Liga dos Campeões

Revanche e sorrisos amarelos

Van Bommel e Cambiasso disputam bola: equipes se reencontrarão nas oitavas (Getty Images)

Como bem frisa o vilão Duas-Caras, não há força mais justa que o acaso. Sabendo disso, a Uefa sorteou, nessa sexta-feira, as oitavas-de-final da Liga dos Campeões, torneio que conta com Milan, Roma e a atual campeã Inter. Se ainda há um bom tempo para os jogos – só veremos a bola rolar na metade de fevereiro – ter noção dos confrontos dá margem ao imaginário de qualquer fã do futebol. Assim sendo, analisemos as participações italianas na competição mais almejada do planeta.

O duelo teoricamente mais fácil ficou com a Roma. Ranieri e seus pupilos enfrentarão o Shakhtar Donetsk, líder do grupo H. Foi nas oitavas que, em sua última participação, há dois anos, os giallorossi caíram ante o Arsenal, nos pênaltis. Se o sorteio parece agora mais generoso, todo cuidado é pouco: manifestações de contentamento já vieram da capital, o que é altamente perigoso. A Roma, qualquer um sabe, não é nada confiável, algo quase incontestável diante da eliminação para o Panathinaikos na Liga Europa passada. Os únicos encontros entre as equipes são um fator de ânimo: no mesmo grupo em 2006-07, Roma e Shakhtar se enfrentaram, com os italianos vencendo por quatro a zero em casa e perdendo por um a zero fora.

Por sua vez, o Milan poderia ter saído bem mais aliviado. Se o Tottenham não é um dos times mais tradicionais e consolidados da Europa, já provou seu valor na fase de grupos, quando, sob o comando de Bale, fez a Inter dançar e ficou com a primeira posição. A fase ajuda: seguindo nesse ritmo, os rossoneri terão motivos de sobra para confiar em seu taco. Habituados com grandes jogos na Liga dos Campeões mesmo com equipes em baixa, dessa vez a campanha nacional deve favorecer o time de Allegri, que pouco a pouco vai tomando conta do campeonato italiano. Vale a pena conferir a análise do Ortodoxo e Moderno sobre o confronto. Frente à possibilidade de pegar Barcelona e Manchester, ou Bayern de Munique e Real Madrid, milanistas e romanistas abrem a boca, mas o sorriso é um tanto amarelo.

Sobrou para a Inter o duelo mais entusiasmante: contra o Bayern, teremos um reencontro entre os finalistas da edição passada. Não é só o fator de revanche que apreende, mas também a incógnita. Não se sabe, hoje, como estarão esses dois times até lá, visto que ambos não atravessam suas melhores fases. Os bávaros, líderes no grupo da Roma, ocupam somente a sexta posição da Bundesliga, enquanto a Inter, hoje focada no Mundial, ensaia há tempos uma crise sob o comando de Benítez. Quem certamente fará falta, não só à Inter como aos duelos em si, é Mourinho, protagonista da campanha vitoriosa dos nerazzurri. A fase mata-mata será útil para avaliar ainda mais as discrepâncias entre o time comandado pelo português e o atual. Lançados os dados, agora é esperar.

3 comentários

  • Mateus,
    Realmente, não sei se Inter, Milan e Roma vão passar às 4ªs de final, mas certamente o sorteio, ao contrário do ano passado, foi muito bom para os italianos, em especial para Milan e Roma.
    Como você escreveu, 'agora é esperar'.
    Abraços,

  • Achei o sorteio mt bom. Acho q a Inter passa(Bayer tb esta mal mas acredito q o maior problema da inter seja as contusoes)e a Roma tb, o Milan terá maior dificuldade mas passará apesar de nao ter feito um grande jogo ainda contra as grandes equipes.
    Quem se complicou foi o Napoli.
    Acho q os italianos vao manter a 4 vaga na champions.

  • Pela primeira vez na história giallorossa um sorteio favorável, digamos assim, de equipes menos desconhecidas no certame decisivo da UCL (é a primeira vez que o Schakhtar passa). Porém infelizmente, os ucranianos são tão osso duro quanto os gregos que fizeram miséria sobre a Roma na Europa League na temporada passada. Na atual fase que a Roma vive (ganha de big e dá vexame pros forasteiros) seria melhor encarar um madrid da vida novamente, menos ingleses (please!). enfim td ou quase td é previsível e haaaja coração. até a casa do mateus em fevereiro. 😉

Deixe um comentário