Liga Europa

Fora dos trilhos

Lazio não conseguiu incomodar o Atlético de Madrid e confirmou eliminação esperada na Liga Europa. Momento contubardo do time pode atrapalhar desempenho na Serie A também, que até aqui vinha sendo bom (Getty Images)
A Lazio chegou para o jogo decisivo contra o Atlético Madrid com a moral em baixa: vinha de uma derrota por 3 a 1 na partida de ida, na Itália, e de um 5 a 1 diante do Palermo no final de semana, pela Serie A. Para piorar, precisava mostrar um futebol que pouquíssimas vezes exibiu nesta temporada. O problema é que o técnico Edy Reja (de quem falaremos um pouco mais à frente) não poderia contar com Klose, principal jogador do time, e Sculli, opção para a posição. Kozak era o único atacante de ofício com condições de jogo  e foi quem entrou. Do outro lado, o técnico Simeone (ex-laziale) mostrou confiança e se deu ao luxo de poupar o ídolo Falcão García.
Em campo, a equipe laziale não demonstrou o ímpeto inicial que todos esperavam e demorou a chegar ao gol adversário. Méritos também para Simeone, que montou e instruiu sua equipe a jogar pacientemente, sem se arriscar muito e trocando passes. Aos 14 minutos, os espanhóis já haviam carimbado a trave de Bizzarri em um belo chute de Salvio, mostrando mais eficiência que a Lazio, que é quem precisava do resultado. Exceto por uma cobrança de falta de Hernanes, praticamente sem ângulo, que assustou o goleiro Courtois, a Lazio nada fez na primeira etapa. Nem sequer uma finalização na direção do gol adversário. Mauri, sem ritmo de jogo, ilustrava bem a situação do time: apático.
No intervalo, Reja não promoveu nenhuma substituição e parecia conformado com a iminente eliminação. Aos dois minutos da etapa final, então, isso ficou ainda mais próximo de acontecer: o zagueiro uruguaio Godin recebeu cruzamento vindo da direita e acertou uma bonita cabeçada no canto oposto. Pouco depois, Bizzarri fez ótima defesa em chute de Koke de fora da área. Aos 11, Álvaro González substituiu Candreva, que mostrou-se completamente inoperante tendo de jogar aberto na ponta-esquerda. O panorama seguiu inalterado e Salvio continuou levando perigo ao gol italiano. 
Após as entradas dos jovens Rozzi e Zampa, nas vagas de Lulic e Ledesma, a Lazio melhorou, mas as chegadas ao ataque eram mais na base da vontade do que de técnica e organização. Aos 32, Matuzalém acertou belo chute de fora da área, mas Courtois fez linda defesa. Até o final do jogo, a Lazio só teve mais uma finalização, com Zampa, e o Atlético apenas esperou o apito final. O placar agregado (4 a 1) não deixa dúvidas quanto à superioridade do time espanhol, que avança às oitavas-de-final merecidamente.
Do lado da Lazio a crise continua. Após mais um pedido de demissão não aceitou pelo presidente Lolito, Reja ainda deve comandar a equipe em mais uma partida da Serie A, enquanto a diretoria biancocelesti não encontra outro nome para seu lugar. Parte da imprensa afirma que Marcelo Lippi foi procurado, mas não aceitou a proposta. Os nomes mais quentes no momento são os de Gianfranco Zola, ex-técnico do West Ham, e de Luigi De Canio, que vem sem emprego desde que se demitiu do Lecce. Fato é que a decisão tem que ser tomada o quanto antes, porque enquanto o ambiente continuar conturbado, mais difícil será para a equipe se manter na luta pela vaga na Liga dos Campeões. O importante agora é colocar o time no eixo e focar na disputa da Serie A
Veja o gol do jogo, clicando aqui.

Udinese segue em frente
A Udinese provou na Liga Europa que a defesa pode sim ser o melhor ataque. Na vitória dos friulanos por 3 a 0 sobre o Paok, da Grécia, dois zagueiros foram responsáveis por anotar gols que renderam a classificação às oitavas de final do torneio europeu. Danilo, ex-Palmeiras, marcou o primeiro do jogo e também seu primeiro com a camisa bianconera. E não eram marcados nem 15 minutos da primeira etapa quando Floro Flores acertou lindo chute para fazer 2 a 0. Para fechar o bom jogo, o zagueiro Domizzi, de pênalti, marcou aos seis minutos da etapa final. Classificada, a Udinese é a única italiana remanescente na competição e agora enfrentará o AZ Alkmaar, que eliminou o Anderlecht – melhor equipe da fase de grupos.

Deixe um comentário