Serie A

De tirar o fôlego: 32ª rodada do Italiano terá confronto extasiante entre Juve e Atalanta



Conforme antecipava um vídeo que viralizou nos meses de pandemia, agora é dia 11, dia 11, dia 11. No sábado, dia 11, a Serie A terá um dos jogos mais interessantes de toda a competição: líder do campeonato, a Juventus recebe a Atalanta, terceira colocada, com nove pontos a menos. Um triunfo nerazzurro pode reabrir a briga pelo título – e, por isso, Lazio e Inter secam a Velha Senhora. Além da importância para a classificação, o duelo coloca frente a frente a equipe italiana mais forte da década e a sensação dos últimos anos no país. É partida para se assistir com carinho e atenção.

O jogão

Juventus x Atalanta

Data e horário: sábado, 11/7, 16h45
Transmissão: Rai e Bet365

A Atalanta é a equipe italiana em melhor forma, com 11 vitórias seguidas – nove das quais na Serie A. No campeonato, o time treinado por Gasperini também soma seis triunfos consecutivos como visitante, três jogos sem levar gols e, desde a retomada do campeonato, anotou 15 tentos com oito jogadores diferentes. Com sua força coletiva, a Dea pode reabrir a corrida pelo scudetto, em caso de vitória: faltando seis rodadas para o final, ficaria a seis pontos da Juventus. Lazio e Inter também teriam a oportunidade de encostar, levando em consideração que ainda teremos o confronto direto entre juventinos e laziali na 34ª rodada.

Embora haja esperança do lado nerazzurro, os bianconeri contam com um retrospecto amplamente favorável no duelo. A Juventus não perde para a Atalanta em jogos da Serie A desde 2001 e, no primeiro turno, venceu por 3 a 1 em Bérgamo. Sarri ainda terá um reforço importante: Dybala volta ao time descansado, após cumprir suspensão no meio de semana, contra o Milan. O camisa 10 tem sido o fiel da balança para a Velha Senhora: nas três últimas partidas que jogou, marcou o tento que inaugurou as vitórias juventinas. La Joya foi às redes nos cinco compromissos mais recentes no campeonato e, em todos eles, sua equipe venceu.

Prováveis escalações

Juventus: Szczesny; Cuadrado, De Ligt, Bonucci, Danilo; Bentancur, Pjanic, Rabiot; Bernardeschi, Dybala, Ronaldo.

Atalanta: Gollini; Sutalo, Caldara, Djimsiti; Hateboer, De Roon, Freuler, Gosens; Malinovskyi; Gómez, Zapata.

Fique de olho

Em alta, o Milan busca a vitória sobre o Napoli no San Paolo (LaPresse)

Sábado, 11/7, 12h15

Lazio x Sassuolo

Vivendo má fase, a Lazio encara um Sassuolo em ascensão e com objetivos no campeonato. A equipe de Inzaghi perdeu seus dois jogos mais recentes na Serie A, enquanto o insinuante time treinado por De Zerbi engatou três vitórias consecutivas e se credenciou como rival de Milan e Verona por uma das duas vagas remanescentes para a Liga Europa. Portanto, além de secarem a Juventus, os celestes terão de bater um time muito motivado para continuarem sonhando com o título italiano.

O elenco curto contribuiu para a queda de rendimento da Lazio nas últimas rodadas. Se serve de alento ao torcedor, as voltas de Luiz Felipe e Lucas Leiva – que já estiveram à disposição de Inzaghi para o jogo contra o Lecce – permitirão um rodízio mais eficiente até o fim do campeonato. Por sua vez, o Sassuolo vai a campo com força máxima do meio para frente: Locatelli, Djuricic, Berardi, Boga, Defrel e Caputo para incomodar a retaguarda celeste. Neste duelo de fortes ataques, atenção redobrada ao artilheiro Immobile, que já marcou nove gols contra o Sassuolo em sua carreira (um no primeiro turno, inclusive) e pode chegar aos 30 nesta competição.

Domingo, 12/7, 16h45

Napoli x Milan

Em 1º de maio de 1988, Napoli e Milan fizeram um duelo antológico pelo título da Serie A. Naquela ocasião, os rossoneri venceram em pleno San Paolo, por 3 a 2, ultrapassaram os azzurri e aceleraram em direção ao primeiro scudetto da gestão de Sacchi. Atualmente, os times têm objetivos mais modestos, mas a partida pode valer, para o Diavolo, mais uma ultrapassagem sobre os partenopei e uma arrancada rumo a uma vaga na Liga Europa – competição para a qual o Napoli já está classificado.

Tanto o Napoli, sexto colocado, quanto o Milan, sétimo, são times comandados por técnicos contestados, mas que têm conseguido resultados positivos nos últimos jogos. Gattuso, ídolo e ex-treinador rossonero, assumiu os azzurri na 11ª posição, os levou ao quinto posto e, nesse meio tempo, conquistou a Coppa Italia e uma passagem para uma competição europeia. Nos últimos 12 jogos, o Napoli obteve onze resultados positivos, entre vitórias e empates. Pioli, por sua vez, conduziu o Diavolo a triunfos autoritários sobre Lazio e Juventus, que levaram os lombardos a 13 pontos somados em 15 disputados desde a retomada do campeonato – período em que o time anotou 15 gols. Só um deles terminará o domingo satisfeito.

Demais partidas

Sábado, 11/7, 14h30
Brescia x Roma

Domingo, 12/7, 12h15
Genoa x Spal

Domingo, 12/7, 14h30
Cagliari x Lecce
Fiorentina x Verona
Parma x Bologna
Udinese x Sampdoria

Segunda, 13/7, 16h45
Inter x Torino



Deixe um comentário