Serie A

Abertura de ano na Serie A terá duelos entre líderes e caçulas pela 15ª rodada

A Serie A abre os seus trabalhos em 2021 com uma rodada favorável à dupla de Milão. Líder do campeonato, o Milan encara o Benevento, enquanto a Inter (com um ponto a menos que os rossoneri) recebe o Crotone. Os compromissos contra caçulas tendem a ser favoráveis para as equipes da capital da Lombardia, que esperam começar janeiro como terminaram dezembro: vencendo. Confira a prévia da jornada e tenha um feliz ano novo!

O jogão

Domingo, 3/1, 14h

Benevento x Milan

Que bruxaria é essa? Em sua breve história na Serie A, o Benevento nunca perdeu para o Milan: em 2017-18, ganhou o seu primeiro ponto na elite num empate por 2 a 2 com os rossoneri (arrancado no último minuto da 15ª rodada, com um improvável gol de goleiro) e venceu em San Siro no returno, por 1 a 0. Portanto, o Diavolo precisará superar um insólito e pequeno tabu para se manter na liderança da Serie A.

Treinado por Pippo Inzaghi, ídolo do Milan, o Benevento faz uma campanha expressiva para um caçula: soma 18 pontos em 14 rodadas, mesmo que Lapadula (outro ex-rossonero), seu principal goleador, viva um jejum de oito partidas. Do outro lado, o Diavolo acumula números impactantes. Marca pelo menos dois gols por compromisso há 16 jogos, está invicto como visitante há 14 duelos e não perde na Serie A desde março – além disso, abre o ano sem perder fora de casa desde 1997, quando foi derrotado pela Lazio. A continuidade dessa tradição dependerá de uma atuação positiva da equipe sem três de seus maiores destaques: os lesionados Bennacer e Ibrahimovic e o suspenso Hernandez.

Prováveis escalações

Benevento: Montipò; Letizia, Glik, Barba, Foulon; Hetemaj, Schiattarella, Improta; Insigne, Caprari; Lapadula.

Milan: Donnarumma; Calabria, Kjaer, Romagnoli, Dalot; Tonali, Kessié; Díaz, Çalhanoglu, Rebic; Rafael Leão.

Fique de olho

Domingo, 3/1, 8h30

Inter x Crotone

O primeiro jogo de 2021 na Serie A pode fazer a Inter passar pelo menos algumas horas na liderança do campeonato – ou abocanhá-la, em caso de vitória em San Siro e tropeço do Milan. Invicta há 10 partidas e dona de uma sequência de sete triunfos consecutivos, a Beneamata não perde para caçulas desde setembro de 2018 e não inicia um ano com derrota desde 1994, quando parou na Atalanta. Diante do Crotone, que está na zona de rebaixamento, Conte e seus jogadores não esperam nada além da vitória.

Embora os squali tenham conseguido melhorar o seu desempenho nas últimas rodadas – principalmente por causa dos gols de Junior Messias, seu artilheiro –, a Inter mantém largo favoritismo. Os nerazzurri marcaram nas quatro vezes em que enfrentaram o Crotone em sua história e têm um Lukaku de nível histórico em seu elenco. O belga completará 50 partidas pela Serie A neste domingo e poderá ampliar a quantidade de tentos já anotados (são 34). A partir de 1994, quando a era dos três pontos por triunfo começou a vigorar, só cinco jogadores fizeram mais gols do que Romelu em seus 50 primeiros jogos no Italiano: Cristiano Ronaldo (40), Ronaldo (38), Shevchenko (37), Milito (37) e Montella (36).

Inter, de Lautaro, tem chances de tomar a liderança no domingo (LaPresse)

Domingo, 3/1, 11h

Atalanta x Sassuolo

Orientados por modelos ofensivos de futebol, Atalanta e Sassuolo farão um interessante duelo entre equipes que correm por fora na briga por vagas europeias. No confronto direto, os nerazzurri (donos do quarto melhor ataque da Serie A) têm levado a melhor sobre a equipe da Emília-Romanha (que tem o sexto mais positivo – são seis vitórias consecutivas. Nas quatro mais recentes, Zapata deu uma grande contribuição, com cinco gols marcados. Os neroverdi, aliás, são a vítima favorita do colombiano, que anotou sete vezes em 10 embates.

A Atalanta fez um dezembro de recuperação, com direito a invencibilidade de quatro jogos e vitórias impactantes sobre Fiorentina (3 a 0) e Roma (4 a 1), mas a boa fase do Sassuolo é mais extensa. Pela primeira vez em sua história, os emilianos venceram sete dos 14 primeiros jogos do campeonato e, nos 10 últimos, somaram seis pontos a mais do que a Dea – o que justifica o fato de os neroverdi estarem na quarta posição, duas acima dos orobici. Com um ataque poderoso, o time treinado por De Zerbi tem uma boa possibilidade de manter uma escrita relevante: nas sete vezes em que viajou a Bérgamo, marcou gols.

Demais partidas

Domingo, 3/1, 11h
Cagliari x Napoli
Fiorentina x Bologna
Genoa x Lazio
Parma x Torino
Roma x Sampdoria
Spezia x Verona

Domingo, 3/1, 16h45
Juventus x Udinese

Deixe um comentário