Serie A

Clássico de Turim é a bola da vez do fim de semana italiano; confira a prévia da 10ª rodada

Clássico é clássico. Juventus e Torino podem não viver o melhor momento de suas existências, mas o dérbi entre as equipes neste fim de semana se destaca sobre as demais partidas da rodada. Na quarta posição, a Velha Senhora busca uma vitória convincente para se aproximar da liderança, enquanto o rival granata quer superar os passos em falso dados até agora e deixar a zona de rebaixamento. O jogo será tenso.

Além do Dérbi de Turim, a rodada contará com um grande jogo entre a Roma, quarta colocada, e o Sassuolo, um dos vice-líderes – duelo que pode modificar bastante o arranjo naquela parte da tabela. Também no domingo, o Milan tem boa chance de manter sua ótima vantagem na ponta. Confira a prévia.

O jogão

Sábado, 5/12, 14h

Juventus x Torino

As torcidas de Juventus e Torino certamente esperavam um desempenho melhor de suas equipes a esta altura do campeonato. De um lado, embora a Velha Senhora esteja invicta na Serie A, os empates são os resultados mais recorrentes (cinco em nove rodadas) e os tropeços ante Crotone e Benevento não agradaram. Do outro, o Torino está na zona de rebaixamento e tem um dos piores inícios de temporada de sua história: com apenas 22,2% de aproveitamento, igualou o pior deles, obtido em 2002-03. Naquela ocasião, o Toro também encontrou a Juve na 10ª rodada – e perdeu por 4 a 0, como mandante.

Os últimos resultados das equipes e o retrospecto histórico deixa o favoritismo inteiramente com a Juventus. Afinal, o Torino a venceu apenas uma vez nos últimos 28 duelos (em 2015) e tem na Velha Senhora o seu maior carrasco na Serie A, com 72 derrotas em 150 embates. Nesse contexto, são grandes as possibilidades de Ronaldo ter mais um dia marcante em sua carreira. O português fez 29 gols na Serie A em 2020 e, pela nona vez em sua carreira, pode chegar a 30 gols em jogos de campeonatos nacionais num mesmo ano – apenas três jogadores obtiveram este feito pela Juventus, sendo Omar Sívori, em 1961, o último deles. Para tentar surpreender, o Toro conta com o capitão Belotti, que está a um tento de atingir os 100 com a camisa grená.

Prováveis escalações

Juventus: Szczesny; De Ligt, Bonucci, Danilo; Cuadrado, Arthur, Rabiot, Chiesa; Kulusevski; Dybala, Ronaldo.

Torino: Sirigu; Izzo, Lyanco, Bremer; Singo, Meïté, Rincón, Linetty, Rodríguez; Zaza, Belotti.

Fique de olho

Domingo, 5/12, 11h

Roma x Sassuolo

Duas das melhores equipes desta Serie A, Roma e Sassuolo se enfrentam num duelo que pode vir a modificar bastante as suas colocações, visto que o topo da tabela está bastante congestionado. O time visitante tem o melhor início de campeonato de sua história e é o vice-líder, com 18 pontos, enquanto os mandantes estão um ponto atrás, na quarta posição. Os giallorossi conservam uma sequência muito positiva no Olímpico: venceram seus oito últimos jogos da competição no estádio, marcando pelo menos duas vezes em cada uma dessas partidas.

No último embate entre as formações, o Sassuolo conseguiu sua única vitória contra a Roma – equipe que o derrotou oito vezes em 14 compromissos. Apesar de os capitolinos costumarem levar a melhor, as partidas no Olímpico têm o hábito de serem agitadas (em todas elas, houve gols para ambas as equipes) e não seria tão surpreendente que os comandados de De Zerbi criassem dificuldades para a defesa de Paulo Fonseca. Uma retaguarda, aliás, desfalcada por Smalling e Mancini, e com um Kumbulla sem ritmo de jogo após ficar de molho por conta da covid-19. No time neroverde, uma ausência sentida será a de Caputo: com o atacante em campo, a equipe tem média de dois gols por partida; sem ele, a proporção cai para 1,4.

Sem Ibrahimovic, Çalhanoglu chama a responsabilidade no Milan (LaPresse)

Domingo, 5/12, 16h45

Sampdoria x Milan

Em forma estrepitosa e com cinco pontos de vantagem na liderança, o Milan já mostrou que não depende de Ibrahimovic e tem tudo para se manter confortável no topo da tabela por mais uma semana. No domingo, o Diavolo enfrenta uma Sampdoria que não vence há quatro rodadas e que é sua freguesa histórica: perdeu 64 dos 124 embates já realizados entre os times na Serie A.

O Milan marcou gols nos últimos 29 jogos do campeonato e igualou, na rodada anterior, o seu recorde no quesito – pode, portanto, estabelecer uma nova marca se encontrar as redes em Gênova. A equipe de Pioli venceu seus seis compromissos mais recentes como visitante pela competição e também pode repetir sequências alcançadas apenas duas outras vezes em sua história na Serie A: em 1964, com Liedholm, e em 1993, com Capello (que chegou a nove). Normalmente, a maior ameaça da Samp a seus rivais é o veterano Quagliarella, mas o goleador não tem bons números contra os rossoneri: passou em branco nas 14 vezes em que enfrentou o time de Milão como mandante.

Demais partidas

Sábado, 5/12, 11h
Spezia x Lazio

Sábado, 5/12, 16h45
Inter x Bologna

Domingo, 6/12, 8h30
Verona x Cagliari

Domingo, 6/12, 11h
Parma x Benevento
Udinese x Atalanta

Domingo, 6/12, 14h
Crotone x Napoli

Segunda, 7/12, 16h45
Fiorentina x Genoa

Deixe um comentário