuda de Turim, ladrão cuzão do caralho, eu quebro a cabeça dele com um cano. Falou mal do Diego e vai ter a cabeça rachada, filho da puta!

  • faltou você escrever "ironic" no final do seu comentário, sr. anônimo. Heresia comparar aquele cai-cai com o maior jogador da história bianconera. Aliás, de malas prontas pra alemanha, graças a deus. E se estiver falando de mim, vi esse blog nascer! haha

  • faltou você escrever "ironic" no final do seu comentário, sr. anônimo. Heresia comparar aquele cai-cai com o maior jogador da história bianconera. Aliás, de malas prontas pra alemanha, graças a deus. E se estiver falando de mim, vi esse blog nascer! haha

Deixe um comentário