Serie A

Esperando pelos play-offs

Varese e Novara estão praticamente garantidos nos play-offs de acesso e são as grandes surpresas da Serie B (La Presse)

No início do mês, quando falávamos de Serie B, já observávamos que muita coisa estava resolvida, mas também projetávamos brigas interessantes pelo título, por duas vagas nos play-offs de acesso e para evitar o rebaixamento direto ou indireto, através do play-out, que manda um time para a Lega Pro.

À medida que a vaga à primeira divisão foi se aproximando, o Siena (2°, 74) caiu muito de produção e voltou a ter a Atalanta (1°, 77) no seu encalço. Nos últimos quatros jogos, os bianconeri não venceram e com sete pontos neste mesmo período, os orobici os ultrapassaram e, agora, chegam como favoritos ao título, faltando apenas duas rodadas para o final da Serie B.

A dupla Novara (3°, 67) e Varese (4°, 65) têm a vida mais tranquila da disputa, pois só pensam em quem enfrentarão na primeira partida dos play-offs de acesso. É sempre bom lembrar que ambos subiram da Lega Pro no ano passado e, logo de cara, fazem ótimas campanhas, tendo a chance de asseguar uma das vagas na Serie A 2011-12, podendo repetir o feito do Cesena, que conseguiu a dupla promoção em dois anos e também a salvezza, neste domingo.

Abaixo da dupla, a disputa é intensa. A Reggina (5°, 60) tem a situação um pouco mais confortável e vem embalada pela dupla de ataque, composta por Emiliano Bonazzoli e Alessio Campagnacci. Os dois marcaram os quatro gols dos amaranto nas vitórias dos últimos dois jogos. Tais pontos garantem uma distância de quatro pontos em relação ao Padova (7°, 56), primeiro time fora da zona dos play-offs. A participação nos play-offs de acesso pode ser confirmada já na próxima rodada.

O último classificado é o tradicional Torino (6°, 57), que depois da volta de Franco Lerda ao comando da equipe ainda não perdeu e já soma quatro vitórias e quatro empates neste período. Mesmo com o ótimo desempenho recente, o Toro está longe de ter posição tranquila na zona dos play-offs, pois Padova, Livorno (8°, 56) e Empoli (9°, 55) estão logo atrás.

O Padova é o time que mostra mais força e tem a melhor sequência entre todos, embalado pela revelação El Shaarawy, emprestado pelo Genoa, e pelo brasileiro Marcos De Paula, emprestado pelo Chievo. A dupla marcou nove gols nos últimos nove jogos, pelos quais a equipe passou invicta.

Apesar da sequência positiva, o Padova terá dois confrontos diretos nas duas últimas rodadas, contra Livorno e Torino. O site oficial do clube padovano já projeta o confronto direto contra o Livorno com o slogan “Padova x Livorno, para manter vivo o sonho”. O jogo promete ser bastante interessante, pois os labronici também ostentam boa sequência: três vitórias consecutivas e apenas um gol sofrido.

O Torino também não terá vida fácil e passará por dois confrontos diretos: primeiro, viaja até a Toscana para enfrentar o Empoli (9°, 55), que após um resultado negativo, conseguiu duas vitórias e se recuperou. Em caso de surpresas e vitórias dos visitantes Livorno e Empoli, o confronto entre Torino e Padova na última rodada pode ganhar ares de desespero e emoção ainda maiores, pois um resultado positivo para qualquer das equipes pode não valer nada.

O Pescara (10°, 53) ainda pode sonhar, mas a situação é bastante complicada e os delfini devem seguir na Serie B no próximo ano. Crotone (11°, 50) e Vicenza (12°, 50) também não almejam o acesso e também não deverão ter problemas com a permanência na segunda divisão italiana. Grosseto (13°, 49) e Modena (14°, 49), mesmo sem vitórias nos últimos dois jogos, têm boas chances de escapar, pois contam com quatro pontos de vantagem em relação ao último time do play-out.

A situação é bastante complicada a partir da Cittadella (15°, 47), que com a vitória da última rodada, conseguiu ultrapassar Piacenza (16°, 46) e Sassuolo (17°, 45). O trunfo da citta é o artilheiro da Serie B, Federico Piovaccari, que tem 20 gols na competição. Os lupi venceram na penúltima rodada o confronto direto contra o Sassuolo (17°, 45) e ganharam moral para as últimas partidas.

Hoje, o Ascoli (18°, 45) é o primeiro clube na zona de play-out, mas conseguiu uma vitória contra o Siena, então líder da competição, e ganhou alguma moral para tentar sair da situação incômoda. Além disso, a torcida dos bianoconeri mostra força e mesmo com a campanha ruim, o time é o oitavo na média de público da Serie B. O Albinoleffe (19°, 43) vem na sequência e, hoje, com três derrotas seguidas, jogaria o play-out contra o Ascoli. A Triestina (20°, 40) depois de dar sinais de que se recuperaria, perdeu para o Torino e tem chances remotas de escapar do reabaixamento direto.

O Portogruaro (21°, 40) vem de três derrotas consecutivas e vê a salvezza como algo improvável. Outro que parece fadado ao descenso é o lanterna Frosinone (22°, 38), que conseguiu uma vitória na penúltima rodada, mas tem situação praticamente definida. Para escaparem, os canários dependeriam de uma improvável combinação de resultados nas duas últimas rodadas.

Deixe um comentário